Grande Prêmio da Turquia de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio da Turquia de 2021
Istanbul park.svg
Grande Prêmio da Turquia de 2021.
Detalhes da corrida
Data 10 de outubro de 2021
Local Istanbul Park, Istambul, Turquia
Total 58 voltas / 309.604 km
Pole
Piloto
Finlândia Valtteri Bottas Mercedes
Volta mais rápida
Piloto
Finlândia Valtteri Bottas Mercedes
Pódio
Primeiro
Finlândia Valtteri Bottas Mercedes
Segundo
Países Baixos Max Verstappen Red Bull Racing-Honda
Terceiro
México Sergio Pérez Red Bull Racing-Honda

O Grande Prêmio da Turquia de 2021 foi a décima sexta etapa do Campeonato Mundial de 2021 da Fórmula 1. Foi disputado em 10 de outubro de 2021 no Istanbul Park, Istambul, Turquia.[1]

Esteban Ocon fez uma corrida completa sem ir aos boxes o que não acontecia desde o Grande Prêmio de Mônaco de 1997 com Mika Salo.[2]

Relatório[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, o Grande Prêmio da Turquia foi adicionado, em 28 de abril de 2021, ao calendário de 2021 da Fórmula 1 como substituto do Grande Prêmio do Canadá, que estava previsto para ocorrer em 13 de junho, mas havia sido cancelado por conta das medidas restritivas de viagens impostas pelo governo local por conta da pandemia de COVID-19.[3][4] Contudo, devido aos impactos da pandemia, a etapa da Turquia também foi cancelada e substituída pelo Grande Prêmio da Estíria.[5] Entretanto, em 4 de junho, devido as restrições da pandemia, a FIA confirmou o cancelamento do Grande Prêmio de Singapura.[6] Com isso, em 25 de junho, o Grande Prêmio da Turquia retornou novamente ao calendário de 2021, desta vez, como substituto da etapa de Singapura que seria realizado em 10 de outubro.[7]

Pintura especial da Red Bull Racing

A Red Bull Racing divulgou na quinta-feira (7), a pintura especial que adotará neste fim de semana do Grande Prêmio da Turquia (data que originalmente pertencia ao Grande Prêmio do Japão) em homenagem à Honda, sua fornecedora de motores e que deixará a Fórmula 1 em 2022. O modelo possui as cores branca e vermelha e dizeres de "obrigado" na escrita japonesa. As cores lembram o primeiro carro japonês a vencer na Fórmula 1, o Honda RA 272, pilotado por Richie Ginther no Grande Prêmio do México de 1965.

A equipe também anunciou que a parceria com a marca nipônica continua em outras áreas como a Academia de Pilotos e o desenvolvimento da unidade de potência própria que o time está desenvolvendo para 2023.[8]

Limites da pista[editar | editar código-fonte]

Os limites de pista serão monitorados nas saídas das curvas 1, 6 e 14 e também na área de escape da curva 9:[9]

Curva 1

Um dos trechos mais complicados da pista, com uma forte freada em descida, localizado logo após a reta dos boxes. Por isso, os pilotos não poderão passar com as quatro rodas após a linha branca no local - no Istanbul Park, a zebra não entra nos limites de pista.

Curva 6

Uma curva de 90º, importante para os pilotos carregarem velocidade para a desafiadora curva 8, com quatro vértices e três tangências. Por isso, os pilotos não poderão passar com as quatro rodas após a linha branca.

Curva 9

Uma chicane localizado logo após um enorme trecho de aceleração da pista, que inclui a 8 e um trecho de reta logo após. Quem tiver de ir na área de escape ou passar com as quatro rodas fora da pista, só poderá voltar à pista após contornar o obstáculo e sem levar vantagem, contornando o cone colocado na parte de fora.

Curva 14

A última curva do circuito, de baixa velocidade, parte de uma variante antes da reta dos boxes. Os pilotos não poderão passar com as quatro rodas após a linha branca na saída.

