Lance Stroll

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Lance Stroll
Informações pessoais
Nome completo Lance Strulovitch
Nacionalidade canadiano
Nascimento 29 de outubro de 1998 (22 anos)
Montreal, Canadá
Altura 1,82 m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2017
Equipes 3 (Williams, Racing Point e Aston Martin)
Número 18
GPs disputados 93 (92 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 3
Pontos 166[1]
Pole positions 1
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP da Austrália de 2017
Último GP GP da Itália de 2021

Lance Strulovitch,[2] mais conhecido como Lance Stroll (Montreal, 29 de outubro de 1998) é um piloto canadense que atua na Fórmula 1 pela equipe Aston Martin.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Lance Stroll durante a corrida em Spa na Fórmula 3 Europeia

Em seu primeiro ano nos monopostos, em 2014, conquistou o título da F4 Italiana, com sete vitórias em 18 corridas. Em 2015, faturou a Toyota Racing Series, torneio de verão na Nova Zelândia e estreou na F3 Europeia, terminando a temporada em quinto. Em 2016, sagrou-se campeão da categoria continental, de forma antecipada, com a impressionante campanha de 14 triunfos em 30 provas.

Stroll chegou a ser membro da Academia de Pilotos da Ferrari. Entrou aos 11 anos, quando ainda competia no kart, mas deixou a companhia para ingressar no programa de desenvolvimento da Williams, ao fim de 2015, tornando-se piloto reserva do time em 2016. A saída foi uma surpresa, já que o pai é apaixonado pela escuderia italiana, tendo patrocinado o time na época de Michael Schumacher, além de ter uma das maiores coleções de carros da montadora de Maranello do mundo. Lance, por pouco, não parou na Sauber.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Stroll enquanto corria na Williams, em 2017

Williams (2017–2018)[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de novembro de 2016, Stroll foi confirmado como piloto da equipe Williams para temporada de 2017 da Fórmula 1, sendo o substituto de Felipe Massa, que anunciou, em setembro, a sua aposentadoria na Fórmula 1. Para a surpresa de muitos, a Mercedes, atual campeã da Fórmula 1, anunciou no dia 16 de Janeiro de 2017 a contratação do piloto Valtteri Bottas, que irá substituir o campeão da Fórmula 1 de 2016, Nico Rosberg que, repentinamente, anunciou sua aposentadoria das pistas. Por conta disso, Felipe Massa desistiu de sua aposentadoria e a Williams anunciou a volta do piloto a equipe para a temporada de 2017. Da importância pessoal de estrear na F1, Stroll também acaba com uma sequência de seu país, desde a saída conturbada de Jacques Villeneuve no meio da temporada 2006, o Canadá não teve nenhum representante na categoria máxima do automobilismo.[4]

Stroll marcou seus primeiros pontos na categoria, justamente em casa no Grande Prêmio do Canadá de 2017 ao chegar na nona colocação.

No dia 25 de junho de 2017, Stroll conquistou seu primeiro pódio da carreira no Grande Prêmio do Azerbaijão de 2017 e se tornou o mais jovem estrante a subir no pódio aos 18 anos e 239 dias, ele largou da oitava posição no grid, sua melhor performance em classificação pela primeira vez, e subiu enquanto seus rivais enfrentavam problemas. Stroll acabou sendo perseguido por Valtteri Bottas, na fase final e foi superado na reta de chegada, mas ainda assim conseguiu terminar na terceira posição. Além do pódio, Stroll foi eleito o "Piloto do Dia".[5]

Racing Point (2019–2020)[editar | editar código-fonte]

Stroll nos testes de pré-temporada de 2019

Em 30 de novembro de 2018, a Racing Point — equipe formada após Lawrence Stroll comprar os ativos de corrida da Force India, que estava em administração judicial[6][7] — anunciou Lance Stroll como piloto titular para a disputa da temporada de 2019.[8]

Em 14 de novembro de 2020, Stroll conquista sua primeira pole position da carreira na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Turquia de 2020.[9]

Aston Martin (2021–)[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro de 2020, foi anunciado que Lawrence Stroll liderou um consórcio para investir 182 milhões de libras na Aston Martin em troca de 25% de participação na empresa.[10] Com isso, a equipe Racing Point foi rebatizada para Aston Martin em 2021.[11] Com Lance permanecendo na equipe para a disputa das temporadas de 2021 e 2022.[12][3]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É filho de Claire-Anne Stroll, estilista belga, e de Lawrence Stroll, empresário da indústria de roupas, que é proprietário do circuito de Mont-Tremblant[13] e coproprietário da fabricante de carros Aston Martin[10] e da equipe de Fórmula 1 Aston Martin F1 Team (antiga Racing Point).[11] Tem uma irmã mais velha chamada Chloe.

Marcas[editar | editar código-fonte]

Stroll é detentor de dois recordes como piloto mais jovem na Fórmula 1.

