Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fórmula 1 de 2022
F1.svg
Anterior: 2021  BSicon RACE.svg  Posterior: 2023

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA de 2022 é a 73ª temporada do Campeonato Mundial de Fórmula 1, que é reconhecido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), o órgão regulador do automobilismo internacional, como a mais alta categoria de competição para carros de corrida monopostos. O campeonato será disputado em 22 etapas, iniciando no Barém em 20 de março e terminando nos Emirados Árabes Unidos em 20 de novembro. Nesta temporada ocorrerá a estreia do Grande Prêmio de Miami, realizado no Autódromo Internacional de Miami. Equipes e pilotos competem para serem campeões mundiais de construtores e de pilotos, respectivamente.

Na temporada de 2022 foi introduzido mudanças significativas nos regulamentos técnicos do esporte. Originalmente, essas mudanças deveriam ser introduzidas em 2021, mas foram adiadas para 2022 em resposta ao impacto da pandemia de COVID-19.[1][2]

Pilotos e equipes[editar | editar código-fonte]

Os seguintes pilotos e equipes participam do Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2022:

Equipe Construtor Chassi(s) Unidade de potência Pneu Pilotos
N.° Nome do piloto Sigla Rodada N.° Pilotos de teste Sigla
Suíça Alfa Romeo F1 Team Orlen[3][4] Alfa Romeo-Ferrari C42[5] Ferrari 066/7 P 24 China Guanyu Zhou[6] ZHO 1–9 88 Polónia Robert Kubica[7] KUB
77 Finlândia Valtteri Bottas[8] BOT 1–9
Itália Scuderia AlphaTauri AlphaTauri-RBPT AT03[9] Red Bull RBPTH001[9] P 10 França Pierre Gasly[10] GAS 1–9 Nova Zelândia Liam Lawson[11]
22 Japão Yuki Tsunoda[10] TSU 1–9
França BWT Alpine F1 Team[12] Alpine-Renault A522[13] Renault E-Tech RE22[14] P 14 Espanha Fernando Alonso[15] ALO 1–9 Austrália Oscar Piastri[16] PIA
31 França Esteban Ocon[17] OCO 1–9
Reino Unido Aston Martin Aramco Cognizant F1 Team[18] Aston Martin Aramco-Mercedes AMR22[19] Mercedes-AMG F1 M13[20] P 5 Alemanha Sebastian Vettel[21] VET 3–9 27 Alemanha Nico Hülkenberg[22] HUL
18 Canadá Lance Stroll[21] STR 1–9
27 Alemanha Nico Hülkenberg[23] HUL 1–2
Itália Scuderia Ferrari Ferrari F1-75[24] Ferrari 066/7[25] P 16 Mónaco Charles Leclerc[26] LEC 1–9 47
99
Alemanha Mick Schumacher[27]
Itália Antonio Giovinazzi[28]
MSC
GIO
55 Espanha Carlos Sainz Jr.[29] SAI 1–9
Estados Unidos Haas F1 Team Haas-Ferrari VF-22[30] Ferrari 066/7[30] P 20 Dinamarca Kevin Magnussen[31] MAG 1–9 51 Brasil Pietro Fittipaldi[32] FIT
47 Alemanha Mick Schumacher[33] MSC 1–9
Reino Unido McLaren F1 Team McLaren-Mercedes MCL36[34] Mercedes-AMG F1 M13[34] P 3 Austrália Daniel Ricciardo[35] RIC 1–9 2
21
Bélgica Stoffel Vandoorne[36]

Países Baixos Nyck de Vries[36]

VAN
DEV
4 Reino Unido Lando Norris[37] NOR 1–9
Alemanha Mercedes-AMG Petronas F1 Team[38] Mercedes F1 W13[39] Mercedes-AMG F1 M13 P 44 Reino Unido Lewis Hamilton[40] HAM 1–9
63 Reino Unido George Russell[41] RUS 1–9
Áustria Oracle Red Bull Racing[42] Red Bull Racing-RBPT RB18[43] Red Bull RBPTH001[44][45] P 1 Países Baixos Max Verstappen[46] VER 1–9 Estónia Jüri Vips[47]
11 México Sergio Pérez[48] PER 1–9
Reino Unido Williams Racing Williams-Mercedes FW44[49] Mercedes-AMG F1 M13[50] P 6 Canadá Nicholas Latifi[51] LAT 1–9 Israel Roy Nissany[52]
23 Tailândia Alexander Albon[51] ALB 1–9
Fonte:[53]

Mudanças nas equipes[editar | editar código-fonte]

  • A Honda optou por não dar continuidade ao seu programa de fornecimento de motores e deixará a Fórmula 1 após o final da temporada de 2021.[54] Esta decisão levou a Red Bull a assumir o programa de motores da Honda e o gerenciando internamente, criando uma nova divisão chamada Red Bull Powertrains para fornecer unidades de potência para as equipes Red Bull e AlphaTauri.[44][45]

Mudanças nos pilotos[editar | editar código-fonte]

Mudanças no meio da temporada[editar | editar código-fonte]

Calendário[editar | editar código-fonte]

O calendário da temporada de 2022 é composto por 22 eventos.[62][63]

