Campeonato Mundial de Fórmula E de 2020–21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fórmula E de 2020–21
FIA Formula E World Championship Logo.svg
Anterior: 2019–20  BSicon RACE.svg  Posterior: 2021–22

O Campeonato Mundial de Fórmula E de 2020–21[1] é a sétima temporada do campeonato de automobilismo para veículos elétricos reconhecido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), como a categoria mais alta entre as competições de monopostos elétricos.

Esta temporada também é a primeira após a Fórmula E receber o status de Campeonato Mundial da FIA,[2] juntando-se à Fórmula 1, ao Campeonato Mundial de Resistência, ao Campeonato Mundial de Rali e ao Campeonato Mundial de Rallycross.

O chassi Spark Gen2 modificado, chamado Gen2EVO, estava programado para estrear nesta temporada, mas posteriormente foi adiado devido à pandemia de COVID-19.[3]

Pilotos e equipes[editar | editar código-fonte]

Os seguintes pilotos e equipes estão participando do Campeonato Mundial de Fórmula E de 2020–21. Todas as equipes competem com chassis Spark SRT05e e pneus Michelin.

Equipe Fabricante Trem de força Pilotos
Nome do piloto Sigla Corridas Piloto de Teste
Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler SparkAudi Audi e-tron FE07[4] 11 Brasil Lucas di Grassi[4] DIG 1-4 Por anunciar
33 Alemanha René Rast[4] RAS 1-4
Estados Unidos BMW i Andretti Motorsport SparkBMW i BMW iFE.21[5] 27 Reino Unido Jake Dennis[5] DEN 1-4 África do Sul Sheldon van der Linde[6]
28 Alemanha Maximilian Günther[7] GUE 1-4
Estados Unidos Dragon / Penske Autosport[8] SparkPenske Penske EV-5[9] 6 Suíça Nico Müller[10] MUL 1-4 Por anunciar
7 Brasil Sérgio Sette Câmara[11] SET 1-4
China DS Techeetah SparkDS DS E-Tense FE20[12]
DS E-Tense FE21[nota 1]
13 Portugal António Félix da Costa[14] DAC 1-4 Reino Unido James Rossiter[15]
25 França Jean-Éric Vergne[16][17] JEC 1-4
Reino Unido Envision Virgin Racing SparkAudi[18][19] Audi e-tron FE07 4 Países Baixos Robin Frijns[20] FRI 1-4 Por anunciar
37 Nova Zelândia Nick Cassidy[20] CAS 1-4
Reino Unido Jaguar Racing[21][22] SparkJaguar Jaguar I-Type 5[22] 10 Reino Unido Sam Bird[23] BIR 1-4 França Sacha Fenestraz[24]
20 Nova Zelândia Mitch Evans[23] EVA 1-4
Índia Mahindra Racing SparkMahindra Mahindra M7Electro[25] 29 Reino Unido Alexander Sims[26] SIM 1-4 Alemanha Nick Heidfeld[27]
94 Reino Unido Alex Lynn[28] LYN 1-4
Alemanha Mercedes-EQ Formula E Team SparkMercedes-EQ Mercedes-EQ Silver Arrow 02[29] 5 Bélgica Stoffel Vandoorne[29] VAN 1-4 Reino Unido Gary Paffett[30]
17 Países Baixos Nyck de Vries[29] DEV 1-4
China NIO 333 FE Team[31] SparkNIO 333 NIO 333 FE 001[nota 2] 8 Reino Unido Oliver Turvey[33] TUR 1-2, 4 Reino Unido Adam Carroll[34]
88 Reino Unido Tom Blomqvist[32][35] BLO 1-4
França Nissan e.dams SparkNissan Nissan IM02[36] 22 Reino Unido Oliver Rowland[37] ROW 1-4 Japão Mitsunori Takaboshi[38]
Reino Unido Jann Mardenborough[38]
23 Suíça Sébastien Buemi[37] BUE 1-4
Mônaco ROKiT Venturi Racing[39] SparkMercedes-EQ[40] Mercedes-EQ Silver Arrow 02[41] 48 Suíça Edoardo Mortara[42] MOR 1, 3-4 Reino Unido Jake Hughes[43]
71 França Norman Nato[42] NAT 1-4
Alemanha TAG Heuer Porsche Formula E Team[44] SparkPorsche Porsche 99X Electric[45][nota 3] 36 Alemanha André Lotterer[46] LOT 1-4 Suíça Neel Jani[47]
Suíça Simona De Silvestro[47]
99 Alemanha Pascal Wehrlein[46] WEH 1-4

