Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2018

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio dos Estados Unidos de F-1 2018
Austin circuit.svg
Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2018.
Detalhes da corrida
Data 21 de outubro de 2018
Nome oficial 2018 Formula 1 Pirelli United States Grand Prix
Local Circuito das Américas, Austin, Estados Unidos
Total 56 voltas / 308.405 km
Pole
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Tempo 1:32.237
Volta mais rápida
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Tempo 1:37.392 (na volta 40)
Pódio
Primeiro
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Segundo
Países Baixos Max Verstappen Red Bull Racing-TAG Heuer
Terceiro
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes

Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2018 (formalmente denominado 2018 Formula 1 Pirelli United States Grand Prix) é a décima oitava etapa da temporada de 2018 da Fórmula 1. Foi disputada em 21 de outubro de 2018 no Circuito das Américas, Austin, Estados Unidos.[1]

Relatório[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Q1

O Q1 começou como acabou o terceiro treino livre, dominado pela Ferrari. Vettel estabeleceu a melhor volta com 1m34s569, seguido de Raikkonen com 1m34s703. Entretanto, não demorou muito para a Mercedes mostrar o habitual ótimo desempenho. Primeiro Bottas superou Vettel, marcando 1m34s518, para depois Hamilton tomar a ponta do finlandês: 1m34s130.

Destaque negativo para Max Verstappen, que teve um problema na suspensão traseira direita, sendo obrigado a voltar aos boxes. A quebra ocorreu por conta de uma "lombada" na curva 15, por onde o holandês passou com a RBR.

Eliminados: Fernando Alonso (McLaren), Sergey Sirotkin (Williams), Lance Stroll (Williams), Marcus Ericsson (Sauber) e Stoffel Vandoorne (McLaren).

Q2

A segunda parte do treino classificatório iniciou com o duelo entre Ferrari e Mercedes. Desta vez, porém, melhor para o time de Maranello, que fez dobradinha nos dois primeiros lugares. Raikkonen foi o mais rápido com 1m32s884, enquanto Vettel fez 1m33s079. Hamilton em terceiro (1m33s480) e Bottas em quarto (1m33s702) foram seguidos da RBR de Daniel Ricciardo (1m34s185).

Mais atrás, Carlos Sainz reclamou que teria sido bloqueado por Kevin Magnussen em sua volta rápida. Ambos ficaram fora do Q3.

Eliminados: Carlos Sainz Jr. (Renault), Kevin Magnussen (Haas), Pierre Gasly (Toro Rosso), Brendon Hartley (Toro Rosso) e Max Verstappen (Red Bull).

Q3

Hora da decisão, Bottas foi o primeiro a marcar tempo: 1m32s686. Segundos depois, o finlandês foi superado por Hamilton, 0s119 mais rápido que o companheiro de equipe. Vettel, então, veio para a primeira tentativa e fechou os primeiros cinco minutos do treino na segunda colocação. Após uma parada nos boxes, todos voltaram para a pista e o inglês da Mercedes tratou de confirmar o favoritismo, recebendo a quadriculada com 1m32s237, o novo recorde não oficial da pista.

Grid de Largada

Corrida[editar | editar código-fonte]

Resultado da corrida

Pneus[editar | editar código-fonte]

Os compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para este Grande Prêmio[2]
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de Tempo Dry Type Aderência Longevidade
Ultra Macio F1 tire Pirelli PZero Purple.svg Slick
(P Zero)
Seco Ultrasoft Mais aderência Menos durável
Super Macio F1 tire Pirelli PZero Red.svg Slick
(P Zero)
Seco Supersoft Mais aderência Menos durável
Macio F1 tire Pirelli PZero Yellow.svg Slick
(P Zero)
Seco Soft Médio Médio
Intermediário F1 tire Pirelli Cinturato Green.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Intermediate
(água não estagnante)
Chuva F1 tire Pirelli Cinturato Blue.svg Sulcos
(Cinturato)
Molhado Wet
(água estagnante)