Grandes Prêmios confirmados para 2022
Grande Prêmio Circuito Data
1 Grande Prêmio do Barém Bahrein Circuito Internacional do Barém, Sakhir 20 de março
2 Grande Prêmio da Arábia Saudita Arábia Saudita Circuito Corniche de Gidá, Gidá 27 de março
3 Grande Prêmio da Austrália Austrália Circuito do Grande Prêmio de Melbourne, Melbourne 10 de abril
4 Grande Prêmio da Emília-Romanha Itália Autódromo Enzo e Dino Ferrari, Ímola 24 de abril
5 Grande Prêmio de Miami Estados Unidos Autódromo Internacional de Miami, Miami Gardens 8 de maio
6 Grande Prêmio da Espanha Espanha Circuito de Barcelona-Catalunha, Montmeló 22 de maio
7 Grande Prêmio de Mônaco Mónaco Circuito de Mônaco, Monte Carlo 29 de maio
8 Grande Prêmio do Azerbaijão Azerbaijão Circuito Urbano de Bacu, Bacu 12 de junho
9 Grande Prêmio do Canadá Canadá Circuito Gilles Villeneuve, Montreal 19 de junho
10 Grande Prêmio da Grã-Bretanha Reino Unido Circuito de Silverstone, Silverstone 3 de julho
11 Grande Prêmio da Áustria Áustria Red Bull Ring, Spielberg 10 de julho
12 Grande Prêmio da França França Circuito de Paul Ricard, Le Castellet 24 de julho
13 Grande Prêmio da Hungria Hungria Hungaroring, Mogyoród 31 de julho
14 Grande Prêmio da Bélgica Bélgica Circuito de Spa-Francorchamps, Stavelot 28 de agosto
15 Grande Prêmio dos Países Baixos Países Baixos Circuito de Zandvoort, Zandvoort 4 de setembro
16 Grande Prêmio da Itália Itália Autódromo Nacional de Monza, Monza 11 de setembro
17 Grande Prêmio de Singapura Singapura Circuito Urbano de Marina Bay, Singapura 2 de outubro
18 Grande Prêmio do Japão Japão Curso Internacional de Corridas de Suzuka, Suzuka 9 de outubro
19 Grande Prêmio dos Estados Unidos Estados Unidos Circuito das Américas, Austin 23 de outubro
20 Grande Prêmio da Cidade do México México Autódromo Hermanos Rodríguez, Cidade do México 30 de outubro
21 Grande Prêmio de São Paulo Brasil Autódromo José Carlos Pace, São Paulo 13 de novembro
22 Grande Prêmio de Abu Dhabi Emirados Árabes Unidos Circuito de Yas Marina, Abu Dhabi 20 de novembro
Fonte:[64][62]

Mudanças no calendário[editar | editar código-fonte]

Calendário de lançamento dos carros[editar | editar código-fonte]

Mudanças nos regulamentos[editar | editar código-fonte]

Regulamento técnico[editar | editar código-fonte]

O Campeonato Mundial de 2022 passou por uma revisão dos regulamentos técnicos.[79] Essas mudanças foram planejadas para serem introduzidas em 2021, com equipes desenvolvendo seus carros ao longo de 2020. No entanto, a introdução dos regulamentos foi adiada para o campeonato de 2022 em resposta à pandemia de COVID-19.[1][80] Uma vez anunciado o atraso, as equipes foram proibidas de realizar qualquer desenvolvimento de seus carros de 2022 durante o calendário de 2020.[2][81]

Os pilotos foram consultados sobre o desenvolvimento dos regulamentos técnicos,[82] que foram deliberadamente escritos para serem restritivos, a fim de impedir que as equipes desenvolvessem projetos radicais que limitavam a capacidade dos pilotos de ultrapassar.[83] A FIA criou um grupo de trabalho especializado, ou comitê de engenheiros encarregado de identificar e fechar brechas nos regulamentos antes de sua publicação. A eliminação de brechas, em teoria, impediria uma equipe ter um carro dominante e, por sua vez, permitiria uma competição mais próxima em todo o grid, melhorando também a estética dos carros. Essa filosofia era um dos principais objetivos dos novos regulamentos.[84]

Aerodinâmica e carroceria[editar | editar código-fonte]

Os regulamentos técnicos passou a permitir a reintrodução do efeito solo.[85] Isso coincidiu com uma simplificação da carroceria dos carros, tornando a parte inferior do carro a principal fonte de aderência aerodinâmica. Dessa forma, visando reduzir o ar turbulento na esteira dos carros para permitir que os pilotos andem mais perto uns dos outros, mantendo um nível semelhante de força descendente em comparação com os os carros dos anos anteriores. Outras mudanças na aerodinâmica visavam limitar a capacidade das equipes de controlar o fluxo de ar ao redor das rodas dianteiras e reduzir ainda mais a esteira aerodinâmica dos carros.[86] Isso inclui a eliminação dos bargeboards, os complexos dispositivos aerodinâmicos que manipulavam o fluxo de ar ao redor da carroceria do carro.[87] A asa dianteira e as placas finais foram simplificadas, reduzindo o número e a complexidade dos elementos aerodinâmicos. A asa dianteira também passou a se conectar diretamente ao bico do carro, ao contrário dos modelos anteriores a 2022, em que a asa poderia ser conectada ao bico por meio de suportes para criar um espaço sob o monocoque, incentivando o fluxo de ar sob o carro por meio da área de superfície maior da asa e da altura aumentada do bico. As asas traseiras passaram a ser mais largas e mais altas do que nos anos anteriores, com restrições adicionais para limitar a capacidade das equipes de usar os gases do escapamento do motor para gerar força descendente e a carroceria passou a ser revestida de borracha para minimizar o risco de componentes quebrar os carros para minimizar o risco de bandeiras amarelas locais, carros de segurança e paradas. Os números divulgados pelo Grupo de Trabalho revelaram que, onde o carro de especificação de 2019 que seguia outro carro tinha apenas 55% de seus níveis normais de downforce disponíveis, um carro de especificação de 2022 que segue outro carro teria até 86% de seus níveis normais de downforce.[88]

As equipes ficaram ainda mais restritas no número de atualizações aerodinâmicas que podem introduzir no carro, tanto no decorrer de um fim de semana de corrida quanto no decorrer do campeonato. Essas regras foram introduzidas para reduzir ainda mais os custos da concorrência.[89][90] Após a decisão de adiar os regulamentos de 2021 para 2022, o desenvolvimento aerodinâmico dos carros foi banido de 28 de março até o final de 2020.