Calendário[editar | editar código-fonte]

Em 19 de junho de 2020, foi anunciado o primeiro calendário provisório para a Campeonato Mundial de Fórmula E de 2020-21.[48] Em outubro, o calendário foi alterado com as corridas na Cidade do México e Sanya sendo adiadas de suas datas originais em fevereiro e março, respectivamente, enquanto uma segunda corrida foi adicionada à abertura da temporada em Santiago em janeiro.[49] Nenhuma razão foi dada para a mudança.[50] Em 28 de janeiro de 2021, a categoria publicou um calendário revisado para a primeira parte da temporada[51] com a adição da primeira corrida da Fórmula E em um circuito de corrida permanente a acontecer no circuito Ricardo Tormo em Valência, o retorno ao calendário do ePrix de Marraquexe, que foi originalmente programado para ser descontinuado, e o cancelamento do ePrix de Paris devido à pandemia de COVID-19 em andamento. A Fórmula E também confirmou que os eventos programados para Sanya e Seul não acontecerão como originalmente programados, com uma decisão sobre esses eventos e o restante do calendário a ser anunciado na primavera.

ePrix Circuito Data
1 ePrix de Daria[52] Arábia Saudita Circuito Urbano de Riade 26 de fevereiro de 2021
2 27 de fevereiro de 2021
3 ePrix de Roma Itália Circuito Urbano do EUR 10 de abril de 2021
4 11 de abril de 2021
5 ePrix de Valência Espanha Circuito Ricardo Tormo 24 de abril de 2021
6 25 de abril de 2021
7 ePrix de Mônaco Mónaco Circuito de Mônaco 8 de maio de 2021
8 ePrix de Puebla[53] México Autodromo Miguel E. Abed 19 de junho de 2021
9 20 de junho de 2021
10 ePrix de Nova Iorque[53] Estados Unidos Circuito Urbano do Brooklyn 10 de julho de 2021
11 11 de julho de 2021
12 ePrix de Londres[53] Reino Unido ExCeL London[nota 4] 24 de julho de 2021
13 25 de julho de 2021
14 ePrix de Berlim[53] Alemanha Circuito Urbano do Aeroporto de Tempelhoft 14 de agosto de 2021
15 15 de agosto de 2021

As etapas a seguir foram incluídas no calendário original publicado pelo Conselho Mundial de Automobilismo, mas foram canceladas em resposta à pandemia de COVID-19:

Corridas sob contrato para realização em 2021, porém foram canceladas:
ePrix Circuito Data original
ePrix de Paris[55] França Circuito Urbano de Paris
ePrix de Marraquexe Marrocos Circuito Internacional de Automóveis Moulay El Hassan 22 de maio de 2021
ePrix de Santiago Chile Circuito do Parque O’Higgins 5 de junho de 2021
6 de junho de 2021

Mudanças no calendário[editar | editar código-fonte]

  • Os ePrixs de Roma e Sanya, que tiveram suas edições canceladas em 2020 por causa da pandemia de COVID-19, devem retornar ao calendário em 2021. A corrida de Paris também deveria retornar, mas foi novamente cancelada devido à pandemia.[56] Numa atualização do dia 26 de março, os ePrix de Roma e Valência passaram a serem de duas rodadas cada.[57]
  • O ePrix de Daria foi transferido de novembro para fevereiro e abriu a temporada. Foi a primeira corrida de Fórmula E realizada à noite.[58]
  • O ePrix de Mônaco deve retornar ao calendário, em virtude realizado a cada dois anos.[59]
  • O ePrix de Marraquexe estava definido para ser descontinuado, mas retornou no calendário revisado de janeiro de 2021.[56]
  • O ePrix de Santiago se tornará um evento duplo e seria a primeira etapa da temporada. No entanto, a rodada foi posteriormente adiada em dezembro de 2020 devido ao aumento das restrições de combate a COVID-19 no Reino Unido.[60] Foi reagendada para junho, ainda como uma rodada dupla.[56]
  • O ePrix de Valência fará sua estreia na categoria, sendo realizado no circuito Ricardo Tormo, que já havia sediado testes de pré-temporada para a Fórmula E.[56] A prova substituirá o ePrix de Paris e contará com uma configuração específica para a categoria.[61]
  • O ePrix de Berlim se tornará um evento de corrida única novamente após realizar as seis corridas finais do Campeonato de 2019-20 devido à pandemia de COVID-19.
  • O ePrix de Londres deve retornar ao calendário após uma ausência de cinco anos. Será realizado em torno da arena ExCeL em Londres. O ePrix foi originalmente incluído no calendário de 2019-20, mas foi cancelado devido à pandemia de COVID-19.
  • O ePrix de Nova Iorque se tornará um evento de corrida única pela primeira vez. Era para se tornar um evento de corrida única em 2020, mas a corrida foi cancelada devido à pandemia de COVID-19.