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 44 Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes 1:34.130 1:33.480 1:32.237 1
2 5 Alemanha Sebastian Vettel Itália Ferrari 1:34.569 1:33.079 1:32.298 51
3 7 Finlândia Kimi Räikkönen Itália Ferrari 1:34.703 1:32.884 1:32.307 2
4 77 Finlândia Valtteri Bottas Alemanha Mercedes 1:34.518 1:33.702 1:32.616 3
5 3 Austrália Daniel Ricciardo Áustria Red Bull Racing-TAG Heuer 1:34.755 1:34.185 1:33.494 4
6 31 França Esteban Ocon Reino Unido Racing Point-Mercedes 1:34.876 1:34.522 1:34.145 6
7 27 Alemanha Nico Hülkenberg França Renault 1:34.932 1:34.564 1:34.215 7
8 8 França Romain Grosjean Estados Unidos Haas-Ferrari 1:34.892 1:34.419 1:34.250 8
9 16 Mónaco Charles Leclerc Suíça Sauber-Ferrari 1:35.069 1:34.255 1:34.420 9
10 11 México Sergio Pérez Reino Unido Racing Point-Mercedes 1:35.193 1:34.525 1:34.594 10
11 55 Espanha Carlos Sainz Jr. França Renault 1:34.891 1:34.566 11
12 20 Dinamarca Kevin Magnussen Estados Unidos Haas-Ferrari 1:34.972 1:34.732 12
13 10 França Pierre Gasly Itália Scuderia Toro Rosso-Honda 1:34.850 S/Tempo 192
14 28 Nova Zelândia Brendon Hartley Itália Scuderia Toro Rosso-Honda 1:35.206 S/Tempo 203
15 33 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-TAG Heuer 1:34.766 S/Tempo 184
16 14 Espanha Fernando Alonso Reino Unido McLaren-Renault 1:35.294 13
17 35 Rússia Sergey Sirotkin Reino Unido Williams-Mercedes 1:35.362 14
18 18 Canadá Lance Stroll Reino Unido Williams-Mercedes 1:35.480 15
19 9 Suécia Marcus Ericsson Suíça Sauber-Ferrari 1:35.536 16
20 2 Bélgica Stoffel Vandoorne Reino Unido McLaren-Renault 1:35.735 17
Tempo dos 107%: 1:40.719
Fonte:[3]
Notas
  • ↑1  – Sebastian Vettel received a three-place grid penalty for failing to slow sufficiently during a red flag period in Free Practice 1.
  • ↑2  – Pierre Gasly received a 35-place grid penalty for exceeding his quota of power unit elements.
  • ↑3  – Brendon Hartley received a 40-place grid penalty: 35 places for exceeding his quota of power unit elements and 5 places for an unscheduled gearbox change.
  • ↑4  – Max Verstappen received a five-place grid penalty for an unscheduled gearbox change.

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 7 Finlândia Kimi Räikkönen Itália Ferrari 56 1:34:18.643 2 25
2 33 Países Baixos Max Verstappen Áustria Red Bull Racing-TAG Heuer 56 +1.281 18 18
3 44 Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes 56 +2.342 1 15
4 5 Alemanha Sebastian Vettel Itália Ferrari 56 +18.222 5 12
5 77 Finlândia Valtteri Bottas Alemanha Mercedes 56 +24.744 3 10
6 27 Alemanha Nico Hülkenberg França Renault 56 +1:27.210 7 8
7 55 Espanha Carlos Sainz Jr. França Renault 56 +1:34.994 11 6
8 11 México Sergio Pérez Reino Unido Racing Point-Mercedes 56 +1:41.080 10 4
9 28 Nova Zelândia Brendon Hartley Itália Scuderia Toro Rosso-Honda 55 +1 volta 20 2
10 9 Suécia Marcus Ericsson Suíça Sauber-Ferrari 55 +1 volta 16 1
11 2 Bélgica Stoffel Vandoorne Reino Unido McLaren-Renault 55 +1 volta 17
12 10 França Pierre Gasly Itália Scuderia Toro Rosso-Honda 55 +1 volta 19
13 35 Rússia Sergey Sirotkin Reino Unido Williams-Mercedes 55 +1 volta 14
14 18 Canadá Lance Stroll Reino Unido Williams-Mercedes 54 +2 voltas 15
Ret 16 Mónaco Charles Leclerc Suíça Sauber-Ferrari 31 Danos da colisão 9
Ret 3 Austrália Daniel Ricciardo Áustria Red Bull Racing-TAG Heuer 8 Bateria 4
Ret 8 França Romain Grosjean Estados Unidos Haas-Ferrari 2 Colisão 8
Ret 14 Espanha Fernando Alonso Reino Unido McLaren-Renault 1 Colisão 13
DSQ 31 França Esteban Ocon Reino Unido Racing Point-Mercedes 56 Combustível 1 6
DSQ 20 Dinamarca Kevin Magnussen Estados Unidos Haas-Ferrari 56 Combustível 2 12
Source:[4]
Notas
  • ↑1  – Esteban Ocon originally finished eighth, but was disqualified for exceeding fuel flow limits on lap 1.
  • ↑2  – Kevin Magnussen originally finished ninth, but was disqualified for consuming more than 105 kg of fuel during the race.