  • 2017 Williams - Piloto mais jovem estreante a subir no pódio da Fórmula 1, com 18 anos e 239 dias.
  • 2017 Williams - Piloto mais jovem a largar na primeira fila em um GP, com 18 anos e 308 dias.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Equipe Corridas Vitórias Poles V/Rápidas Pódios Pontos Classificação
2014 Florida Winter Series N/A 12 0 0 0 2 0
Fórmula 4 Italiana Prema Powerteam 18 7 5 11 13 331
2015 Toyota Racing Series M2 Competition 16 4 0 1 10 906
Fórmula 3 Europeia Prema Powerteam 32 1 0 0 6 231
Fórmula 1 Scuderia Ferrari Piloto de testes
2016 Fórmula 3 Europeia Prema Powerteam 30 14 14 13 20 507
Fórmula 1 Williams Piloto de testes
2017 Fórmula 1 Williams 20 0 0 0 1 40 12º
2018 Fórmula 1 Williams 10 0 0 0 0 4 17º

* Temporada em andamento.

Resultados nas corridas da F1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Class. Pontos
2017 Williams Martini Racing Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1.6 V6 t AUS
Ret
CHN
Ret
BAR
Ret
RUS
11
ESP
16
MON
15†
CAN
9
AZE
3
AUT
10
GBR
16
HUN
14
BEL
11
ITA
7
SIN
8
MAL
8
JAP
Ret
EUA
11
MEX
6
BRA
16
ABU
18
12º 40
2018 Williams Martini Racing Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1.6 V6 t AUS
14
BAR
14
CHN
14
AZE
8
ESP
11
MON
17
CAN
Ret
FRA
17†
AUT
13
GBR
12
ALE
Ret
HUN
17
BEL
13
ITA
10
SIN
14
RUS
15
JAP
17
EUA
14
MEX
12
BRA
18
ABU
13
18º 6
2019 SportPesa Racing Point F1 Team Racing Point RP19 BWT Mercedes 1.6 V6 t AUS
9
BAR
14
CHN
12
AZE
9
ESP
Ret
MON
16
CAN
9
FRA
13
AUT
14
GBR
13
ALE
4
HUN
17
BEL
10
ITA
12
SIN
13
RUS
11
JAP
9
MEX
12
EUA
13
BRA
19†
ABU
Ret
15° 21
2020 BWT Racing Point F1 Team Racing Point RP20 BWT Mercedes 1.6 V6 t AUT
Ret
EST
7
HUN
4
GBR
9
70
6
ESP
4
BEL
9
ITA
3
TOS
Ret
RUS
Ret
EIF
NP
POR
Ret
EMI
13
TUR
9
BAR
Ret
SKR
3
ABU
10
11° 75
2021* Aston Martin Cognizant F1 Team Aston Martin AMR21 Mercedes M12 E Performance 1.6 V6 t BAR
10
EMI
8
POR
14
ESP
11
MON
8
AZE
Ret
FRA
10
EST
8
AUT
13
GBR
8
HUN
Ret
BEL
20
PBS
12
ITA
7
RUS
TUR
EUA
CMX
SAO
TBA ARA
ABU
13º* 24
Notas

* Temporada ainda em andamento.
† – O piloto não terminou a prova, mas foi classificado pois completou 90% da corrida.

Referências

  1. «Lance Stroll stats f1». statsf1 
  2. Christian Nimmervoll (11 de Agosto de 2020). «Sergio Perez: "Ich würde meinen Sohn nicht rausschmeißen"» [Sergio Perez: "Eu não expulsaria meu filho"]. Motorsport-Total.com (em alemão). Consultado em 25 de Agosto de 2021. Cópia arquivada em 11 de Julho de 2021 
  3. a b «F1: Aston Martin confirma permanência de Vettel e Stroll em 2022». motorsport.uol.com.br. Consultado em 16 de setembro de 2021 
  4. «Williams renova com Bottas e confirma novato Stroll como substituto de Massa para temporada 2017 da F1». Grande Prêmio. 3 de Novembro de 2016. Consultado em 3 de Novembro de 2016 
  5. «Stroll 'lost for words' after maiden F1 podium». Formula1.com. 25 de junho de 2017. Consultado em 25 de junho de 2017 
  6. «Consórcio liderado por Lawrence Stroll adquire Force India». Motorsport.com. 7 de agosto de 2018. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  7. «Consórcio apoiado por Stroll adquire a Force India». F1 Mania. 7 de agosto de 2018. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  8. Benson, Andrew (30 de novembro de 2018). «Force India: Lance Stroll confirms switch from Williams». BBC Sport. Consultado em 29 de dezembro de 2018 
  9. «GP da Turquia: Stroll brilha na chuva e faz 1ª pole na F1 à frente de Verstappen; Hamilton é 6º». Globoesporte.com. 14 de novembro de 2020. Consultado em 14 de novembro de 2020 
  10. a b «Após acordo com Stroll, Racing Point passa a se chamar Aston Martin em 2021». motorsport.uol.com.br. 31 de janeiro de 2020. Consultado em 11 de julho de 2020 
  11. a b «Stroll se torna acionista, e Racing Point é rebatizada para Aston Martin em 2021». Grande Prêmio. 31 de janeiro de 2020. Consultado em 11 de julho de 2020 
  12. «Vettel to make sensational Racing Point switch in 2021 as they re-brand as Aston Martin». F1. 10 de setembro de 2020. Consultado em 22 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2020 
  13. «Montrealer Lance Stroll on track for Formula One debut» (em inglês). The Star. 18 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Lance Stroll