Patrick Head

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Patrick Head
Nascimento 5 de junho de 1946 (73 anos)
Farnborough
Cidadania Reino Unido
Alma mater University College London, Wellington College, Universidade de Birmingham
Ocupação engenheiro, designer
Prêmios Cavaleiro Celibatário

Patrick Head Kt. (Farnborough, 5 de junho de 1946) é o cofundador da equipe Williams de Fórmula 1, junto com Frank Williams, foi mecânico chefe durante a passagem de Ayrton Senna pela Williams. É ex marido da jornalista brasileira Betise Assumpção.[1]

Ele foi o projetista do carro de Senna em que ele morreu na Temporada de Fórmula 1 de 1994, bem como diretor responsável, junto com Frank Williams, por sua morte. A corte italiana arquivou o caso 13 anos depois, e nem ele nem Williams foram responsabilizados.

No final de 2011, foi anunciada sua aposentadoria da Fórmula 1.[2]

Mas retornou em 2019, para atuar como consultor técnico, ja que infelizmente a equipe está na sua fase muito complicada na Fórmula 1. Head não vai viajar para as corridas, mas sim atuar na fábrica de Grove, na Inglaterra.[3]

Referências

  1. Times online http://www.timesonline.co.uk/tol/sport/formula_1/article829555.ece [ligação inativa]  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. «Diretor e cofundador da Williams, Patrick Head deixa a Fórmula 1 após 34 anos». UOL Esporte. 31 de dezembro de 2011 
  3. BRITO, Jayme (29 de março de 2019). «Patrick Head volta à Williams atuando como consultor técnico». Globoespoerte.com. Consultado em 29 de março de 2019