Mudanças nos regulamentos[editar | editar código-fonte]

Regulamentos técnicos[editar | editar código-fonte]

Os fabricantes poderão modificar os componentes do trem de força apenas uma vez durante as duas próximas temporadas, como parte de um período de homologação prolongado, com as equipes tendo a opção de introduzir um novo trem de força para a temporada de 2020–21 por um período de dois anos ou continuar com seus sistemas usados na temporada de 2019–20 para esta temporada antes de homologar uma nova configuração para uma única temporada no ano seguinte.[3]

Resultados e classificação[editar | editar código-fonte]

Por ePrix[editar | editar código-fonte]

ePrix Qualificação Corrida Descrição
Fase de grupos Pole Position Tempo Volta mais rápida Tempo Vencedor Equipe
1 Arábia Saudita ePrix de Daria Países Baixos Nyck de Vries Países Baixos Nyck de Vries 1:08.157 Bélgica Stoffel Vandoorne[nota 5] 1:09.583 Países Baixos Nyck de Vries Alemanha Mercedes-EQ Descrição
2 Países Baixos Robin Frijns Países Baixos Robin Frijns 1:07.889 Países Baixos Nyck de Vries 1:08.811 Reino Unido Sam Bird Reino Unido Jaguar Racing
3 Itália ePrix de Roma Reino Unido Oliver Rowland Bélgica Stoffel Vandoorne 1:38.484 Nova Zelândia Mitch Evans 1:42.387 França Jean-Éric Vergne China DS Techeetah Descrição
4 França Norman Nato Nova Zelândia Nick Cassidy 1:52.011 Países Baixos Nyck de Vries[nota 6] 1:40.771 Bélgica Stoffel Vandoorne Alemanha Mercedes-EQ
5 Espanha ePrix de Valência Reino Unido Alex Lynn Portugal António Félix da Costa 1:26.522 Países Baixos Robin Frijns 1:39.611 Países Baixos Nyck de Vries Alemanha Mercedes-EQ Descrição
6 Reino Unido Jake Dennis Reino Unido Jake Dennis 1:28.548 Reino Unido Alexander Sims[nota 7] 1:30.081 Reino Unido Jake Dennis Estados Unidos BMW i Andretti
7 Mónaco ePrix de Mônaco Países Baixos Robin Frijns Portugal António Félix da Costa Bélgica Stoffel Vandoorne Portugal António Félix da Costa China DS Techeetah Descrição
8 México ePrix de Puebla Descrição
9
10 Estados Unidos ePrix de Nova Iorque Descrição
11
12 Reino Unido ePrix de Londres Descrição
13
14 Alemanha ePrix de Berlim Descrição
15

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

Os pontos são concedidos para os dez primeiros colocados em cada corrida, para o piloto que marcava a volta mais rápida na fase de grupos da classificação, para o pole position e para o piloto, entre os dez primeiros, que marcar a volta mais rápida, usando o seguinte sistema:

Posição                             10º   FG   Pole   VR 
Pontos 25 18 15 12 10 8 6 4 2 1 1 3 1

Campeonato de Pilotos[editar | editar código-fonte]

