Pierre Gasly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pierre Gasly
Pierre Gasly
Pierre Gasly em 2019 nos testes de Barcelona
Informações pessoais
Nome completo Pierre Jean-Jacques Gasly
Nacionalidade francês
Nascimento 7 de fevereiro de 1996 (28 anos)
Ruão, França
Altura 1,77[1] m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2017
Equipes 4 (Toro Rosso, Red Bull Racing, AlphaTauri e Alpine)
Número 10
GPs disputados 134
Títulos 0
Vitórias 1
Pódios 4
Pontos 394[2]
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 3
Primeiro GP GP da Malásia de 2017
Primeira vitória GP da Itália de 2020
Última vitória GP da Itália de 2020
Último GP GP do Japão de 2024

Pierre Jean-Jacques Gasly (Ruão, 7 de fevereiro de 1996) é um automobilista francês que atua na Fórmula 1 pela equipe Alpine.[3]

Ele disputou, e foi vice-campeão, da Fórmula Renault 3.5 Series em 2014, quando foi contratado pela equipe Arden no âmbito do programa Red Bull Junior Team. Gasly também venceu a temporada de 2016 da GP2 Series pilotando para a equipe da Prema Racing.[4] Sua primeira vitória na Fórmula 1 ocorreu no Grande Prêmio da Itália de 2020.[5]

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Gasly foi piloto de reserva da Red Bull Racing nas temporadas de Fórmula 1 de 2015[6] e 2017.[7][8]

Gasly em sua estreia na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Malásia de 2017 pela Toro Rosso.

Toro Rosso (2017–2018)[editar | editar código-fonte]

Gasly fez sua estreia na Fórmula 1 no Grande Prêmio da Malásia de 2017 com a equipe Toro Rosso, substituindo Daniil Kvyat.[9]

Em 2018 no Grande Prêmio do Barém, Gasly marcou seus primeiros 12 pontos da carreira na Fórmula 1, ao terminar no surpreendente quarto lugar e ainda foi o destaque da corrida.[10]

Red Bull (2019)[editar | editar código-fonte]

Em 20 de agosto de 2018, foi anunciado que Gasly irá se transferir para a Red Bull Racing para disputar a temporada de 2019, tornando-se companheiro de equipe de Max Verstappen,[11] após a saída de Daniel Ricciardo para a Renault F1 Team.[12]

Retorno a Toro Rosso (2019)[editar | editar código-fonte]

No entanto, em 12 de agosto de 2019, a Red Bull anunciou que Gasly seria devolvido para sua equipe B, a Toro Rosso, devido o piloto francês não ter conseguido ser competitivo na equipe principal, ele trocou de lugar com Alexander Albon após o Grande Prêmio da Hungria de 2019.[13]

Gasly conquistou seu primeiro pódio na Fórmula 1, em 17 de novembro de 2019, ao terminar o Grande Prêmio do Brasil no segundo lugar.[14]

AlphaTauri (2020–2022)[editar | editar código-fonte]

Em 12 de novembro de 2019, a Toro Rosso anunciou que Gasly permaneceria na equipe, que foi rebatizada para AlphaTauri, ao lado de Kvyat, para a disputa da temporada de 2020.[15]

Em 6 de setembro de 2020, Gasly fez história ao conquistar sua primeira vitória na categoria no Grande Prêmio da Itália, sendo esta também a primeira vitória da equipe AlphaTauri. Foi também a primeira vitória de um piloto francês na Fórmula 1, desde o triunfo de Olivier Panis no Grande Prêmio de Mônaco de 1996.[5][16]

Alpine (2023–)[editar | editar código-fonte]

Em 7 de outubro de 2022, sua partida para a Alpine foi oficializada com um contrato de vários anos.[17] Ele foi substituído no AlphaTauri pelo piloto reserva da Mercedes, Nyck de Vries.[18]

Registros na carreira[editar | editar código-fonte]

Resultados na Fórmula Renault 3.5 Series[editar | editar código-fonte]

(As corridas em negrito indicam pole position)

Temporada Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Pos. Pontos
2014 Arden International MNZ
1

3
MNZ
2

5
ALC
1

9
ALC
2

2
MON
1

7
SPA
1

2
SPA
2

4
MSC
1

18
MSC
2

2
NÜR
1

20
NÜR
2

8
HUN
1

2
HUN
2

3
LEC
1

2
LEC
2

2
JER
1

6
JER
2

4
192

Resultados na GP2 Series[editar | editar código-fonte]

(As corridas em negrito indicam pole position)

