DAMS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
França DAMS
Informações gerais
Nome completo Driot Associés Motor Sport
(ex-Driot-Arnoux Motorsport)
Base Ruaudin, França
Chefe de equipe François Sicard
Categoria(s) Fórmula 2
Fórmula E (Nissan e.dams)
Categoria(s) anterior(es) GP2 Series
GP3 Series
Fórmula Renault 3.5 Series
Formula 3000
Eurocopa de Fórmula Renault V6
ALMS
FIA GT Championship
FIA Sportscar Championship
A1 Grand Prix[a]
Fórmula BMW Europa
GP2 Asia Series
Auto GP
Fórmula Le Mans
Porsche Supercup
Site dams.fr
Pilotos 16. Israel Roy Nissany[6]
17. Nova Zelândia Marcus Armstrong[7]
Motor Mugen-Honda, Ford-Cosworth, Judd, Zytek, Mecachrome
Chassis Lola, Reynard, Dallara
Pneu Pirelli
Fórmula 2
Estreia 2017
Corridas concluídas 66
Campeã de equipes 1 (2019)
Campeã de pilotos 0
Vitórias 14
Pódios 46
Pontos 1 090
Pole Positions 6
Volta mais rápida 15
Posição no último campeonato (2019) 1º (418 pontos)

DAMS (da Palavra-valise Driot-Arnoux Motorsport, atualmente Driot Associés Motor Sport) é uma equipe francesa de automobilismo que atualmente participa do Campeonato de Fórmula 2 da FIA. A DAMS já participou de diferentes categorias, como Fórmula 3000, GP2 Series, GP3 Series, GP2 Asia Series, Fórmula Renault 3.5 Series, ALMS, A1 Grand Prix, Auto GP, Porsche Supercup, entre outras.

Fundada em 1988 por Jean-Paul Driot e o piloto René Arnoux, esteve próxima de correr a temporda de 1996 da Fórmula 1, tendo como pilotos Érik Comas e Jan Lammers (ou Tarso Marques), mas isso acabou por não se verificar. Entre 1989 e 2001, conquistou 3 títulos de pilotos da Fórmula 3000, todos com pilotos franceses: Érik Comas (1990), Olivier Panis (1993) e Jean-Christophe Boullion (1994), além de outros 4 títulos de construtores (1989, 1990, 1993 e 1994). Na GP2, obteve 3 títulos de pilotos, com Romain Grosjean (2011), Davide Valsecchi (2012) e o último, em 2014, com Jolyon Palmer, e dois de construtores (2012 e 2014). Na temporada da GP2 Series de 2016, a equipe teve como pilotos o inglês Alex Lynn e o canadense Nicholas Latifi.

Em agosto de 2019, Jean-Paul Driot, um dos fundadores, faleceu aos 68 anos de idade.[8] Seus dois filhos, Olivier e Gregory Driot, assumiram como codiretores de equipe, até que o ex-piloto de Fórmula 1 Charles Pic comprou a equipe em fevereiro de 2022.[9] Enquanto que a participação majoritária da DAMS na equipe de Fórmula E e.dams foi totalmente adquirida pela Nissan.[10]

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • 1: Contando as Sprint Races, a DAMS comrreu 472 provas na GP2.

Referências

  1. Driot, directeur principal Arquivado 2008-02-08 no Wayback Machine france.a1gp.com
  2. A1 Team France information Arquivado 2007-10-31 no Wayback Machine a1podium.com
  3. A1 Team Switzerland information Arquivado 2007-10-31 no Wayback Machine a1podium.com
  4. A1 Team Mexico information Arquivado 2007-10-31 no Wayback Machine a1podium.com
  5. A1 Team Switzerland information Arquivado 2007-10-31 no Wayback Machine a1podium.com
  6. «Nissany to partner Armstrong at DAMS for 2021». FIA_F2® - The Official F2® Website. 29 de janeiro de 2021. Consultado em 29 de janeiro de 2021 
  7. «Armstrong switches to DAMS for second season of F2». fiaformula2.com. 22 de janeiro de 2021. Consultado em 29 de janeiro de 2021 
  8. «DAMS founder and e.dams team principal Jean-Paul Driot dies aged 68». Autosport. 4 de agosto de 2019. Consultado em 7 de agosto de 2019 
  9. Cobb, Haydn (17 de fevereiro de 2022). «Former F1 driver Charles Pic to take over DAMS team». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 17 de fevereiro de 2022 
  10. «WHY NISSAN'S TAKING FULL CONTROL OF ITS FORMULA E TEAM». The Race. 12 de abril de 2022. Consultado em 13 de abril de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.