Pos. N.º Piloto DAR
Arábia Saudita
ROM
Itália
VAL
Espanha
MON
Mónaco
PUE
México
NIO
Estados Unidos
LON
Reino Unido
BER
Alemanha
Ptos.
1 4 Países Baixos Robin Frijns 17 2G 4 18 6 19 2 61
2 17 Países Baixos Nyck de Vries 1G 9 Ret Ret 1 16 Ret 57
3 20 Nova Zelândia Mitch Evans 3 Ret 3 6 Ret 15 3 54
4 13 Portugal António Félix da Costa 11 3 Ret 7 DSQ 22 1 52
5 10 Reino Unido Sam Bird Ret 1 2 Ret DSQ 14 7 49
6 5 Bélgica Stoffel Vandoorne 8 13 Ret 1 3 Ret Ret 48
7 25 França Jean-Éric Vergne 15 12 1 11 9 7 4 46
8 33 Alemanha René Rast 4 17 6 Ret 5 6 Ret 39
9 22 Reino Unido Oliver Rowland 6 7 13G 16 DSQ 4 6 35
10 27 Reino Unido Jake Dennis 12 Ret Ret 13 8 1G 16 33
11 48 Suíça Edoardo Mortara 2 NL Ret 4 Ret 9 12 32
12 99 Alemanha Pascal Wehrlein 5 10 7 3 Ret 18 Ret 32
13 6 Suíça Nico Müller 21 5 14 9 2 20 18 30
14 29 Reino Unido Alexander Sims 7 15 Ret 2 DSQ 23 Ret 24
15 94 Reino Unido Alex Lynn Ret Ret 8 17 DSQG 3 9 23
16 28 Alemanha Maximilian Günther Ret Ret 9 5 Ret 12 5 22
17 37 Nova Zelândia Nick Cassidy 19 14 11 Ret 4 13 8 19
18 36 Alemanha André Lotterer 16 11 16 15 Ret 2 17 18
19 11 Brasil Lucas di Grassi 9 8 Ret Ret 7 10 10 14
20 8 Reino Unido Oliver Turvey 10 6 NL 14 Ret 8 19 13
21 7 Brasil Sérgio Sette Câmara 20 4 15 12 Ret 21 15 12
22 23 Suíça Sébastien Buemi 13 Ret 5 10 Ret 11 11 11
23 71 França Norman Nato 14 16 12 DSQG Ret 5 13 11
24 88 Reino Unido Tom Blomqvist 18 18 10 8 Ret 17 14 5
Pos. N.º Piloto DAR
Arábia Saudita
ROM
Itália
VAL
Espanha
MON
Mónaco
PUE
México
NIO
Estados Unidos
LON
Reino Unido
BER
Alemanha
Ptos.
Fonte: [62]
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Terminou, sem classificar (NC)
Púrpura Retirou-se (Ret)
Vermelho Não qualificado (NQ)
Não pré-qualificado (NPQ)
Preto Desqualificado (DSQ)
Branco Não largou (NL)
Desistência (WD)
Corrida cancelada (C)
Sem cor Não participou
(NP)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida
G – Melhor volta na primeira qualificação
* – FanBoost

