Temporada de Fórmula 1 de 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Evento (d)esportivo atual
Este artigo ou seção é sobre um evento (d)esportivo atual.
A informação apresentada poderá mudar rapidamente. Editado pela última vez em 15 de abril de 2014.

A Temporada de Fórmula 1 de 2014 é a 65ª temporada Fórmula 1 FIA. A temporada terá 19 etapas.

Equipes e Pilotos[editar | editar código-fonte]

Equipe Construtor Chassis Motor Pneu Pilotos
Áustria Infiniti Red Bull Racing Red BullRenault RB10[1] Renault Energy F1-2014[2] [3] P 1 Alemanha Sebastian Vettel[4]
3 Austrália Daniel Ricciardo[5]
Alemanha Mercedes AMG Petronas F1 Team Mercedes F1 W05 Mercedes PU106A Hybrid P 6 Alemanha Nico Rosberg[6]
44 Reino Unido Lewis Hamilton[7]
Itália Scuderia Ferrari Ferrari F14 T Ferrari 059/3[8] P 14 Espanha Fernando Alonso[9]
7 Finlândia Kimi Räikkönen[10]
Reino Unido Lotus F1 Team Lotus-Renault E22 Renault Energy F1-2014 P 8 França Romain Grosjean[11]
13 Venezuela Pastor Maldonado[11]
Reino Unido McLaren Mercedes[12] McLarenMercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid[13] P 22 Reino Unido Jenson Button[14]
20 Dinamarca Kevin Magnussen[15]
Índia Sahara Force India F1 Team Force IndiaMercedes VJM07 Mercedes PU106A Hybrid[16] P 27 Alemanha Nico Hülkenberg[17]
11 México Sergio Pérez[18]
Suíça Sauber F1 Team SauberFerrari C33[19] Ferrari 059/3[8] [20] P 99 Alemanha Adrian Sutil[21]
21 México Esteban Gutiérrez
Itália Scuderia Toro Rosso Toro RossoRenault STR9 Renault Energy F1-2014[2] [3] P 25 França Jean-Éric Vergne[22]
26 Rússia Daniil Kvyat[22]
Reino Unido Williams Martini Racing WilliamsMercedes FW36 Mercedes PU106A Hybrid[23] P 19 Brasil Felipe Massa[24]
77 Finlândia Valtteri Bottas[24]
Rússia Marussia F1 Team MarussiaFerrari MR03 Ferrari 059/3[8] [25] P 17 França Jules Bianchi[26]
4 Reino Unido Max Chilton
Malásia Caterham F1 Team CaterhamRenault CT-05 Renault Energy F1-2014[27] [2] P 9 Suécia Marcus Ericsson[28]
10 Japão Kamui Kobayashi[28]

Mudanças no regulamento[editar | editar código-fonte]

Uma das mudanças no regulamento é a adoção de novos motores turbocomprimidos V6 de 1600 cilindradas.[29]

Por questão de segurança, a Comissão da Fórmula 1 concordou com uma alteração nos regulamentos desportivos de 2013, permitindo que o fornecedor de pneus realize uma sessão de três dias de testes no Bahrain, entre 17 e 19 de dezembro de 2013. Todas as equipes de categoria foram convidadas a participar do teste e seis aceitaram: RBR, Mercedes, Ferrari, McLaren, Force India e STR.[29]

Cada piloto poderá escolher seu número, que pode variar entre 2 e 99, para servir como sua identificação ao logo de sua carreira no Campeonato. O número 1 será reservado para o campeão mundial em exercício, que poderá usá-lo se assim desejar. Se mais de um piloto escolher o mesmo número, a prioridade será dada ao competidor que tenha alcançado a melhor posição no Mundial do ano anterior.[29]

Foi acordada entre os times uma penalização de cinco segundos para as infrações menores. A forma pela qual estas sanções serão aplicadas ainda está em discussão, para que estas sejam introduzidas junto ao novo regulamento para a temporada 2014.

Com o intuito de manter a disputa pelo título aberta até a última prova, a corrida final da temporada dará o dobro de pontos aos pilotos e construtores.[29]

Calendário de lançamento dos carros[editar | editar código-fonte]

Lista das equipes que já confirmaram o lançamento de seus carros para a Temporada:

Equipe Data Local
Reino Unido McLaren 24 de Janeiro Online
Itália Ferrari 25 de Janeiro Online
Suíça Sauber 26 de Janeiro Online
Itália Scuderia Toro Rosso 27 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Alemanha Mercedes 28 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Malásia Caterham 28 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Reino Unido Williams 28 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Áustria Red Bull Racing 28 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Índia Force India 28 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Rússia Marussia 30 de Janeiro Jerez de la Frontera, Espanha
Reino Unido Lotus 19 de Fevereiro Circuito Internacional de Bahrein, Bahrein

Testes de pré-temporada[editar | editar código-fonte]

As sessões de teste foram confirmadas para Jerez (28-31 de janeiro) e Circuito Internacional de Bahrein, Sakhir (19-22 de fevereiro) e (27 de fevereiro a 2 de março).

