Rob White

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Robert "Rob" White (Camblesforth, 15 de julho de 1965) é um engenheiro britânico de Fórmula 1. Ele é o atual diretor de operações da equipe Renault de Fórmula 1.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Após deixar a escola, White foi trabalhar para a Jaguar Cars, que concordou em patrociná-lo para fazer um curso de engenharia mecânica na Universidade de Southampton. Ele se graduou com um diploma de bacharel em 1987.[3] Ao se formar, White respondeu a um anúncio da Cosworth Racing Limited e foi contratado como engenheiro de desenvolvimento para seu projeto para a IndyCar, trabalhando com o engenheiro chefe Steve Miller.[4]

Em 1990, White foi promovido à posição de engenheiro sênior de desenvolvimento. Em 1993 mudou-se para a Califórnia como gerente de apoio de pista para a Cosworth nos Estados Unidos. Em 1997, Ele retornou à Inglaterra e trabalhou como engenheiro chefe das operações da Cosworth na Fórmula 1.[5] Em 2003, três anos antes da Ford sair da Fórmula 1 e um ano antes da Cosworth ser vendida para Kevin Kalkhoven, White deixou a Cosworth. No ano seguinte, ele se mudou para a equipe Renault F1 Team para atuar como diretor técnico de motor[6] ao lado de Bob Bell (diretor técnico de chassis).

Em abril de 2005, White foi promovido a vice-diretor administrativo das operações de motores da Renault F1 Team, após a saída de Bernard Dudot. Isso significava mudar para o departamento de motores da Renault localizado em Viry-Châtillon, França. No momento da sua nomeação, ele não falava francês, apesar de ser obrigado a liderar uma força de trabalho predominantemente francesa.[7] Ele também manteve seu cargo como diretor técnico.[8]

Após a Renault deixar a Fórmula 1 como construtor, ele continuou trabalhando na fábrica de motores para a Fórmula 1 em Viry, agora chamada Renault Sport F1.[9] White permaneceu nesse cargo até dezembro de 2016, quando a equipe francesa, já de volta na Fórmula 1, nomeou-o como seu novo diretor de operações.[10][11][12]

Referências

  1. «Renault contrata ex-diretor da McLaren e nomeia novo diretor de operações». Portal Race. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de março de 2017 
  2. «Renault names Ciaron Pilbeam chief race engineer» (em inglês). ESPN. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de março de 2017 
  3. Haney, Paul (1995). «Interview with Rob White» (em inglês). Inside Racing Technology. Consultado em 6 de março de 2017 
  4. «An interview with Rob White». Unofficial Renault Rockets (em inglês). Durham Associates Group. 10 de agosto de 2007 
  5. «Renault go for Mr White». GrandPrix.com (em inglês). Inside F1, Inc. 6 de janeiro de 2004 
  6. «People: Rob White». GrandPrix.com. Inside F1, Inc. 
  7. «A short cut for Renault». GrandPrix.com (em inglês). Inside F1, Inc. 6 de janeiro de 2004 
  8. «Promotion for White at Renault». Formula1.com (em inglês). Formula One Administration Ltd. 16 de março de 2005 
  9. «Rob White - Toutes les activités de Renault en F1 - RENAULT SPORT» (em francês). Renaultsportf1.com. Consultado em 6 de março de 2017 
  10. «Williams cogita volta de Massa, corrida pela vaga na Mercedes, Renault contrata ex-Mclaren, o campeão mais jovem da Stock e mais!». FlatOut!. 16 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de março de 2017 
  11. «Williams cogita volta de Massa, corrida pela vaga na Mercedes, Renault contrata ex-Mclaren, o campeão mais jovem da Stock e mais!». FlatOut!. 16 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de março de 2017 
  12. «McLaren chief race engineer set for Enstone return» (em inglês). F1i.com. 15 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]