Campeonato de Equipes[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe N.º DAR
Arábia Saudita
ROM
Itália
VAL
Espanha
MON
Mónaco
PUE
México
NIO
Estados Unidos
LON
Reino Unido
BER
Alemanha
Ptos.
1 Alemanha Mercedes-EQ Formula E Team 5 8 13 Ret 1 3 Ret Ret 105
17 1G 9 Ret Ret 1 16 Ret
2 Reino Unido Jaguar Racing 10 Ret 1 2 Ret DSQ 14 7 82
20 3 Ret 3 6 Ret 15 3
3 Reino Unido Envision Virgin Racing 4 17 2G 4 18 6 19 2 58
37 19 14 11 Ret 4 13 8
4 China DS Techeetah 13 11 3 Ret 7 DSQ 22 1 57
25 15 12 1 11 9 7 4
5 Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler 11 9 8 Ret Ret 7 10 10 52
33 4 17 6 Ret 5 6 Ret
6 Alemanha TAG Heuer Porsche Formula E Team 36 16 11 16 15 Ret 2 17 50
99 5 10 7 3 Ret 18 Ret
7 Estados Unidos BMW i Andretti Motorsport 27 12 Ret Ret 13 8 1G 16 45
28 Ret Ret 9 5 Ret 12 5
8 Índia Mahindra Racing 29 7 15 Ret 2 DSQ 23 Ret 45
94 Ret Ret 8 17 DSQG 3 9
9 Mônaco ROKiT Venturi Racing 48 2 NL Ret 4 Ret 9 12 43
71 14 16 12 DSQG Ret 5 13
10 Estados Unidos Dragon / Penske Autosport 6 21 5 14 9 2 20 18 42
7 20 4 15 12 Ret 21 15
11 França Nissan e.dams 22 6 7 13G 16 DSQ 4 6 38
23 13 Ret 5 10 Ret 11 11
12 China NIO 333 FE Team 8 10 6 NL 14 Ret 8 19 18
88 18 18 10 8 Ret 17 14
Pos. Equipe N.º DAR
Arábia Saudita
ROM
Itália
VAL
Espanha
MON
Mónaco
PUE
México
NIO
Estados Unidos
LON
Reino Unido
BER
Alemanha
Ptos.
Fonte: [63]
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Terminou, sem classificar (NC)
Púrpura Retirou-se (Ret)
Vermelho Não qualificado (NQ)
Não pré-qualificado (NPQ)
Preto Desqualificado (DSQ)
Branco Não largou (NL)
Desistência (WD)
Corrida cancelada (C)
Sem cor Não participou
(NP)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida
G – Melhor volta na primeira qualificação
* – FanBoost

Transmissão no Brasil[editar | editar código-fonte]

Pela primeira vez, passou a ser transmitido na TV aberta Brasileira através da TV Cultura.[64] Em TV paga passou a ser exibido pelo SporTV.[65]

Notas e referências

Notas

  1. A DS Techeetah passou a usar um novo trem de força no ePrix de Roma de 2021.[13]
  2. O trem de força é fabricado pela própria NIO 333, e não pela NIO, uma empresa fabricante de automóveis que patrocina a equipe.[32][33]
  3. A Porsche começou a temporada com um novo trem de força, mas decidiu manter o nome do modelo anterior.[45]
  4. O circuito foi projetado como um local interno e externo, combinando as instalações ExCeL e as vias públicas ao redor do Royal Docks.[54]
  5. Stoffel Vandoorne marcou a volta mais rápida da corrida, porém a fez utilizando o modo ataque. Por conta disso, o ponto da volta mais rápida foi concedido ao piloto René Rast.
  6. Nyck de Vries marcou a volta mais rápida da corrida, porém não concluiu entre os dez primeiros. Por conta disso, o ponto da volta mais rápida foi concedido ao piloto Stoffel Vandoorne.
  7. Alexander Sims marcou a volta mais rápida da corrida, porém não concluiu entre os dez primeiros. Por conta disso, o ponto da volta mais rápida foi concedido ao piloto Alex Lynn.