(Em negrito, a volta mais rapida de cada sessão)

Sessão Data Local Circuito Piloto mais rápido Equipe Melhor tempo Voltas
1 28 de janeiro Espanha Jerez de la Frontera, Espanha Jerez Finlândia Kimi Räikkönen Itália Ferrari 1:27.104 31
29 de janeiro Reino Unido Jenson Button Reino Unido McLaren 1:24.165 43
30 de janeiro Dinamarca Kevin Magnussen Reino Unido McLaren 1:23.276 52
31 de janeiro Brasil Felipe Massa Reino Unido Williams 1:28.521 86
2 19 de fevereiro Bahrein Sakhir, Bahrein Circuito Internacional de Bahrein Alemanha Nico Hulkenberg Índia Force India 1:36.880 78
20 de fevereiro Dinamarca Kevin Magnussen Reino Unido McLaren 1:34.910 46
21 de fevereiro Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes 1:34.263 67
22 de fevereiro Alemanha Nico Rosberg Alemanha Mercedes 1:33.283 89
3 27 de fevereiro Bahrein Sakhir, Bahrein Circuito Internacional de Bahrein México Sergio Pérez Índia Force India 1:35.290 105
28 de fevereiro México Sergio Pérez Índia Force India 1:35.570 108
1 de março Brasil Felipe Massa Reino Unido Williams 1.33.258 99
2 de março Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes 1:33.278 67

Calendário[editar | editar código-fonte]

Rodada Grande Prêmio Circuito e Cidade Data
1 Grande Prêmio Rolex da Austrália Austrália Albert Park, Melbourne 16 de Março
2 Grande Prêmio Petronas da Malásia Malásia Circuito Internacional de Sepang, Kuala Lumpur 30 de Março
3 Grande Prêmio Gulf Air do Bahrein Bahrein Circuito Internacional de Bahrein, Sakhir 6 de Abril
4 Grande Prêmio UBS da China República Popular da China Circuito Internacional de Xangai, Xangai 20 de Abril
5 Grande Prêmio Pirelli da Espanha Espanha Circuito da Catalunha, Barcelona 11 de Maio
6 Grande Prêmio de Mônaco Mónaco Circuito de Monte Carlo, Monte Carlo 25 de Maio
7 Grande Prêmio do Canadá Canadá Circuito Gilles Villeneuve, Montreal 8 de Junho
8 Grande Prêmio da Áustria Áustria Red Bull Ring, Spielberg 22 de Junho
9 Grande Prêmio Santander da Grã-Bretanha Reino Unido Circuito de Silverstone, Silverstone 6 de Julho
10 Grande Prêmio Santander da Alemanha Alemanha Hockenheimring, Hockenheim 20 de Julho
11 Grande Prêmio Pirelli da Hungria Hungria Hungaroring, Budapeste 27 de Julho
12 Grande Prêmio Shell da Bélgica Bélgica Spa-Francorchamps, Spa 24 de Agosto
13 Grande Prêmio da Itália Itália Circuito de Monza, Monza 7 de Setembro
14 Grande Prêmio de Cingapura Singapura Circuito Urbano de Marina Bay, Singapura 21 de Setembro
15 Grande Prêmio do Japão Japão Circuito de Suzuka, Suzuka 5 de Outubro
16 Grande Prêmio da Russia Rússia Circuito de Sochi, Sóchi 12 de Outubro
17 Grande Prêmio dos Estados Unidos Estados Unidos Circuito das Américas, Austin 2 de Novembro
18 Grande Prêmio Petrobras do Brasil Brasil Autódromo de Interlagos, São Paulo 9 de Novembro
19 Grande Prêmio Etihad Airways de Abu Dhabi =Emirados Árabes Unidos Circuito de Yas Marina, Abu Dhabi 23 de Novembro

Pneus[editar | editar código-fonte]

Desde 2011, a Pirelli tem sido a fornecedora de pneus do campeonato de F1 oficial.

Os 6 compostos de pneus fornecidos pela Pirelli para a temporada de 2014 da Fórmula 1
Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de condução Dry Type* Aderência Longevidade
Super Macio Vermelho Neumático F1 Súper blando.png Slick Seco Option Mais aderência Menos durável
Macio Amarelo Neumático F1 Blando.png Slick Seco Prime/Option Médio Médio
Médio Branco Neumático F1 Medio.png Slick Seco Prime/Option Médio Médio
Duro Laranja** Neumático F1 Duro.png Slick Seco Prime Menos aderência Mais durável
Intermediário Verde Neumático F1 Intermedios.png Sulcos Molhado (água não estagnante) x x x
Chuva Azul Neumático F1 Lluvia.png Sulcos Molhado (água estagnante) x x x

* A Pirelli designa 2 tipos de pneus secos para cada Grande Prêmio. O mais macio é chamado "option" e o mais duro "prime".
** Os pneus de composto duro era da cor cinza na Temporada de 2011 e 2012.

