Kevin Magnussen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Kevin Magnussen
Kevin Magnussen em 2016
Informações pessoais
Nome completo Kevin Jan Magnussen
Nacionalidade dinamarquês
Nascimento 5 de outubro de 1992 (25 anos)
Roskilde, Dinamarca
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2014
Equipes McLaren, Renault e Haas
GPs disputados 67
Pódios 1
Pontos 100[1]
Primeiro GP GP da Austrália de 2014
Último GP GP do Canadá de 2018

Kevin Jan Magnussen (Roskilde, 5 de outubro de 1992) é um automobilista dinamarquês que atualmente participa da Fórmula 1 pela equipe Haas.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Kevin começou a correr no kart, seguindo para a Fórmula Ford, de seu país, se sagrando campeão. Na Fórmula Renault, formou dupla com o português António Félix da Costa na equipe Motopark Academy, e ambos brigaram ferozmente pelo título.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Mclaren (2014-2015)[editar | editar código-fonte]

Magnussen durante o GP de Mônaco de 2014.

Fez parte do Programa de Jovens Pilotos da McLaren e em 2014 foi contratado pela equipe para ser piloto titular, como companheiro do campeão Jenson Button.

Na abertura da temporada, no Grande Prêmio da Austrália, conquistou seus primeiros pontos e primeiro pódio na carreira ao chegar na segunda colocação, com a desclassificação do piloto que havia originalmente concluído nesta posição, Daniel Ricciardo da Red Bull.[2][3]

Após o fim da temporada, em 11 de dezembro, Kevin tornou-se piloto reserva e de testes da equipe, pela contratação de Fernando Alonso e renovação com Jenson Button, confirmando esses como pilotos titulares[4]

Substituiu Fernando Alonso, em recuperação do acidente que sofreu na pré-temporada, no Grande Prêmio da Austrália de 2015, no restante da temporada correu como piloto reserva da equipe Inglesa.[5]

No dia 14 de Outubro, Magnussen foi demitido da McLaren, onde foi reserva durante toda a temporada de 2015.[6]

Renault (2016)[editar | editar código-fonte]

Magnussen durante o GP da Malásia de 2016.

Em 2016 será piloto da equipe Renault substituindo Pastor Maldonado que por problemas com seu patrocinador perdeu sua vaga na equipe que adquiriu a Lotus F1. [7]

No Grande Prêmio da Bélgica, Magnussen perdeu o controle da Renault na 6º volta na subida da Eau Rouge e bateu violentamente na barreira de proteção de localizada na saída da curva. O safety car foi acionado, mas os fiscais tiveram dificuldades para reconstruir a proteção de pneus, a bandeira vermelha precisou ser acionada e a corrida ficou paralisada por 20 minutos. O piloto não sofreu ferimentos graves, apenas um corte no tornozelo, e saiu mancando do carro. Ele foi para um hospital próximo ao autódromo para exames. O acidente de Magnussen, aliás, causou grande apreensão.[8]

Haas (2017)[editar | editar código-fonte]

Em 11 de novembro de 2016, a equipe norte-americana, Haas anunciou que Magnussen será o companheiro de equipe de Romain Grosjean em 2017, substituindo o mexicano, Esteban Gutiérrez. Assim, vai para a sua terceira temporada como titular na F1 em quatro anos por três equipes diferentes.[9]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É filho do também piloto Jan Magnussen.

Resumo da Carreira[editar | editar código-fonte]

Temporada Categoria Equipe Corridas Vitórias Poles F/Laps Pódios Pontos Classificação
2008 Fórmula Ford Dinamarca Fukamuni Racing 15 11 6 10 12 267
Fórmula Ford Duratec Benelux 2 0 0 0 0 19 19º
Fórmula Ford Festival – Duratec class 1 0 0 0 0 N/A
Fórmula Ford NEZ 1 1 1 1 1 27
ADAC Formel Masters Van Amersfoort Racing 4 0 0 1 2 30 12º
Portugal Winter Series FR2.0 Motopark Academy 2 0 0 0 1 12 10º
2009 Fórmula Renault 2.0 NEC Motopark Academy 14 1 2 4 12 278
Eurocup Formula Renault 2.0 14 0 0 1 1 50
Copa Renault Clio Dinamarca ? 2 0 0 0 1 18 12º
2010 Fórmula 3 Alemã Motopark Academy 18 3 0 0 8 96
Fórmula 3 Euro Series 2 1 0 0 1 8 12º
2011 Fórmula 3 Inglesa Carlin 29 7 6 9 9 237
Masters of Formula 3 1 0 0 0 0 N/A 14º
Grande Prêmio de Macau 1 0 0 0 0 N/A 19º
2012 Formula Renault 3.5 Series Carlin 17 1 3 0 3 106

Resultados nas corridas da F1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Ano Equipe Carro Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Classificação Pontos
2014 McLaren-Mercedes McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid AUS
2
MAL
9
BHR
Ret
CHN
13
ESP
12
MON
10
CAN
9
AUT
7
GBR
7
ALE
9
HUN
12
BEL
12
ITA
10
SIN
10
JAP
14
RUS
5
EUA
8
BRA
9
EAU
11
11º 55
2015 McLaren-Honda McLaren MP4-30 Honda RA615H Hybrid 1.6 L AUS
NL
MAL
NP
CHN
NP
BHR
NP
ESP
NP
MON
NP
CAN
NP
AUT
NP
GBR
NP
HUN
NP
BEL
NP
ITA
NP
SIN
NP
JAP
NP
RUS
NP
EUA
NP
MEX
NP
BRA
NP
EAU
NP
22º 0
2016 Renault Sport F1 Team R.S.16 Renault R.E.16 1.6 V6 t AUS
12
BHR
11
CHN
17
RUS
7
ESP
15
MON
Ret
CAN
16
EUR
14
AUT
14
GBR
17†
HUN
15
ALE
16
BEL
Ret
ITA
17
SIN
10
MAL
Ret
JAP
14
EUA
12
MEX
17
BRA
14
EAU
Ret
16º 7
2017 Haas F1 Team Haas VF-17 Ferrari 062 1.6 V6 AUS
Ret
CHN
8
BHR
Ret
RUS
13
ESP
14
MON
10
CAN
12
AZE
7
AUT
Ret
GBR
12
HUN
13
BEL
15
ITA
11
SIN
Ret
MAL
12
JAP
8
EUA
16
MEX
8
BRA
Ret
EAU
13
14º 19
2018* Haas F1 Team Haas VF-18 Ferrari 063 1.6 V6 AUS
Ret
BHR
5
CHN
10
AZE
13
ESP
6
MON
13
CAN
13
FRA
AUT
GBR
ALE
HUN
BEL
ITA
SIN
RUS
JAP
EUA
MEX
BRA
EAU
10º 19

* Temporada ainda em andamento.
† Pilotos que não terminaram o Grande Prêmio mas foram classificados pois completaram 90% da corrida.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]