Unidades de potência[editar | editar código-fonte]

As discussões sobre os regulamentos de motores de 2021 começaram em 2017 e foram finalizadas em maio de 2018.[91][92] Os regulamentos propostos envolveram a remoção da unidade geradora de calor (MGU-H) para simplificar a tecnologia usada no motor e, ao mesmo tempo, elevar o limite máximo de rotação em 3000 rpm.[93] Outras propostas, denominadas "plug-and-play", veriam os fornecedores de motores vinculados pelos regulamentos para tornar componentes individuais de motores universalmente compatíveis, permitindo que as equipes adquirissem seus componentes de vários fornecedores.[94] As propostas foram elaboradas para simplificar a tecnologia do motor, tornando o esporte mais atraente para os novos participantes.[95] No entanto, como nenhum novo fornecedor de unidades de potência se comprometeu a entrar no esporte a partir de 2021, os fornecedores existentes propuseram manter a fórmula da unidade de potência atual em uma tentativa de reduzir os custos gerais de desenvolvimento.[96]

O sistema de cotas de componentes da unidade de potência continuou em 2022, com as equipes recebendo um número limitado de componentes individuais que podem ser usados ​​antes de incorrer em uma penalidade. O sistema de escapamento foi adicionado à lista de componentes, com as equipes autorizadas a usar no máximo seis ao longo do campeonato.[89]

Componentes padronizados[editar | editar código-fonte]

A categoria introduziu uma série de componentes padronizados a partir de 2022, com os regulamentos exigindo que os componentes padrão estejam em vigor até 2024. Esses componentes padronizados incluem a caixa de câmbio e o sistema de combustível.[97][98] Alguns componentes aerodinâmicos — como a bandeja que fica na frente do assoalho do carro — também foram padronizados para restringir a capacidade das equipes de desenvolver a área e obter vantagens competitivas.[88] As peças individuais passaram a ser classificadas como uma forma de esclarecer as regras em torno delas:[88]

  • "Peças listadas" refere-se às peças do carro que as equipes precisam projetar por si mesmas.
  • "Peças padrão" é o nome dado às peças do carro que todas as equipes devem usar, incluindo rodas e equipamentos usados ​​nas paradas nos pit.
  • "Peças transferíveis" são peças que uma equipe pode desenvolver e vender para outra equipe, como a caixa de câmbio e a embreagem.
  • "Peças prescritas" são peças que as equipes precisam desenvolver de acordo com um conjunto prescritivo de regulamentos. As peças prescritas incluem aros das rodas e aerodinâmica das rodas.
  • "Peças de código aberto" podem ser desenvolvidas coletivamente por equipes e vendidas aos clientes. Os volantes e o mecanismo DRS estão listados como peças de código aberto.

O sistema de categorização de peças foi introduzido para permitir a liberdade do projeto, pois a revisão dos regulamentos aerodinâmicos era altamente prescritiva.[88]

Pneus[editar | editar código-fonte]

A categoria passou a usar pneus de 18 polegadas em vez dos de 13 polegadas que foram usados até a temporada de 2021. Foi originalmente proposto que o uso de aquecedores de pneus — cobertores elétricos projetados para manter os pneus na temperatura operacional ideal quando não estiverem em uso — fosse proibido,[99] mas essa decisão foi revertida após a forte oposição do fornecedor de pneus, a Pirelli.[100] Em vez disso, os aquecedores de pneus se tornaram um equipamento padronizado, com todas as equipes necessárias para usar o mesmo produto com o objetivo de eventualmente eliminá-los completamente.

Compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para a temporada de 2022 da Fórmula 1
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições Nome oficial Aderência Longevidade
Macio Vermelho F1 tire Pirelli PZero Red 18.svg Pirelli C3 Red New.svg Slick
(P Zero™)
Seco Soft Muito alta Muito baixa
Pirelli C4 Red New.svg
Pirelli C5 Red New.svg
Médio Amarelo F1 tire Pirelli PZero Yellow 18.svg Pirelli C2 Yellow New.svg Slick
(P Zero™)
Seco Medium Média Média
Pirelli C3 Yellow New.svg
Pirelli C4 Yellow New.svg
Duro Branco F1 tire Pirelli PZero White 18.svg Pirelli C1 White New.svg Slick
(P Zero™)
Seco Hard Muito baixa Muito alta
Pirelli C2 White New.svg
Pirelli C3 White New.svg
Intermediário Verde F1 tire Pirelli Cinturato Green 18.svg Pirelli I Green New.svg Sulcos
(Cinturato™)
Molhado
(Água não estagnante)
Intermediate
Chuva Azul F1 tire Pirelli Cinturato Blue 18.svg Pirelli W Blue New.svg Sulcos
(Cinturato™)
Molhado
(Água estagnante)
Wet
Compostos BAR
Bahrein
ARA
Arábia Saudita
AUS
Austrália
EMI
Emília-Romanha
MIA
Miami
ESP
Espanha
MON
Mónaco
AZE
Azerbaijão
CAN
Canadá
GBR
Reino Unido
AUT
Áustria
FRA
França
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
PBS
Países Baixos
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
EUA
Estados Unidos
MEX
México
SAO
Brasil
ABU
=Emirados Árabes Unidos
Duro Pirelli C1 White New.svg Pirelli C2 White New.svg Pirelli C2 White New.svg Pirelli C2 White New.svg Pirelli C2 White New.svg Pirelli C1 White New.svg Pirelli C3 White New.svg Pirelli C3 White New.svg Pirelli C3 White New.svg Pirelli C1 White New.svg Pirelli C3 White New.svg Pirelli C2 White New.svg Pirelli C2 White New.svg
Médio Pirelli C2 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg Pirelli C2 Yellow New.svg Pirelli C4 Yellow New.svg Pirelli C4 Yellow New.svg Pirelli C4 Yellow New.svg Pirelli C2 Yellow New.svg Pirelli C4 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg Pirelli C3 Yellow New.svg
Macio Pirelli C3 Red New.svg Pirelli C4 Red New.svg Pirelli C5 Red New.svg Pirelli C4 Red New.svg Pirelli C4 Red New.svg Pirelli C3 Red New.svg Pirelli C5 Red New.svg Pirelli C5 Red New.svg Pirelli C5 Red New.svg Pirelli C3 Red New.svg Pirelli C5 Red New.svg Pirelli C4 Red New.svg Pirelli C4 Red New.svg
Intermediário Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg Pirelli I Green New.svg
Chuva Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg Pirelli W Blue New.svg

Pré-temporada[editar | editar código-fonte]