Treino classificatório[editar | editar código-fonte]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pneus[editar | editar código-fonte]

Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para este Grande Prêmio
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de Tempo Dry Type Aderência Longevidade
Macio (C4) Neumático F1 Pirelli Rojo.svg Slick
(P Zero)
Seco Soft Mais aderência Menos durável
Médio (C3) F1 tire Pirelli PZero Yellow.svg Slick
(P Zero)
Seco Medium Médio Médio
Duro (C2) Neumático F1 Pirelli Blanco.svg Slick
(P Zero)
Seco Hard Menos aderência Mais durável
Intermediário Neumático F1 Pirelli Verde.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Intermediate
(água não estagnante)
Chuva Neumático F1 Pirelli Azul.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Wet
(água estagnante)

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 1:24.585 1:23.082 1:22.868 11[nt 1]
2 77 Finlândia Valtteri Bottas Mercedes 1:25.047 1:23.579 1:22.998 1
3 33 Países Baixos Max Verstappen Red Bull Racing-Honda 1:24.592 1:23.732 1:23.196 2
4 16 Mónaco Charles Leclerc Ferrari 1:24.869 1:24.015 1:23.265 3
5 10 França Pierre Gasly AlphaTauri-Honda 1:24.704 1:23.817 1:23.326 4
6 14 Espanha Fernando Alonso Alpine-Renault 1:25.174 1:23.914 1:23.477 5
7 11 México Sergio Pérez Red Bull Racing-Honda 1:24.963 1:23.961 1:23.706 6
8 4 Reino Unido Lando Norris McLaren-Mercedes 1:25.138 1:24.642 1:23.954 7
9 18 Canadá Lance Stroll Aston Martin-Mercedes 1:25.511 1:24.601 1:24.305 8
10 22 Japão Yuki Tsunoda AlphaTauri-Honda 1:25.409 1:24.054 1:24.368 9
11 5 Alemanha Sebastian Vettel Aston Martin-Mercedes 1:25.787 1:24.795 10
12 31 França Esteban Ocon Alpine-Renault 1:25.422 1:24.842 12
13 63 Reino Unido George Russell Williams-Mercedes 1:25.417 1:25.007 13
14 47 Alemanha Mick Schumacher Haas-Ferrari 1:25.555 1:25.200 14
15 55 Espanha Carlos Sainz Jr. Ferrari 1:25.177 S/Tempo 19[nt 2]
16 3 Austrália Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 1:25.881 20[nt 3]
17 6 Canadá Nicholas Latifi Williams-Mercedes 1:26.086 15
18 99 Itália Antonio Giovinazzi Alfa Romeo-Ferrari 1:26.430 16
19 7 Finlândia Kimi Räikkönen Alfa Romeo-Ferrari 1:27.525 17
20 9 Federação Russa de Automobilismo Nikita Mazepin Haas-Ferrari 1:28.449 18
Tempo dos 107%: 1:30.505
Fonte:
Notas

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Pit Stop Pneus Grid Pontos
1 77 Finlândia Valtteri Bottas Mercedes 58 1:31:04.103 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 1 25+1
2 33 Países Baixos Max Verstappen Red Bull Racing-Honda 58 +14.584 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 2 18
3 11 México Sergio Pérez Red Bull Racing-Honda 58 +33.471 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 6 15
4 16 Mónaco Charles Leclerc Ferrari 58 +37.814 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 3 12
5 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 58 +41.812 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 11 10
6 10 França Pierre Gasly AlphaTauri-Honda 58 +44.292 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 4 8
7 4 Reino Unido Lando Norris McLaren-Mercedes 58 +47.213 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 7 6
8 55 Espanha Carlos Sainz Jr. Ferrari 58 +51.526 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 19 4
9 18 Canadá Lance Stroll Aston Martin-Mercedes 58 +1:22.018 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 8 2
10 31 França Esteban Ocon Alpine-Renault 57 +1 volta 0 Intermediário Novo 12 1
11 99 Itália Antonio Giovinazzi Alfa Romeo-Ferrari 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 16
12 7 Finlândia Kimi Räikkönen Alfa Romeo-Ferrari 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 17
13 3 Austrália Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 20
14 22 Japão Yuki Tsunoda AlphaTauri-Honda 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 9
15 63 Reino Unido George Russell Williams-Mercedes 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 13
16 14 Espanha Fernando Alonso Alpine-Renault 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 5
17 6 Canadá Nicholas Latifi Williams-Mercedes 57 +1 volta 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 15
18 5 Alemanha Sebastian Vettel Aston Martin-Mercedes 57 +1 volta 2 Intermediário NovoMédio C3 NovoIntermediário Novo 10
19 47 Alemanha Mick Schumacher Haas-Ferrari 56 +2 voltas 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 14
20 9 Federação Russa de Automobilismo Nikita Mazepin Haas-Ferrari 56 +2 voltas 1 Intermediário NovoIntermediário Novo 18
Volta mais rápida: Finlândia Valtteri Bottas (Mercedes) – 1:30.432 (na volta 58)
Fonte:

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Última vitória de Valtteri Bottas na Mercedes além de ser a única dele na temporada.
  • Nona corrida que todos os carros completaram a prova.

Voltas na liderança[editar | editar código-fonte]

Nº de Voltas Piloto Voltas
49 Finlândia Valtteri Bottas 1–37; 47–58
9 Mónaco Charles Leclerc 38–46

2021 DHL Fastest Pit Stop Award[editar | editar código-fonte]

Resultado[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Tempo Pontos
1 33 Países Baixos Max Verstappen Red Bull Racing-Honda 2.15 25
2 5 Alemanha Sebastian Vettel Aston Martin-Mercedes 2.28 18
3 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 2.36 15
4 77 Finlândia Valtteri Bottas Mercedes 2.52 12
5 11 México Sergio Pérez Red Bull Racing-Honda 2.56 10
6 99 Itália Antonio Giovinazzi Alfa Romeo-Ferrari 2.70 8
7 3 Austrália Daniel Ricciardo McLaren-Mercedes 2.81 6
8 7 Finlândia Kimi Raikkonen Alfa Romeo-Ferrari 2.90 4
9 4 Reino Unido Lando Norris McLaren-Mercedes 3.10 2
10 16 Mónaco Charles Leclerc Ferrari 3.10 1
Fonte:

Classificação[editar | editar código-fonte]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Referências

  1. «F1 confirma retorno do GP da Turquia, substituindo Singapura». motorsport.uol.com.br. Consultado em 25 de junho de 2021 
  2. «Ocon é primeiro piloto em 24 anos a terminar uma corrida sem fazer pit stop». Globoesporte.com. 10 de outubro de 2021. Consultado em 10 de outubro de 2021 
  3. «Formula 1 announce that Turkey will replace Canada on 2021 F1 race calendar». Formula 1 (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2021 
  4. «F1 cancela GP do Canadá pelo segundo ano consecutivo e anuncia volta da Turquia». motorsport.uol.com.br. Motorsport Network. Consultado em 2 de maio de 2021 
  5. «2021 F1 calendar reshuffled, as Turkey drops off and extra Austria race added». Formula 1 (em inglês). Consultado em 14 de maio de 2021 
  6. «Singapore Grand Prix called off for 2021». www.formula1.com (em inglês). Consultado em 4 de junho de 2021 
  7. «Turkish Grand Prix to rejoin 2021 Formula 1 calendar». Formula1.com. 25 de junho de 2021. Consultado em 25 de junho de 2021 
  8. «RBR revela pintura em homenagem à Honda para o GP da Turquia». Globoesporte.com. 7 de outubro de 2021. Consultado em 7 de outubro de 2021 
  9. Lopes, Rafael (8 de outubro de 2021). «Istanbul Park terá restrições aos limites de pista em quatro trechos». Voando Baixo. Consultado em 8 de outubro de 2021 

Notas

  1. Lewis Hamilton (Mercedes) perdeu dez posições pela troca de componentes do motor do carro.
  2. Carlos Sainz Jr. (Ferrari) largou da penúltima posição por exceder o limite de trocas de unidades de potência.
  3. Daniel Ricciardo (McLaren-Mercedes) largou da última posição por exceder o limite de trocas de unidades de potência.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Corrida anterior:
GP da Rússia de 2021
Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA
Temporada 2021
Próxima corrida:
GP dos Estados Unidos de 2021

Corrida anterior:
GP da Turquia de 2020
Grande Prêmio da Turquia Próxima corrida:
sem previsão