Referências

  1. «Fórmula E ganha status de Mundial da FIA para temporada 2020/21». Grande Prêmio. 3 de dezembro de 2019. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  2. «Fórmula E terá status de Campeonato Mundial a partir da temporada 2020/2021». F1 Mania. 3 de dezembro de 2019. Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  3. a b «FE delays Gen2 Evo car as part of new cost saving measures». www.autosport.com. Consultado em 29 de julho de 2020 
  4. a b c «Lucas di Grassi and René Rast compete for Audi in the FIA Formula E World Championship». www.audi-mediacenter.com (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020 
  5. a b «Jake Dennis joins Max Guenther at BMW i Andretti Motorsport for Season 7». fiaformulae.com (em inglês). Consultado em 30 de outubro de 2020 
  6. «SA racer to join Formula E and hone BMW M4 GT3 car». 23 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de abril de 2021. Cópia arquivada em 23 de dezembro de 2020 
  7. «BMW i Andretti Motorsport retains Max Guenther for season seven, whilst Alex Sims moves on to new Formula E challenge». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 19 de agosto de 2020 
  8. «Teams lining up for the 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship». Formula E. FIA. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  9. «Sérgio Sette Câmara will compete for DRAGON / PENSKE AUTOSPORT in Season 7 of the FIA Formula E World Championship». DRAGON / PENSKE AUTOSPORT. 20 de novembro de 2020 
  10. «DRAGON / PENSKE AUTOSPORT confirms Mueller for Season 7». fiaformulae.com (em inglês). 11 de dezembro de 2020. Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  11. «Sette Câmara assina com Dragon e faz primeira temporada completa na Fórmula E». grandepremio.com.br. Consultado em 20 de novembro de 2020 
  12. Smith, Sam (9 de novembro de 2020). «DS Techeetah to start Formula E title defence with old car». The Race. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  13. «Rome e Prix - Official Entry List» (PDF). FIA Formula E World Championship. 31 de março de 2021. Consultado em 8 de abril de 2021 
  14. «Silly season: How is the 2020/21 Formula E grid shaping up?». fiaformulae.com (em inglês). Consultado em 6 de novembro de 2020 
  15. «EQUIPES DISCUTEM PILOTO RESERVA EM MEIO À COVID-19. VEJA CONFIRMADOS». 23 de novembro de 2020. Consultado em 8 de abril de 2021. Cópia arquivada em 23 de novembro de 2020 
  16. Kalinauckas, Alex (14 de dezembro de 2018). «Formula E champion Jean-Eric Vergne's Techeetah contract extended». Autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 14 de julho de 2020 
  17. Smith, Topher. «Lotterer joins Jani at Porsche for season six». e-racing.net. Consultado em 14 de julho de 2020 
  18. «Virgin Racing team up with Audi Sport». Virgin. Consultado em 14 de setembro de 2019 
  19. «Honda se diz interessada na Fórmula E, mas foco está na F1». motorsport.uol.com.br. Consultado em 14 de setembro de 2019 
  20. a b «Envision Virgin Racing signs Nick Cassidy for season seven». 15 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  21. Bluhm, Tobias. «Jaguar Racing trennt sich von Panasonic». e-Formel.de. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  22. a b «JAGUAR RACING RENEW MULTI-YEAR PARTNERSHIP WITH GKN AUTOMOTIVE». Jaguar Racing. 15 de outubro de 2020. Consultado em 21 de outubro de 2020 
  23. a b «Sam Bird to join Panasonic Jaguar Racing for season seven following mutual decision to part ways with Envision Virgin Racing». fiaformulae.com. Consultado em 14 de julho de 2020 
  24. «Fenestraz joins Jaguar Formula E team as reserve driver». 24 de fevereiro de 2021. Consultado em 6 de março de 2021. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2021 
  25. Smith, Sam (23 de setembro de 2020). «BMW convert Sims tries Mahindra Formula E car for first time». The Race. Consultado em 6 de novembro de 2020 
  26. «Alexander Sims joins Mahindra Racing». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 6 de novembro de 2020 
  27. «Mahindra Racing M7Electro Formula E racer unveiled for 2021» (em inglês). 25 de novembro de 2020. Consultado em 8 de abril de 2021. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  28. Smith, Topher (25 de novembro de 2020). «Mahindra Racing completes driver line-up with Lynn signing». Downforce Radio. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  29. a b c Smith, Sam (29 de outubro de 2020). «Mercedes Launches its 2021 Formula E Package». the-race.com. Consultado em 29 de outubro de 2020 
  30. «Formula E podcast: Your guide to the 2021 season». The race. 22 de fevereiro de 2021. Consultado em 21 de março de 2021 
  31. Smith, Sam (29 de setembro de 2020). «Major technical restructuring at NIO333 for 2021». The Race. Consultado em 1 de outubro de 2020 
