Alexander Albon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Alexander Albon
Albon em 2021
Informações pessoais
Nome completo Alexander Albon Ansusinha
Nacionalidade tailandês
Nascimento 23 de março de 1996 (26 anos)
Londres, Reino Unido
Registros na Fórmula 1
Temporadas 20192020, 2022—presente
Equipes 3 (Toro Rosso, Red Bull Racing e Williams)
GPs disputados 39
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 2
Pontos 197
Pole positions 0
Primeiro GP GP da Austrália de 2019
Último GP GP de Miami de 2022

Alexander Albon Ansusinha (em tailandês: อเล็กซานเดอร์ อัลบอน อังศุสิงห์; Londres, 23 de março de 1996) é um automobilista anglo-tailandês que atualmente compete na Fórmula 1 pela equipe Williams.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho do ex-piloto britânico Nigel Albon, Alexander iniciou a carreira disputando competições de kart, onde permaneceu até 2012, quando disputaria a Fórmula Renault 2.0 Alpes, e paralelamente atuava na divisão NEC da categoria. Seu melhor resultado foi um terceiro lugar na temporada 2014 da Eurocopa de Fórmula Renault 2.0. Em 2015, disputa a Fórmula 3 Europeia, porém não conquista resultados expressivos. Ainda participa do Grande Prêmio de Macau, na condição de convidado.

Em dezembro de 2015, após um período de testes pela equipe ART Grand Prix, foi contratado em fevereiro de 2016 para disputar a temporada da GP3 Series.[2] Com 4 vitórias, obteve o vice-campeonato, com 177 pontos.

Em fevereiro de 2017, foi anunciado sua permanência na ART Grand Prix, sendo automaticamente promovido ao Campeonato de Fórmula 2 da FIA daquele ano. Para a temporada da competição de 2018, Albon se transferiu para a equipe DAMS.[3]

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Toro Rosso (2019)[editar | editar código-fonte]

Em 26 de novembro de 2018 foi confirmado que Albon havia sido liberado de seu contrato com a equipe de Fórmula E Nissan e.dams após os rumores de que ele assinaria com a Toro Rosso. No mesmo dia, a Toro Rosso anunciou Albon como seu piloto para disputar a temporada de Fórmula 1 de 2019, ao lado de Daniil Kvyat.[4][5]

Em 31 de março de 2019, Albon fez os seus primeiros dois pontos da carreira na Fórmula 1 ao terminar em nono no Grande Prêmio do Barém e se tornou o primeiro tailandês a pontuar na Fórmula 1 desde que o Príncipe Bira pontuou pela última vez no Grande Prêmio da França de 1954.[6]

Red Bull (2019-2020)[editar | editar código-fonte]

Após o Grande Prêmio da Hungria de 2019, a Red Bull anunciou que Albon iria substituir o piloto francês Pierre Gasly a partir do Grande Prêmio da Bélgica de 2019, com Gasly retornando para a Toro Rosso para disputar o restante da temporada pela equipe ao lado de Daniil Kvyat.[7]

No dia 13 de setembro de 2020, Albon conquista o seu primeiro pódio da carreira na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Toscana e se tornou o primeiro tailandês a subir no pódio da categoria.[8]

Williams (2022)[editar | editar código-fonte]

Em 8 de setembro de 2021, foi anunciado que Alexander Albon se juntaria à equipe Williams para a temporada de 2022.[1]

Resultados na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 Class. Pontos
2019 Red Bull Toro Rosso Honda Scuderia Toro Rosso STR14 Honda RA619H 1.6 V6 t AUS
14
BAR
9
CHN
10
AZE
11
ESP
11
MON
8
CAN
Ret
FRA
15
AUT
15
GBR
12
ALE
6
HUN
10
8.º 92
Aston Martin Red Bull Racing Red Bull Racing RB15 BEL
5
ITA
6
SIN
6
RUS
5
JAP
4
MEX
5
EUA
5
BRA
14
ABU
6
2020 Aston Martin Red Bull Racing Red Bull Racing RB16 Honda RA620H 1.6 V6 t AUT
13†
EST
4
HUN
5
GBR
8
70
5
ESP
8
BEL
6
ITA
15
TOS
3
RUS
10
EIF
Ret
POR
12
EMI
15
TUR
7
BAR
3
SKR
6
ABU
4
7.º 105
2022* Williams Racing Williams FW44 Mercedes-AMG M13 E Performance 1.6 V6 t BAR
13
ARA
14
AUS
10
EMI
11
MIA
9
ESP
MON
AZE
CAN
GBR
AUT
FRA
HUN
BEL
PBS
ITA
TBA
SIN
JAP
EUA
CMX
SAO
ABU
15.º* 3
Notas

* Temporada ainda em andamento.
† – O piloto não terminou a prova, mas foi classificado por ter completado 90% da corrida.

Referências

  1. a b «F1: Williams anuncia Albon para temporada 2022; saiba mais». ge. Consultado em 8 de setembro de 2021 
  2. «Albon named as ART Grand Prix driver for 2016». 26 de fevereiro de 2016. Consultado em 26 de fevereiro de 2016 
  3. «DAMS confirm Nicholas Latifi for 2018 FIA Formula 2 campaign - Formula 2». www.fiaformula2.com. Consultado em 2 de julho de 2018 
  4. «Alexander Albon replaces Brendon Hartley at Toro Rosso for 2019 – Formula 1» (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2018 
  5. «Toro Rosso confirma Albon para temporada de 2019». Motorsport.com. 26 de novembro de 2018. Consultado em 15 de março de 2019 
  6. Gouvêa, Kadu (31 de março de 2019). «Albon marca seus primeiros pontos na Fórmula 1». F1 Mania. Consultado em 31 de março de 2019 
  7. «Alex joins the team». redbull.com (em inglês). Consultado em 12 de agosto de 2019 
  8. Fazio, Vitor (13 de setembro de 2020). «Albon recorda "trabalho pesado" antes de primeiro pódio na F1 em Mugello». Grande Prêmio. Consultado em 13 de setembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]