Charles Leclerc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Charles Leclerc
Charles Leclerc em 2019
Informações pessoais
Nome completo Charles Leclerc
Nacionalidade monegasco
Nascimento 16 de outubro de 1997 (21 anos)
Monte Carlo, Mônaco
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2018
Equipes Sauber e Ferrari
GPs disputados 31
Pódios 5
Pontos 144[1]
Pole positions 2
Voltas mais rápidas 2
Primeiro GP GP da Austrália de 2018
Último GP GP da Hungria de 2019

Charles Leclerc (Monte Carlo, 16 de outubro de 1997) é um automobilista monegasco que atua na Fórmula 1 pela equipe Ferrari.

Integrou a Ferrari Driver Academy desde 2016,[2] e ganhou o campeonato da GP3 Series em 2016[3] e o Campeonato de Fórmula 2 da FIA em 2017.[4]

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Em março de 2016, foi anunciado que Leclerc seria um dos dois pilotos admitidos na Ferrari Driver Academy e atuaria como piloto de desenvolvimento da Haas F1 Team e da Scuderia Ferrari.[5] Como parte de seu papel como piloto de desenvolvimento, Leclerc participou na primeira sessão de quatro GPs na temporada de 2016.[6] Acreditava-se, que, se Leclerc ganhasse o campeonato da GP3 Series, ele faria o mesmo caminho de Daniil Kvyat e Valtteri Bottas e seguiria direto da GP3 para a Fórmula 1 com a equipe Haas.[7] Entretanto, isto foi descartado pelo chefe da equipe Haas, Gunther Steiner, que declarou que Leclerc iria competir a temporada de 2017 do Campeonato de Fórmula 2 da FIA,[8] na qual veio a se sagrar campeão acumulando 282 pontos correndo pela Prema Racing.[4]

Sauber[editar | editar código-fonte]

Debutou na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália de 2018, qualificado-se em 18º e terminando a corrida em 13º.[9]

Conquistou seus primeiros oito pontos na Fórmula 1 ao chegar em 6º e ainda foi o 'Piloto do Dia' no Grande Prêmio do Azerbaijão. Pontuando novamente na corrida seguinte no Grande Prêmio da Espanha, sendo o primeiro piloto desde Felipe Nasr, em 2015, a pontuar em dois grande prêmios seguidos para a equipe Sauber.[10]

No retorno do Grande Prêmio da França ao calendário da Fórmula 1, Leclerc qualificou-se em 8º para a largada, algo que não ocorria a equipe Sauber largar entre os dez primeiros desde o Grande Prêmio da Itália de 2015.[11]

Ferrari[editar | editar código-fonte]

Em 11 de setembro de 2018 a Scuderia Ferrari o anunciou como piloto titular partir de 2019, substituindo Kimi Räikkönen. Seu contrato irá até o fim de 2020.[12]

Na segunda prova da temporada 2019 no Bahrein obteve a pole position, tornando-se o mais jovem da equipe Ferrari - superando a Jacky Ickx, e segundo da categoria, atrás de seu atual companheiro Sebastian Vettel.[13] Esteve próximo de vencer a corrida quando liderava com folga até sua Ferrari perder bastante potência, terminando na terceira posição. Obteve também um ponto extra pela Volta mais rápida.[14]

Posição de chegada nas corridas de Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Classificação Pontos
2018 Alfa Romeo Sauber F1 Team Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1.6 V6 AUS
13
BHR
12
CHN
19
AZE
6
ESP
10
MON
18†
CAN
10
FRA
10
AUT
9
GBR
Ret
ALE
15
HUN
Ret
BEL
Ret
ITA
11
SIN
9
RUS
7
JAP
Ret
EUA
Ret
MEX
7
BRA
7
EAU
7
13º 39
2019* Scuderia Ferrari Ferrari SF90 Ferrari 064 1.6 V6 AUS
5
BHR
3
CHN
5
AZE
5
ESP
5
MON
Ret
CAN
3
FRA
3
AUT
2
GBR
3
ALE
Ret
HUN
4
BEL
ITA
SIN
RUS
JAP
MEX
EUA
BRA
EAU
* 132*

* Temporada em andamento.
† Pilotos que não terminaram o Grande Prêmio mas foram classificados pois completaram 90% da corrida.

Referências

  1. «Charles Leclerc stats f1». statsf1 
  2. «F1: Charles Leclerc continua piloto júnior da Ferrari». AutoSport. 4 de outubro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  3. «Road to F1: Charles Leclerc é o campeão da GP3 Series - AutoSport». AutoSport. Consultado em 2 de julho de 2018 
  4. a b «Driver Standings - Formula 2» (em inglês). fiaformula2.com. Consultado em 2 de julho de 2018 
  5. «Leclerc gets Ferrari and Haas development role» (em inglês). 1 de março de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  6. «GP Brasil: Leclerc estará con Haas en Interlagos» (em espanhol). Motor.es. 8 de novembro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  7. «Charles Leclerc: GP3 title key to 2017 F1 hopes» (em inglês). 23 de dezembro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  8. «Haas' Steiner: GP3's Leclerc to drive in GP2». readmotorsport.com (em inglês). 7 de novembro de 2016. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  9. «FORMULA 1 2018 ROLEX AUSTRALIAN GRAND PRIX - QUALIFYING» (em inglês). formula1.com. Consultado em 2 de julho de 2018 
  10. «FORMULA 1 PIRELLI GRAND PRIX DE FRANCE 2018 - QUALIFYING» (em inglês). formula1.com. Consultado em 2 de julho de 2018 
  11. «FORMULA 1 GRAN PREMIO D'ITALIA 2015 - QUALIFYING» (em inglês). formula1.com. Consultado em 2 de julho de 2018 
  12. «Ferrari cumpre primeiro ato e anuncia saída de Räikkönen, que volta à Sauber em contrato de dois anos». Grandepremio. 11 de setembro de 2018. Consultado em 11 de setembro de 2018 
  13. «Consigne de Ferrari, déficit de Mercedes, record de Leclerc : le Grand Prix en questions». Eurosport. 30 de março de 2019 
  14. «Hamilton wins Bahrain Grand Prix after Leclerc heartbreak» (em inglês). RTL. 31 de março de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]