Temporada Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Pos. Pontos
2014 Caterham Racing BAR
FEA
BAR
SPR
CAT
FEA
CAT
SPR
MON
FEA
MON
SPR
RBR
FEA
RBR
SPR
SIL
FEA
SIL
SPR
HOC
FEA
HOC
SPR
HUN
FEA
HUN
SPR
SPA
FEA
SPA
SPR
MNZ
FEA

17
MNZ
SPR

Ret
SOC
FEA

11
SOC
SPR

11
YMC
FEA

21
YMC
SPR

18
29º 0
2015 DAMS BAR
FEA

Ret
BAR
SPR

22
CAT
FEA

7
CAT
SPR

3
MON
FEA

14
MON
SPR

10
RBR
FEA

13
RBR
SPR

6
SIL
FEA

4
SIL
SPR

3
HUN
FEA

2
HUN
SPR

8
SPA
FEA

19
SPA
SPR

Ret
MNZ
FEA

Ret
MNZ
SPR

12
SOC
FEA

2
SOC
SPR

5
BAR
FEA

6
BAR
SPR

7
YMC
FEA

5
YMC
SPR

C
110
2016 Prema Racing CAT
FEA

3
CAT
SPR

2
MON
FEA

15
MON
SPR

13
BAC
FEA

Ret
BAC
SPR

2
RBR
FEA

Ret
RBR
SPR

7
SIL
FEA

1
SIL
SPR

7
HUN
FEA

1
HUN
SPR

7
HOC
FEA

DSQ
HOC
SPR

6
SPA
FEA

1
SPA
SPR

4
MNZ
FEA

4
MNZ
SPR

2
SEP
FEA

11
SEP
SPR

3
YMC
FEA

1
YMC
SPR

9
219

O piloto não terminou a corrida, mas foi classificado como ele completou mais de 90% da distância da corrida

Resultados na Super Fórmula[editar | editar código-fonte]

(As corridas em negrito indicam pole position)

Temporada Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Pos. Pontos
2017 Team Mugen SUZ
10
OKA
19
OKA
7
FUJ
5
MOT
1
AUT
1
SUG
2
SUZ
C
SUZ
C
33

Resultados na Fórmula E[editar | editar código-fonte]

(legenda) (resultados em negrito indicam pole position; resultados em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Pos. Pontos
2016–17 Renault e.dams Spark-Renault Z.E 16 HKG MAR BUE MEX MON PAR BER BER NIO
7
NIO
4
MNT MNT 16º 18

Resultados na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

(legenda) (resultados em negrito indicam pole position; resultados em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 Class. Pontos
2017 Scuderia Toro Rosso Toro Rosso STR12 Toro Rosso 1.6 V6 t AUS CHN BAR RUS ESP MON CAN AZE AUT GBR HUN BEL ITA SIN
MAL
14
JAP
13
EUA
MEX
13
BRA
12
ABU
16
21.º 0
2018 Red Bull Toro Rosso Honda Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1.6 V6 t AUS
Ret
BAR
4
CHN
18
AZE
12
ESP
Ret
MON
7
CAN
11
FRA
Ret
AUT
11
GBR
13
ALE
14
HUN
6
BEL
9
ITA
14
SIN
13
RUS
Ret
JAP
11
EUA
12
MEX
10
BRA
13
ABU
Ret
15.º 29
2019 Aston Martin Red Bull Racing Red Bull Racing RB15 Honda RA619H 1.6 V6 t AUS
11
BAR
8
CHN
6
AZE
Ret
ESP
6
MON
5
CAN
8
FRA
10
AUT
7
GBR
4
ALE
14
HUN
6
7.º 95
Red Bull Toro Rosso Honda Scuderia Toro Rosso STR14 BEL
9
ITA
11
SIN
8
RUS
14
JAP
7
MEX
9
EUA
16
BRA
2
ABU
18
2020 Scuderia AlphaTauri Honda AlphaTauri AT01 Honda RA620H 1.6 V6 t AUT
7
EST
15
HUN
Ret
GBR
7
70
11
ESP
9
BEL
8
ITA
1
TOS
Ret
RUS
9
EIF
6
POR
5
EMI
Ret
TUR
13
BAR
6
SKR
11
ABU
8
10.º 75
2021 Scuderia AlphaTauri Honda AlphaTauri AT02 Honda RA621H 1.6 V6 t BAR
17†
EMI
7
POR
10
ESP
10
MON
6
AZE
3
FRA
7
EST
Ret
AUT
9
GBR
11
HUN
5
BEL
6
PBS
4
ITA
Ret
RUS
13
TUR
6
EUA
Ret
CMX
4
SAO
7
CAT
11
ARA
6
ABU
5
9.º 110
2022 Scuderia AlphaTauri AlphaTauri AT03 Red Bull RBPTH001 1.6 V6 t BAR
Ret
ARA
8
AUS
9
EMI
12
MIA
Ret
ESP
13
MON
11
AZE
5
CAN
14
GBR
Ret
AUT
15
FRA
12
HUN
12
BEL
9
PBS
11
ITA
8
SIN
10
JAP
18
EUA
13
CMX
11
SAO
14
ABU
14
14.º 23
2023 Alpine F1 Team Alpine A523 Renault E-Tech RE23 BHR
9
SAU
9
AUS
13†
AZE
14
MIA
8
MON
7
ESP
10
CAN
12
AUT
10
GBR
Ret
HUN
Ret
BEL
113
NED
3
ITA
15
SIN
6
JPN
10
QAT
12
USA
67
MXC
11
SAP
7
LAS
11
ABU
13
11º* 62
2024* Alpine F1 Team Alpine A524 Renault E-Tech RE24 BHR
18
SAU
Ret
AUS
13
JPN
16
CHN
MIA
EMI
MON
CAN
ESP
AUT
GBR
HUN
BEL
NED
ITA
AZE
SIN
USA
MXC
SAP
LAS
QAT
ABU
19º* 0
Notas