Os testes de pré-temporada serão realizados em duas sessões. A primeira entre os dias 23 e 25 de fevereiro, no Circuito de Barcelona-Catalunha em Montmeló, Espanha, a qual não será aberta ao público e não terá cobertura televisiva, sendo divulgados apenas os melhores tempos de cada dia. A segunda sessão será realizada entre os dias 10 e 12 de março, no Circuito Internacional do Barém, em Sakhir, Barém, contando com cobertura televisiva.[101]

(Em negrito, a volta mais rápida de cada semana)

N.º Circuito Mapa do circuito Resultados
1 Espanha Circuito de Barcelona-Catalunha, Montmeló Formula1 Circuit Catalunya 2021.svg Dia Piloto Equipe Melhor tempo Voltas Pneu Ref.
23 de fevereiro Reino Unido Lando Norris Reino Unido McLaren-Mercedes 1:19.568 103 Macio C4 Novo [102]
24 de fevereiro Mónaco Charles Leclerc Itália Ferrari 1:19.689 79 Médio C3 Novo [103]
25 de fevereiro Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes 1:19.138 89 Macio C5 Novo [104]
2 Bahrein Circuito Internacional do Barém, Barém Bahrain International Circuit--Grand Prix Layout.svg Dia Piloto Equipe Melhor tempo Voltas Pneu Ref.
10 de março França Pierre Gasly Itália AlphaTauri-RBPT 1:33.902 104 Macio C5 Novo [105]
11 de março Dinamarca Kevin Magnussen Estados Unidos Haas-Ferrari 1:33.207 60 Médio C4 Novo [106]
12 de março Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT 1:31.720 53 Macio C5 Novo [107]

Resultados e classificação[editar | editar código-fonte]

Por Grande Prêmio[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio Pole Position Tempo Volta mais rápida Tempo Vencedor Equipe Descrição
1 Bahrein Grande Prêmio do Barém Mónaco Charles Leclerc 1:30.558 Mónaco Charles Leclerc 1:34.570 Mónaco Charles Leclerc Itália Ferrari Descrição
2 Arábia Saudita Grande Prêmio da Arábia Saudita México Sergio Pérez 1:28.200 Mónaco Charles Leclerc 1:31.634 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
3 Austrália Grande Prêmio da Austrália Mónaco Charles Leclerc 1:17.868 Mónaco Charles Leclerc 1:20.260 Mónaco Charles Leclerc Itália Ferrari Descrição
4 Emília-Romanha Grande Prêmio da Emília-Romanha Países Baixos Max Verstappen 1:27.999 Países Baixos Max Verstappen 1:18.446 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
5 Flag of Miami, Florida.svg Grande Prêmio de Miami Mónaco Charles Leclerc 1:28.796 Países Baixos Max Verstappen 1:31.361 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
6 Espanha Grande Prêmio da Espanha Mónaco Charles Leclerc 1:18.750 México Sergio Pérez 1:24.108 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
7 Mónaco Grande Prêmio de Mônaco Mónaco Charles Leclerc 1:11.376 Reino Unido Lando Norris 1:14.693 México Sergio Perez Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
8 Azerbaijão Grande Prêmio do Azerbaijão Mónaco Charles Leclerc 1:41.359 México Sergio Perez 1:46.046 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
9 Canadá Grande Prêmio do Canadá Países Baixos Max Verstappen 1:21.299 Espanha Carlos Sainz Jr. 1:15:749 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-RBPT Descrição
10 Reino Unido Grande Prêmio da Grã-Bretanha Descrição
11 Áustria Grande Prêmio da Áustria Descrição
12 França Grande Prêmio da França Descrição
13 Hungria Grande Prêmio da Hungria Descrição
14 Bélgica Grande Prêmio da Bélgica Descrição
15 Países Baixos Grande Prêmio dos Países Baixos Descrição
16 Itália Grande Prêmio da Itália Descrição
17 Singapura Grande Prêmio de Singapura Descrição
18 Japão Grande Prêmio do Japão Descrição
19 Estados Unidos Grande Prêmio dos Estados Unidos Descrição
20 México Grande Prêmio da Cidade do México Descrição
21 Brasil Grande Prêmio de São Paulo Descrição
22 =Emirados Árabes Unidos Grande Prêmio de Abu Dhabi Descrição

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

Os pontos são concedidos até o décimo colocado. Um ponto extra é concedido ao piloto que fizer a volta mais rápida durante uma corrida. O ponto adicional só é concedido caso o piloto a ter feito a volta mais veloz de um GP esteja entre os 10 primeiros na classificação final da prova. Não é dado ponto se a volta mais rápida for feita por um piloto que não esteja entre as dez primeiras posições no final da corrida.

Grandes Prêmios
Posição                             10º   VMR* 
Pontos 25 18 15 12 10 8 6 4 2 1 1
Qualificação de sprint

Introduzidas em 2021, os pilotos disputarão uma qualificação em formato de corrida curta (sprint) no sábado durante três Grandes Prêmios. Os oitos melhores colocados deste corrida receberão pontos.

Posição     2º   3º   4º   5º   6º   7º   8º 
Pontos 8 7 6 5 4 3 2 1

Pontuação para corridas incompletas[editar | editar código-fonte]

Após a controvérsia envolvendo o Grande Prêmio da Bélgica de 2021, o critério de pontuação para corridas incompletas foi alterado. As novas normas são:

  • Não haverá pontuação se não houver o mínimo de duas voltas disputadas em bandeira verde.
  • Se pelo menos duas voltas em bandeira verde forem disputadas até 25% da distância prevista, a pontuação será 6-4-3-2-1 para os cinco primeiros colocados.
  • Se for disputada entre 25% e 50% da distância prevista, a pontuação será 13–10–8–6–5–4–3–2–1 para os nove primeiros colocados.
  • Se for disputada entre 50% e 75% da distância prevista, a pontuação será 19–14–12–9–8–6–5–3–2–1 para os dez primeiros colocados.
  • Se for disputada mais de 75% da distância prevista, a pontuação será a já adotada.[108]

Campeonato de Pilotos[editar | editar código-fonte]