  32. a b Smith, Sam (24 de novembro de 2020). «Blomqvist secures fresh Formula E chance for 2021». The Race. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  33. a b «NIO 333 and Oliver Turvey eye progress with new powertrain after 'impressive' test». Fórmula E (em inglês). Consultado em 29 de outubro de 2020 
  34. «Carroll back in Formula E fold with NIO333 role». 11 de fevereiro de 2021. Consultado em 6 de março de 2021. Cópia arquivada em 17 de fevereiro de 2021 
  35. «NIO sign Ex-Andretti, Jaguar driver Blomqvist». Formula E Zone (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2020 
  36. Smith, Sam (5 de outubro de 2020). «Nissan to start Formula E season with old powertrain». The Race. Consultado em 7 de outubro de 2020 
  37. a b «Nissan e.dams confirms Sebastien Buemi and Oliver Rowland for 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship». FIA Formula E. FIA. Consultado em 14 de outubro de 2020 
  38. a b «Buemi, Rowland remain with Nissan for 2021 Formula E campaign». 14 de outubro de 2020. Consultado em 8 de abril de 2021. Cópia arquivada em 8 de abril de 2021 
  39. «Venturi sign new title sponsor ROKiT ahead of Saudi season opener». fiaformulae.com. 21 de novembro de 2019. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  40. Smith, Sam (3 de outubro de 2019). «Venturi Switches to Customer Status With Mercedes». e-racing365. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  41. Smith, Sam (5 de novembro de 2020). «Mercedes gives Venturi extra Formula E testing». The Race. Consultado em 6 de novembro de 2020 
  42. a b «Norman Nato joins Edo Mortara at ROKiT Venturi Racing for Season 7». Formula E. FIA. Consultado em 16 de outubro de 2020 
  43. «Jake Hughes lands Formula E reserve driver role at Venturi». 25 de fevereiro de 2021. Consultado em 6 de março de 2021. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2021 
  44. «TAG Heuer teams up with Porsche as Title and Timing Partner». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2019 
  45. a b «Final test for TAG Heuer Porsche Formula E Team ahead of season start in Chile». Porsche. 23 de novembro de 2020. Consultado em 26 de novembro de 2020 
  46. a b «Pascal Wehrlein joins Andre Lotterer at TAG Heuer Porsche Formula E Team for season seven» (em inglês). fiaformulae.com. Consultado em 14 de agosto de 2020 
  47. a b «Jani Replaces Christensen in Porsche WEC 2021 Entry». 12 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de abril de 2020. Cópia arquivada em 19 de janeiro de 2021 
  48. «FIA publishes provisional 2020/21 Formula E calendar». FIA Formula E. 19 de junho de 2020. Consultado em 27 de junho de 2020 
  49. «Statement: 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship calendar update». Formula E. FIA. Consultado em 21 de outubro de 2020 
  50. Smith, Sam. «Santiago Double-Header Among New Formula E Calendar Changes». The Race. The Race. Consultado em 21 de outubro de 2020 
  51. «Second set of 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship races announced». Formula E. 28 de janeiro de 2021. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  52. «Riade fecha acordo de dez anos para receber a Fórmula E». Motorsport.com. 17 de maio de 2018. Consultado em 14 de setembro de 2019 
  53. a b c d «Formula E and FIA reveal full calendar for 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 22 de abril de 2021 
  54. Smith, Topher (5 de março de 2019). «London Calling: British capital returns to calendar». Downforce Radio. Consultado em 27 de junho de 2020 
  55. «Paris agrees new three-year Formula E race deal». motorsport.com. Consultado em 14 de setembro de 2019 
  56. a b c d «Second set of 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship races announced». Formula E. Consultado em 28 de janeiro de 2021 
  57. «CALENDAR UPDATE: 2020/21 ABB FIA Formula E World Championship». 26 de março de 2021. Consultado em 27 de março de 2021. Cópia arquivada em 27 de março de 2021 
  58. «Formula E Announces First Night Race». Auto Action. 25 de novembro de 2020. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  59. «Monaco sets out plan for 2021 F1, Formula E races». www.motorsport.com. Consultado em 27 de junho de 2020 
  60. «Formula E season opener postponed amid UK COVID crisis». 22 de dezembro de 2020. Consultado em 23 de dezembro de 2020 
  61. «Fórmula E: último brasileiro campeão, Di Grassi prevê edição atípica». 2 de março de 2021. Consultado em 2 de março de 2021 
  62. «Driver Standings». 10 de abril de 2021. Consultado em 10 de abril de 2021 
  63. «Team Standings». 10 de abril de 2021. Consultado em 10 de abril de 2021 
  64. «TV Cultura transmite a Fórmula E 2021 a partir da próxima sexta (26)». TV Cultura. 20 de fevereiro de 2021. Consultado em 23 de fevereiro de 2021 
  65. «Sem Fórmula 1, SporTV anuncia acordo com "corrida do futuro"». NaTelinha. Consultado em 28 de fevereiro de 2021