* Temporada ainda em andamento.
† – O piloto não terminou a prova, mas foi classificado por ter completado 90% da corrida.

Referências

  1. «Conheça a altura, peso e idade dos pilotos da F1 2024». motorsport.uol.com.br. 7 de janeiro de 2024. Consultado em 8 de janeiro de 2024 
  2. «Pierre Gasly stats f1». statsf1 
  3. «F1: AlphaTauri confirma Gasly para temporada 2021; segunda vaga segue em aberto». motorsport.uol.com.br. 28 de outubro de 2020. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  4. «Red Bull Junior Team announcement 2017». Red Bull Junior Team. Consultado em 10 de março de 2017 
  5. a b «Gasly segura Sainz e vence GP da Itália maluco; Hamilton é punido». motorsport.uol.com.br. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  6. «Pierre Gasly named official Red Bull reserve driver». espn.co.uk. ESPN. Consultado em 10 de março de 2017 
  7. «ABOUT PIERRE». Red Bull Racing. Consultado em 10 de março de 2017. Arquivado do original em 21 de fevereiro de 2017 
  8. «Gasly será piloto reserva de Red Bull» (em espanhol). Velocidad Total. 25 de janeiro de 2016. Consultado em 3 de março de 2017 
  9. «Toro Rosso confirms Gasly for next races». Motorsport.com (em inglês). 26 de setembro de 2017. Consultado em 17 de janeiro de 2018 
  10. «Destaque no GP do Bahrein, Gasly comemora inesperado 4º lugar: 'Inacreditável'». Estadão. 9 de Abril de 2018. Consultado em 9 de Abril de 2018 
  11. «Gasly to partner Verstappen at Red Bull in 2019». www.formula1.com. 20 de agosto de 2018. Consultado em 21 de agosto de 2018 
  12. «Daniel Ricciardo joins Renault Sport Formula One Team from 2019». renaultsport.com. Consultado em 21 de agosto de 2018 
  13. «Red Bull rebaixa Gasly para Toro Rosso e promove Albon com efeito imediato». Grande Prêmio. 12 de agosto de 2019 
  14. «GP do Brasil: Verstappen vence prova com batida entre Ferraris; Hamilton é punido e cai para 7º». Globoesporte.com. 17 de novembro de 2019. Consultado em 17 de novembro de 2019 
  15. «DRIVER MARKET: Toro Rosso to stick with Kvyat and Gasly in 2020 driver line-up». formula1.com. 12 de novembro de 2019. Consultado em 19 de novembro de 2019 
  16. «GP da Itália: Gasly vence corrida maluca em Monza com acidente de Leclerc e punição a Hamilton». ge. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  17. «Gasly to race for Alpine alongside Ocon in 2023». Formula1.com. 8 de outubro de 2022. Consultado em 8 de outubro de 2022 
  18. «AlphaTauri announce Nyck de Vries for 2023 alongside Tsunoda». Formula1.com. 8 de outubro de 2022. Consultado em 8 de outubro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Pierre Gasly:
Commons Categoria no Commons
Wikidata Base de dados no Wikidata