Pos. N.º Piloto BAR
Bahrein
ARA
Arábia Saudita
AUS
Austrália
EMI
Emília-Romanha
MIA
Miami
ESP
Espanha
MON
Mónaco
AZE
Azerbaijão
CAN
Canadá
GBR
Reino Unido
AUT
Áustria
FRA
França
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
PBS
Países Baixos
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
EUA
Estados Unidos
MEX
México
SAO
Brasil
ABU
=Emirados Árabes Unidos
Ptos.
1 1 Flag of the Netherlands.svg Max Verstappen 19† 1 Ret 11 1 1 3 1 1 175
2 11 México Sergio Pérez 18† 4 2 23 4 2 1 2 Ret 129
3 16 Flag of Monaco.svg Charles Leclerc 1 2 1 62 2 Ret 4 Ret 5 126
4 63 Flag of the United Kingdom.svg George Russell 4 5 3 4 5 3 5 3 4 111
5 55 Flag of Spain.svg Carlos Sainz Jr. 2 3 Ret Ret4 3 4 2 Ret 2 102
6 44 Flag of the United Kingdom.svg Lewis Hamilton 3 10 4 13 6 5 8 4 3 77
7 4 Flag of the United Kingdom.svg Lando Norris 15 7 5 35 Ret 8 6 9 15 50
8 77 Flag of Finland.svg Valtteri Bottas 6 Ret 8 57 7 6 9 11 7 46
9 31 Flag of France.svg Esteban Ocon 7 6 7 14 8 7 12 10 6 39
10 10 Flag of France.svg Pierre Gasly Ret 8 9 12 Ret 13 11 5 14 16
11 14 Flag of Spain.svg Fernando Alonso 9 Ret 17 Ret 11 9 7 7 9 18
12 20 Flag of Denmark.svg Kevin Magnussen 5 9 14 98 16† 17 Ret Ret 17 15
13 3 Flag of Australia.svg Daniel Ricciardo 14 Ret 6 186 13 12 13 8 11 15
14 5 Flag of Germany.svg Sebastian Vettel EX EX Ret 8 17† 11 10 6 12 13
15 22 Japão Yuki Tsunoda 8 NL 15 7 12 10 17 13 Ret 11
16 23 Tailândia Alexander Albon 13 14 10 11 9 18 Ret 12 13 3
17 18 Flag of Canada.svg Lance Stroll 12 13 12 10 10 15 14 16† 10 3
18 24 Flag of the People's Republic of China.svg Guanyu Zhou 10 11 11 15 Ret Ret 16 Ret 8 5
19 47 Flag of Germany.svg Mick Schumacher 11 Les 13 17 15 14 Ret 14 Ret 0
20 27 Alemanha Nico Hülkenberg 17 12 NP NP NP NP NP NP NP 0
21 6 Canadá Nicholas Latifi 16 Ret 16 16 14 16 15 15 16 0
Pos. N.º Piloto BAR
Bahrein
ARA
Arábia Saudita
AUS
Austrália
EMI
Emília-Romanha
MIA
Miami
ESP
Espanha
MON
Mónaco
AZE
Azerbaijão
CAN
Canadá
GBR
Reino Unido
AUT
Áustria
FRA
França
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
PBS
Países Baixos
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
EUA
Estados Unidos
MEX
México
SAO
Brasil
ABU
=Emirados Árabes Unidos
Ptos.
Legenda dos resultados
Cor Ouro Prata Bronze Verde Azul Púrpura Vermelho
Resultado Vencedor 2.º lugar 3.º lugar Terminou, nos pontos Terminou, sem pontos Retirou-se
(Ret)
Não qualificado
(NQ)
Cor Preto Branco Azul claro Sem cor
Resultado Desqualificado
(DSQ)
Não largou
(NL)
Corrida cancelada
(C)
Apenas treino (AT) Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida
† – Classificado por ter completado mais de 90% da prova
²/³ – Resultado da qualificação de sprint

Campeonato de Construtores[editar | editar código-fonte]

Pos. Construtor N.º BAR
Bahrein
ARA
Arábia Saudita
AUS
Austrália
EMI
Emília-Romanha
MIA
Miami
ESP
Espanha
MON
Mónaco
AZE
Azerbaijão
CAN
Canadá
GBR
Reino Unido
AUT
Áustria
FRA
França
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
PBS
Países Baixos
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
EUA
Estados Unidos
MEX
México
SAO
Brasil
ABU
=Emirados Árabes Unidos
Ptos.
1 Áustria Red Bull Racing-RBPT 1 19† 1 Ret 11 1 1 3 1 1 304
11 18† 4 2 23 4 2 1 2 Ret
2 Itália Ferrari 16 1 2 1 62 2 Ret 4 Ret 5 228
55 2 3 Ret Ret4 3 4 2 Ret 2
3 Alemanha Mercedes 44 3 10 4 13 6 5 8 4 3 188
63 4 5 3 4 5 3 5 3 4
4 Reino Unido McLaren-Mercedes 3 14 Ret 6 186 13 12 13 8 11 65
4 15 7 5 35 Ret 8 6 9 15
5 França Alpine-Renault 14 9 Ret 17 Ret 11 9 7 7 9 57
31 7 6 7 14 8 7 12 10 6
6 Suíça Alfa Romeo-Ferrari 24 10 11 11 15 Ret Ret 16 Ret 8 51
77 6 Ret 8 57 7 6 9 11 7
7 Itália AlphaTauri-RBPT 10 Ret 8 9 12 Ret 13 11 5 14 27
22 8 NL 15 7 12 10 17 13 Ret
8 Estados Unidos Haas-Ferrari 20 5 9 14 98 16† 17 Ret Ret 17 15
47 11 Les 13 17 15 14 Ret 14 Ret
9 Reino Unido Aston Martin Aramco-Mercedes 5 EX EX Ret 8 17† 11 10 6 12 16
18 12 13 12 10 10 15 14 16† 10
27 17 12 NP NP NP NP NP NP NP
10 Reino Unido Williams-Mercedes 6 16 Ret 16 16 14 16 15 15 16 3
23 13 14 10 11 9 18 Ret 12 13
Pos. Construtor N.º BAR
Bahrein
ARA
Arábia Saudita
AUS
Austrália
EMI
Emília-Romanha
MIA
Miami
ESP
Espanha
MON
Mónaco
AZE
Azerbaijão
CAN
Canadá
GBR
Reino Unido
AUT
Áustria
FRA
França
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
PBS
Países Baixos
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
EUA
Estados Unidos
MEX
México
SAO
Brasil
ABU
=Emirados Árabes Unidos
Ptos.
Legenda dos resultados
Cor Ouro Prata Bronze Verde Azul Púrpura Vermelho
Resultado Vencedor 2.º lugar 3.º lugar Terminou, nos pontos Terminou, sem pontos Retirou-se
(Ret)
Não qualificado
(NQ)
Cor Preto Branco Azul claro Sem cor
Resultado Desqualificado
(DSQ)
Não largou
(NL)
Corrida cancelada
(C)
Apenas treino (AT) Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida
† – Classificado por ter completado mais de 90% da prova
²/³ – Resultado da qualificação de sprint