Compostos AUS
Austrália
MAL
Malásia
BHR
Bahrein
CHN
República Popular da China
ESP
Espanha
MON
Mónaco
CAN
Canadá
AUT
Áustria
GBR
Reino Unido
ALE
Alemanha
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
RUS
Rússia
EUA
Estados Unidos
BRA
Brasil
UAE
=Emirados Árabes Unidos
Macio
Duro
Intermediário
Chuva

Resultados[editar | editar código-fonte]

Sistema de Pontuação[editar | editar código-fonte]

Os pontos são concedidos até o 10º colocado.

Da seguinte forma:

Sistema de Pontuação
Etapas/Posição  1º   2º   3º   4º   5º   6º   7º   8º   9º   10º 
Nas 18 Etapas 25 18 15 12 10 8 6 4 2 1
Ultima Etapa (Abu Dhabi) 50 36 30 24 20 16 12 8 4 2

Pilotos[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe (a) AUS
Austrália
MAL
Malásia
BHR
Bahrein
CHN
República Popular da China
ESP
Espanha
MON
Mónaco
CAN
Canadá
AUT
Áustria
GBR
Reino Unido
ALE
Alemanha
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
RUS
Rússia
EUA
Estados Unidos
BRA
Brasil
UAE
=Emirados Árabes Unidos
Pts
1 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1 2 2 61
2 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes Ret 1 1 50
3 Alemanha Nico Hülkenberg Force India 6 5 5 28
4 Espanha Fernando Alonso Ferrari 4 4 9 26
5 Reino Unido Jenson Button McLaren 3 6 17† 23
6 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull Ret 3 6 23
7 Dinamarca Kevin Magnussen McLaren 2 9 Ret 20
8 Finlândia Valtteri Bottas Williams 5 8 8 18
9 México Sergio Pérez Force India 10 NL 3 16
10 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull DSQ Ret 4 12
11 Brasil Felipe Massa Williams Ret 7 7 12
12 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 7 12 10 7
13 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso 8 Ret Ret 4
14 Rússia Daniil Kvyat Toro Rosso 9 10 11 3
15 França Romain Grosjean Lotus Ret 11 12 0
16 Alemanha Adrian Sutil Sauber 11 Ret Ret 0
17 México Esteban Gutiérrez Sauber 12 Ret Ret 0
18 Reino Unido Max Chilton Marussia 13 15 13 0
19 Japão Kamui Kobayashi Caterham Ret 13 15 0
20 Suécia Marcus Ericsson Caterham Ret 14 Ret 0
21 Venezuela Pastor Maldonado Lotus Ret Ret 14 0
22 França Jules Bianchi Marussia Ret Ret 16 0
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Púrpura Retirou-se
(Ret)
Vermelho Não qualificado
(NQ)
Preto Desqualificado
(DSQ)
Branco Não largou
(NL)
Azul claro Apenas Treino (AT)
Sem cor Não participou
(NP)
Lesionado
(Les)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida

Notas:

  • † — Pilotos que não terminaram o Grande Prêmio mas foram classificados pois completaram 90% da corrida.

Construtores[editar | editar código-fonte]

Pos Construtor Carro
AUS
Austrália
MAL
Malásia
BHR
Bahrein
CHN
República Popular da China
ESP
Espanha
MON
Mónaco
CAN
Canadá
AUT
Áustria
GBR
Reino Unido
ALE
Alemanha
HUN
Hungria
BEL
Bélgica
ITA
Itália
SIN
Singapura
JAP
Japão
IND
Índia
EUA
Estados Unidos
BRA
Brasil
UAE
=Emirados Árabes Unidos
Pts
1 Alemanha Mercedes 44 Ret 1 1 111
6 1 2 2
2 Índia Force India-Mercedes 27 6 5 5 44
11 10 NL 3
3 Reino Unido McLaren-Mercedes 22 3 6 Ret 43
20 2 9 Ret
4 Áustria Red Bull-Renault 1 Ret 3 6 35
3 DSQ Ret† 4
5 Itália Ferrari 14 4 4 9 33
7 7 12 10
6 Reino Unido Williams-Mercedes 19 Ret 7 7 30
77 5 8 8
7 Itália Toro Rosso-Renault 25 8 Ret Ret 7
26 9 10 11
8 Suíça Sauber-Ferrari 99 11 Ret Ret 0
21 12 Ret Ret
9 Reino Unido Lotus-Renault 8 Ret 11 12 0
13 Ret Ret 14
10 Malásia Caterham-Renault 10 Ret 13 15 0
9 Ret 14 Ret
11 Rússia Marussia-Ferrari 17 Ret† Ret 16 0
4 13 15 13