Voltas na Liderança[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Nº de Voltas Piloto Voltas
39 Finlândia Kimi Räikkönen (1-10), (12-21) e (38-56)
17 Reino Unido Lewis Hamilton (11) e (22-37)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Kimi Räikkönen quebra o o recorde do maior intervalo entre as vitórias de Grandes Prêmio: 115 corridas (2013 a 2018). O recorede era de Riccardo Patrese (1983 à 1990) de 99 corridas.
  • Räikkönen também quebrou o recorde de maior diferença entre a primeira e a última vitórias na carreira. Havia 15 anos e 212 dias desde a primeira vitória no Grande Prêmio da Malásia em 2003, o recorde pertencia a Michael Schumacher já havia detido o recorde, tendo ficado 14 anos entre a primeira e a última vitórias.
  • Primeira vitória de Kimi Räikkönen pela Ferrari desde o seu retorno à equipe em 2014. A última vez que o finlandês venceu uma corrida correndo pela equipe de Maranello, foi na Bélgica em 2009 (ainda durante sua primeira passagem pela equipe que ocorreu de 2007 à 2009).
  • Räikkönen se torna o piloto mais velho a vencer uma corrida desde Nigel Mansell em 1994.
  • Com a 21ª vitória, Kimi Räikkönen supera o número de vitórias de seu compatriota, Mika Häkkinen (20) e se tornar o finlandês que venceu mais na categoria.
  • 50ª vitória finlandesa na Fórmula 1.


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

2018 DHL Fastest Pit Stop Award[editar | editar código-fonte]

Out of date clock icon.svg
Esta seção pode conter informações desatualizadas em seu conteúdo. Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes fiáveis e independentes.

Resultado[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Tempo Pontos
1 Flag of None.svg 25
2 Flag of None.svg 18
3 Flag of None.svg 15
4 Flag of None.svg 12
5 Flag of None.svg 10
6 Flag of None.svg 8
7 Flag of None.svg 6
8 Flag of None.svg 4
9 Flag of None.svg 2
10 Flag of None.svg 1
Fonte: [5]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Somente as cinco primeiras posições estão incluídas nas tabelas.

Referências

  1. «2018 Formula 1 United States Grand Prix» (em inglês). Formula 1.com 
  2. «Pirelli announces compound choices and mandatory sets for the 2018 United States Grand Prix» (em inglês). news.pirelli.com 
  3. «Formula 1 Pirelli 2018 United States Grand Prix – Qualifying». Formula1.com. Formula One World Championship Limited. 20 de outubro de 2018. Consultado em 20 de outubro de 2018 
  4. «Formula 1 Pirelli 2018 United States Grand Prix – Race Result». Formula1.com. Formula One World Championship Limited. 21 de outubro de 2018. Consultado em 21 de outubro de 2018 
  5. «2018 DHL Fastest Pit Stop Award» (em inglês). Formula1.com 
Prova Anterior:
GP do Japão de 2018
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2018
Próxima Prova:
GP do México de 2018

Prova Anterior:
GP dos Estados Unidos de 2017
Grande Prêmio dos Estados Unidos Próxima Prova:
GP dos Estados Unidos de 2019