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. a b «Novas regras vão para 2022, mas teto de gastos já vale em 2021». motorsport.uol.com.br. 19 de março de 2020. Consultado em 1 de maio de 2020 
  2. a b Herrero, Daniel (20 de março de 2020). «Formula 1's new regulations delayed until 2022». speedcafe.com. Speedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  3. «F1: Alfa Romeo anuncia renovação da parceria com a Sauber». motorsport.uol.com.br. 14 de julho de 2021. Consultado em 14 de julho de 2021 
  4. «Alfa Romeo Racing ORLEN continue together with PKN ORLEN in 2022». sauber-group.com (em inglês). 24 de novembro de 2021. Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  5. a b «F1: Alfa Romeo anuncia nome e data de lançamento do carro de 2022». motorsport.uol.com.br. 2 de fevereiro de 2022. Consultado em 2 de fevereiro de 2022 
  6. «Alfa Romeo anuncia primeiro piloto chinês da história da Fórmula 1 para 2022». cnnbrasil.com.br. 16 de novembro de 2021. Consultado em 16 de novembro de 2021 
  7. «F1: Kubica segue como piloto reserva da Alfa Romeo em 2022». motorsport.uol.com.br. 24 de novembro de 2021. Consultado em 24 de novembro de 2021 
  8. a b «Alfa Romeo announce Valtteri Bottas to join the team in 2022 on multi-year deal». Formula1.com (em inglês). 6 de setembro de 2021. Consultado em 6 de setembro de 2021 
  9. a b «Scuderia AlphaTauri AT03». Scuderia AlphaTauri. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  10. a b «F1: AlphaTauri confirma renovações de Gasly e Tsunoda para 2022». motorsport.uol.com.br. 7 de setembro de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  11. https://the-race.com/formula-1/red-bull-juniors-vips-and-lawson-get-practice-f1-debuts/
  12. «F1: Alpine deve ter pintura azul e rosa por causa de patrocinador». motorsport.uol.com.br. 11 de fevereiro de 2022. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  13. Alpine F1 Team [@AlpineF1Team] (21 de janeiro de 2022). «Attention: This 𝙞𝙨 the sound of our fire-up 💥» (Tweet) (em inglês). Consultado em 22 de janeiro de 2022 – via Twitter 
  14. «Alpine A522». Alpinecars.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2022 
  15. «F1: Alpine confirma renovação de Fernando Alonso para 2022». motorsport.uol.com.br. Consultado em 26 de agosto de 2021 
  16. «Piastri será reserva da Alpine em 2022». autoracing.com.br. 16 de novembro de 2021. Consultado em 17 de novembro de 2021 
  17. «F1: Ocon renova com Alpine até o final de 2024». motorsport.uol.com.br. 16 de junho de 2021. Consultado em 16 de junho de 2021 
  18. «F1: Aston Martin sela acordo de patrocínio com Aramco». motorsport.uol.com.br. 3 de fevereiro de 2022. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  19. «F1: Aston Martin é a primeira equipe a revelar data de lançamento do carro de 2022». motorsport.uol.com.br. 14 de janeiro de 2022. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  20. «Após acordo com Stroll, Racing Point passa a se chamar Aston Martin em 2021». motorsport.uol.com.br. 31 de janeiro de 2020. Consultado em 1 de maio de 2020 
  21. a b «F1: Aston Martin confirma permanência de Vettel e Stroll em 2022». motorsport.uol.com.br. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  22. «Após testes no simulador, Hulkenberg diz que carros da F1 2022 seguem difíceis de pilotar no ar sujo». Motorsport.uol.com.br. 12 de janeiro de 2022. Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  23. a b «F1: Vettel testa positivo para Covid-19 e está fora do GP do Bahrein; Hulkenberg será seu substituto». Motorsport.uol.com.br. 17 de março de 2022. Consultado em 17 de março de 2022 
  24. «Ferrari to call 2022 car the F1-75 in honour of first production car». Formula 1. 1 de fevereiro de 2022. Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  25. «F1-75, the New Ferrari Single-Seater». Ferrari. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  26. «Leclerc and Ferrari announce multi-year agreement | Formula 1®». www.formula1.com (em inglês). 23 de dezembro de 2019. Consultado em 1 de maio de 2020 
  27. «F1: Schumacher é confirmado como piloto reserva da Ferrari em 2022». motorsport.uol.com.br. 21 de dezembro de 2021. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  28. «Schumacher to share Ferrari F1 reserve role with Giovinazzi in 2022». Autosport. 22 de dezembro de 2021. Consultado em 22 de dezembro de 2021 
  29. «Ferrari confirma contratação de Sainz para temporada 2021 da F1». motorsport.uol.com.br. 14 de maio de 2020. Consultado em 14 de maio de 2020 
  30. a b «VF-22». Haas F1 Team. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  31. a b «Haas anuncia retorno de Magnussen à F1 em 2022, no lugar de Mazepin». Globo Esporte. 9 de março de 2022. Consultado em 9 de março de 2022 
  32. «Haas mantém Pietro Fittipaldi como piloto de testes e reserva para temporada 2022 da F1». terracom.br. 9 de dezembro de 2021. Consultado em 9 de dezembro de 2021 
  33. «F1: Haas confirma Schumacher e Mazepin como pilotos para 2022». motorsport.uol.com.br. 23 de setembro de 2021. Consultado em 23 de setembro de 2021 
  34. a b «McLaren MCL36A Technical Specification». McLaren Racing. McLaren Racing Ltd. 11 de fevereiro de 2022. Consultado em 18 de fevereiro de 2022 
  35. Chapman, Simon (14 de maio de 2020). «Ricciardo confirmed to join McLaren». speedcafe.com. Consultado em 14 de maio de 2020 
  36. a b «F1: Quem substitui Ricciardo na McLaren se ele perder o GP do Bahrein?». motorsport.uol.com.br. Consultado em 11 de março de 2022 
