Jost Capito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jost Capito
Nascimento 29 de setembro de 1958 (60 anos)
Neunkirchen
Cidadania Alemanha
Ocupação automobilista
Página oficial
http://www.volkswagen-motorsport.com/

Jost Capito (Neunkirchen, 29 de setembro de 1958) é um gerente de automobilismo alemão. Capito trabalhou em vários cargos durante sua carreira de 30 anos, o seu cargo mais bem sucedido foi de diretor de esporte a motor na Volkswagen.[1]

Carreira no automobilismo[editar | editar código-fonte]

Capito começou a trabalhar no esporte a motor, em 1985, com a BMW, trabalhando no setor de desenvolvimento de motores de alto desempenho. Naquele ano, ele também fez parte da tripulação que ganhou a categoria de caminhão do Paris-Dakar.[2][3] Em 1989 ele assumiu seu primeiro posto no Grupo Volkswagen quando se juntou à divisão de corridas da Porsche.[4]

Em 1996, Capito mudou-se para a Sauber como membro do comitê executivo. Em seguida, mudou-se para a Ford, onde permaneceu durante uma década e foi responsável pelo desenvolvimento do Focus Mk1 RS, que em sua forma WRC levou a coroa dos fabricantes do Campeonato Mundial de Rali em 2006 e 2007.[3][4][2]

Capito juntou-se a Volkswagen em maio de 2012. Durante seu tempo lá, a Volkswagen dominou o Campeonato Mundial de Rali, ganhando ambos os campeonatos de pilotos e de construtores.[4][2]

Em janeiro de 2016, foi anunciado que Capito iria mudar-se para a McLaren, embora também foi confirmado que Capito não iria se juntar a McLaren até que a Volkswagen nomeasse seu sucessor.[3][5] Em junho daquele ano, Capito confirmou ao Autosport que deixaria a Volkswagen após o Rali da Alemanha, acrescentando que esperava estar com a McLaren para o Grande Prêmio da Bélgica, no final de agosto.[6] Ele comemorou a vitória do piloto da Volkswagen Sébastien Ogier neste evento final de WRC de sua carreira.[7]

Capito oficialmente começou seu novo cargo dentro da McLaren em 1 de setembro de 2016. Seu primeiro fim de semana de corrida com sua nova equipe foi o Grande Prêmio da Itália. Porém, em 19 de dezembro de 2016, foi anunciado que Capito deixaria seu cargo de diretor executivo na equipe.[8][9] Em 7 de fevereiro do ano seguinte, a saída de Jost Capito foi confirmada oficialmente pela McLaren.[10]

Referências

  1. «Depois de pior temporada na F1, McLaren contrata chefe da Volkswagen do WRC para cargo de diretor-executivo». Grande Prêmio. Consultado em 5 de julho de 2018 
  2. a b c «McLaren contrata chefe de rali da Volkswagen para trabalhar na Fórmula 1». Portal Terra. Consultado em 12 de fevereiro de 2017 
  3. a b c «Jost Capito to leave Volkswagen for McLaren» (em inglês). Top Gear. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  4. a b c «Volkswagen boss Capito to leave - wrc.com» (em inglês). www.wrc.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  5. «McLaren Formula 1 - McLaren prepares for increased growth with key new appointments» (em inglês). www.mclaren.com. 14 de janeiro de 2016. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  6. Rencken, Dieter; Beer, Matt (21 de junho de 2016). «New McLaren F1 CEO Jost Capito expects to join for Belgian GP» (em inglês). AutoSport. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  7. «Breaking news: Ogier takes win in Germany - wrc.com» (em inglês). www.wrc.com. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  8. «F1: Jost Capito perto de abandonar a McLaren». AutoSport. 19 de dezembro de 2016. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  9. «Jost Capito: McLaren to part company with F1 boss after four months» (em inglês). BBC. 19 de dezembro de 2016. Consultado em 11 de fevereiro de 2017 
  10. «Time de Woking confirma que Jost Capito deixa de ser o CEO da equipe pouco meses após ser contratado». Motorsport.com. 7 de fevereiro de 2017. Consultado em 11 de fevereiro de 2017