  37. «F1: Norris e McLaren anunciam renovação de contrato por múltiplas temporadas». motorsport.uol.com.br. Consultado em 19 de maio de 2021 
  38. Morrison, Mac (23 de maio de 2014). «Mercedes F1 extends Petronas partnership for 10 years». autoweek.com (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2019 
  39. «Mercedes larga na frente e liga motor do novo W13 para temporada 2022 da F1». Grande Prêmio. 23 de dezembro de 2021. Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  40. «Fórmula 1: Lewis Hamilton renova contrato com Mercedes por mais dois anos». ESPN. Consultado em 3 de julho de 2021 
  41. «F1: Mercedes confirma Russell para 2022 ao lado de Hamilton». motorsport.uol.com.br. 7 de setembro de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  42. «F1: Red Bull anuncia novo patrocinador para temporada de 2022; veja». motorsport.uol.com.br. 9 de fevereiro de 2022. Consultado em 9 de fevereiro de 2022 
  43. «Horner explains why the Red Bull RB17 will 'never exist'». RacingNews365 (em inglês). Consultado em 26 de dezembro de 2021 
  44. a b «Red Bull agree deal to run Honda engine technology until 2025». Formula1.com. 15 de fevereiro de 2021. Consultado em 15 de fevereiro de 2021 
  45. a b Smith, Luke (3 de julho de 2021). «Honda's Sakura facility will supply Red Bull F1 engines in 2022». Autosport. Consultado em 18 de julho de 2021 
  46. «Fórmula 1: Verstappen renova contrato com a Red Bull». motorsport.uol.com.br. 7 de janeiro de 2020. Consultado em 1 de maio de 2020 
  47. https://the-race.com/formula-1/red-bull-juniors-vips-and-lawson-get-practice-f1-debuts/
  48. «F1: Red Bull confirma renovação de Pérez para 2022». motorsport.uol.com.br. 27 de agosto de 2021. Consultado em 27 de agosto de 2021 
  49. a b «F1: Williams anuncia quando revelará carro de 2022». motorsport.uol.com.br. Consultado em 8 de fevereiro de 2022 
  50. «Williams renova contrato com a Mercedes para fornecimento de motores até a temporada 2025». Globo Esporte. 13 de setembro de 2019. Consultado em 1 de maio de 2020 
  51. a b «Alex Albon returns to F1 race seat with Williams in 2022 alongside Nicholas Latifi». Formula 1 (em inglês). 8 de setembro de 2021. Consultado em 8 de setembro de 2021 
  52. https://racingnews365.com/every-f1-teams-reserve-driver-ahead-of-2022-season
  53. «2022 FIA Formula One World Championship – Entry List». Fédération Internationale de l'Automobile. 7 de dezembro de 2021. Consultado em 27 de dezembro de 2021 
  54. «Honda anuncia saída da F1 ao final da temporada 2021». motorsport.uol.com.br. Consultado em 2 de outubro de 2020 
  55. «Raikkonen to retire from Formula 1 at end of 2021 season». Motorsport.com. 1 de setembro de 2021. Consultado em 1 de setembro de 2021 
  56. «Following Valtteri Bottas' departure to Alfa Romeo Racing, George Russell will be team-mate to Lewis Hamilton from 2022». mercedesamgf1.com. 7 de setembro de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2021 
  57. «Mercedes announce George Russell will partner Lewis Hamilton in 2022 as Briton signs long-term deal». Formula1.com (em inglês). 7 de setembro de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2021 
  58. «Williams Racing Confirms Latifi & Albon as 2022 Driver Line Up». WilliamsF1.com (em inglês). 8 de setembro de 2021. Consultado em 8 de setembro de 2021. Cópia arquivada em 8 de setembro de 2021 
  59. a b «Alfa Romeo announce Guanyu Zhou as Valtteri Bottas's team mate for 2022». Formula1.com. 16 de novembro de 2021. Consultado em 16 de novembro de 2021 
  60. «Alfa Romeo confirm Antonio Giovinazzi will leave the team at the end of the season». Formula1.com. 16 de novembro de 2021. Consultado em 16 de novembro de 2021 
  61. «F1: Haas encerra contratos de Mazepin e Uralkali após invasão da Ucrânia». motorsport.uol.com.br. Consultado em 5 de março de 2022 
  62. a b «FIA announces World Motor Sport Council decisions». Fédération Internationale de l'Automobile. 19 de março de 2022. Consultado em 22 de março de 2022 
  63. «F1 não substitui GP da Rússia e temporada 2022 terá 22 corridas». motorsport.uol.com.br. Consultado em 18 de maio de 2022 
  64. a b c d e «F1 schedule 2022: Formula 1 announces 23-race calendar for 2022». www.formula1.com (em inglês). Formula 1®. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  65. «Miami Grand Prix to join F1 calendar in 2022, with exciting new circuit planned». www.formula1.com (em inglês). 18 de abril de 2021. Consultado em 18 de abril de 2021 
  66. «F1 confirma estreia do GP do Catar na temporada 2021; etapa será realizada em novembro». motorsport.uol.com.br. 30 de setembro de 2021. Consultado em 30 de setembro de 2021 
  67. «Formula 1 statement on the Russian Grand Prix». Formula 1. 25 de fevereiro de 2022. Consultado em 25 de fevereiro de 2022. it is impossible to hold the Russian Grand Prix in the current circumstances. 
  68. «F1 anuncia que GP da Rússia de 2022 está cancelado por invasão à Ucrânia». motorsport.uol.com.br. 25 de fevereiro de 2022. Consultado em 25 de fevereiro de 2022 
  69. «F1 reage a conflito, encerra contrato com promotor e veta GPs na Rússia "no futuro"». Grande Prêmio. 3 de março de 2022. Consultado em 3 de março de 2022 
  70. Redação (18 de maio de 2022). «Fórmula 1: GP da Rússia não será substituído e temporada segue igual». Sportbuzz. Consultado em 18 de maio de 2022 
  71. «Haas announce reveal date for 2022 livery». Formula 1 (em inglês). Consultado em 4 de fevereiro de 2022 
  72. «Red Bull cement launch date for Max Verstappen's title-defending RB18 machine». Formula 1 (em inglês). Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  73. «Aston Martin become first team to announce launch date for all-new 2022 car». Formula 1 (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  74. «McLaren announce launch date for their 2022 car, the MCL36». Formula 1 (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  75. «AlphaTauri pick Valentine's Day to unleash their 2022-spec AT03». Formula 1 (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2022 
  76. «Ferrari name the date for their 2022 car launch». Formula 1 (em inglês). Consultado em 17 de janeiro de 2022 
  77. «Mercedes announce reveal date for 2022 W13 F1 car». Formula 1 (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2022 
  78. «Alpine name date for launch of 2022 car, the A522». Formula 1 (em inglês). Consultado em 27 de janeiro de 2022 
  79. Herrero, Daniel (14 de junho de 2019). «Formula 1 delays presentation of 2021 regulations». speedcafe.com. peedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  80. Cooper, Adam (19 de março de 2020). «F1 teams pushing to postpone '21 cars amid coronavirus uncertainty». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  81. Pugmire, Jerome (31 de março de 2020). «F1 rule changes approved amid coronavirus disruption». The Washington Post. Nash Holdings. Associated Press. Consultado em 1 de maio de 2020 
  82. Coch, Mat (25 de junho de 2019). «F1 keen to work with drivers on new rules». speedcafe.com. Speedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  83. Noble, Jonathan (19 de julho de 2019). «2021 Formula 1 rules made restrictive to prevent racing limitations». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  84. Noble, Jonathan (19 de julho de 2019). «F1 creates aero group to find 2021 loopholes in same way teams try». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  85. Noble, Jonathan (17 de julho de 2019). «F1 commits to reintroducing ground effect aero concept with '21 rules». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  86. Coch, Mat (19 de julho de 2019). «F1 rubbishes cookie cutter 2021 design concerns». speedcafe.com. Speedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  87. «Tech Tuesday: What's been banned under the 2021 rules». formula1.com. Formula One Administration. 12 de novembro de 2019. Consultado em 1 de maio de 2020 
  88. a b c d «F1's 2021 rule changes: 10 things you need to know». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 – via youtube.com 
  89. a b «2021 F1 rules: The Key Changes Explained». formula1.com. Formula One Administration. Consultado em 1 de maio de 2020 
  90. «FIA approve raft of F1 rule changes for 2020 and 2021». 31 de março de 2020. Consultado em 1 de maio de 2020 
  91. Herrero, Dan (14 de abril de 2018). «May deadline for 2021 F1 engine regulations». speedcafe.com. Consultado em 1 de maio de 2020 
  92. Coch, Mat (4 de maio de 2018). «Ferrari 'encouraged' by change in F1 attitude». speedcafe.com. Consultado em 1 de maio de 2020 
  93. Mitchell, Scott (11 de maio de 2018). «F1 removing MGU-H for 2021 engines a 'backwards step' - Mercedes». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  94. «Formula 1 unveils 2021 engine plans». speedcafe.com. 1 de novembro de 2017. Consultado em 1 de maio de 2020 
  95. Coch, Mat (23 de maio de 2018). «FIA boss wants simpler F1 engines». speedcafe.com. Speedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  96. Cooper, Adam (10 de julho de 2018). «F1 manufacturers push back on 2021 engine proposals». autosport.com (em inglês). Motorsport Network. Consultado em 1 de maio de 2020 
  97. Cooper, Adam (19 de fevereiro de 2019). «FIA issues tender for standard F1 gearbox supplier from 2021 season». Autosport. Consultado em 1 de maio de 2020. Cópia arquivada em 26 de setembro de 2019 
  98. Cooper, Adam (20 de maio de 2019). «FIA releases new standard parts tender for key F1 fuel system parts». Autosport. Consultado em 1 de maio de 2020. Cópia arquivada em 20 de maio de 2019 
  99. Coch, Mat (21 de julho de 2018). «F1 to run bigger wheels, ban tyre warmers». speedcafe.com. Speedcafe. Consultado em 1 de maio de 2020 
  100. Cooper, Adam. «Decision to ban tyre blankets from F1 for 2021 reversed». Autosport.com (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2020 
  101. Fórmula 1. «DIARY DATES: The 2022 F1 calendar, pre-season testing and car launch schedule». Consultado em 1 de fevereiro de 2022 
  102. «F1: Norris lidera primeiro dia de testes em Barcelona». UOL Esporte. 23 de fevereiro de 2022. Consultado em 23 de fevereiro de 2022 
  103. «Leclerc lidera segundo dia de testes em Barcelona; Hamilton é lanterna». UOL Esporte. 24 de fevereiro de 2022. Consultado em 24 de fevereiro de 2022 
  104. «Hamilton voa com W13 e lidera último dia de testes coletivos da F1 em Barcelona». Grande Prêmio. 25 de fevereiro de 2022. Consultado em 25 de fevereiro de 2022 
  105. «Gasly bate dupla da Ferrari e lidera 1º dia de testes da F1 no Bahrein. Hamilton é 11º». Grande Prêmio. 10 de março de 2022. Consultado em 10 de março de 2022 
  106. «Magnussen surpreende em 'hora extra', e Haas lidera dia de testes no Bahrein». Band.com.br. 11 de março de 2022. Consultado em 11 de março de 2022 
  107. «Verstappen faz volta mais rápida e fecha testes da F1 no Bahrein». Globo Esporte. 12 de março de 2022. Consultado em 12 de março de 2022 
  108. «How a 40-year-old rule turned F1 on its head at Spa» (em inglês)