Por Grande Prêmio[editar | editar código-fonte]

GP Grande Prêmio Pole Position Tempo Volta Mais Rápida Tempo Vencedor Equipe Descrição
1 Austrália Grande Prêmio da Austrália Reino Unido Lewis Hamilton 1:44.231 Alemanha Nico Rosberg 1:32.478 Alemanha Nico Rosberg Alemanha Mercedes Descrição
2 Malásia Grande Prêmio da Malásia Reino Unido Lewis Hamilton 1:59.431 Reino Unido Lewis Hamilton 1:43.066 Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes Descrição
3 Bahrein Grande Prêmio do Bahrain Alemanha Nico Rosberg 1:33.185 Alemanha Nico Rosberg 1:37.020 Reino Unido Lewis Hamilton Alemanha Mercedes Descrição
4 República Popular da China Grande Prêmio da China Descrição
5 Espanha Grande Prêmio da Espanha Descrição
6 Mónaco Grande Prêmio de Mônaco Descrição
7 Canadá Grande Prêmio do Canadá Descrição
8 Áustria Grande Prêmio da Áustria Descrição
9 Reino Unido Grande Prêmio da Grã-Bretanha Descrição
10 Alemanha Grande Prêmio da Alemanha Descrição
11 Hungria Grande Prêmio da Hungria Descrição
12 Bélgica Grande Prêmio da Bélgica Descrição
13 Itália Grande Prêmio da Itália Descrição
14 Singapura Grande Prêmio de Singapura Descrição
15 Japão Grande Prêmio do Japão Descrição
16 Rússia Grande Prêmio da Rússia Descrição
17 Estados Unidos Grande Prêmio dos Estados Unidos Descrição
18 Brasil Grande Prêmio do Brasil Descrição
19 =Emirados Árabes Unidos Grande Prêmio de Abu Dhabi Descrição

Referências

  1. Newey reveals that 2014 Red Bull RB10 is ugly. GrandPrix 247 (11 October 2013).
  2. a b c Renault unveil 2014 turbo engine. Formula One World Championship Limited (21 June 2013). Página visitada em 20 October 2013.
  3. a b Straw, Edd. "Toro Rosso seals Renault Formula 1 engine deal for 2014", Autosport.com, Haymarket Publications, 26 May 2013. Página visitada em 26 de maio de 2013.
  4. "Horner pleased to end Vettel rumours", Autosport.com, Haymarket Publications, 14 March 2011. Página visitada em 7 April 2014.
  5. Red Bull's F1 testing misery continues as Daniel Ricciardo's debut lasts only THREE laps. Mirror.co.uk (30 de janeiro de 2014).
  6. "Mercedes GP Petronas and Nico Rosberg agree to contract extension", Mercedes AMG Petronas F1 Team, 10 November 2011.
  7. Cary, Tom. "Lewis Hamilton to join Mercedes in $100m move from McLaren, signing a three-year deal", The Daily Telegraph, Telegraph Media Group, 28 September 2012. Página visitada em 7 April 2013.
  8. a b c Presentation of the new Ferrari power unit. Scuderia Ferrari (20 December 2013). Página visitada em 20 December 2013.
  9. "Fernando Alonso signs new Ferrari contract", BBC Sport, BBC, 8 March 2012. Página visitada em 19 May 2012.
  10. "Official: Raikkonen seals Ferrari return", GPUpdate, GPUpdate, 11 September 2013. Página visitada em 11 September 2013.
  11. a b "Pastor Maldonado will join Lotus in 2014 alongside Romain Grosjean", SkySport F1. Página visitada em 29 November 2013.
  12. Collantine, Keith. "McLaren to lose Vodafone title sponsorship", F1 Fanatic, Keith Collantine, 14 March 2013. Página visitada em 7 April 2013.
  13. Noble, Jonathan. "McLaren believes switch to Honda engines will not compromise 2014", Autosport.com, Haymarket Publications, 16 May 2013. Página visitada em 17 May 2013. “McLaren believes its world championship challenge with Mercedes next year will not be compromised by its planned switch to Honda engines for 2015.”
  14. Collantine, Keith. "McLaren: Button's 2014 team-mate not signed yet", F1 Fanatic, Keith Collantine, 13 November 2013. Página visitada em 1November 2013.
  15. Noble, Jonathan. "Kevin Magnussen signs to race for McLaren in Formula 1 in 2014", Autosport.com, Haymarket Publications, 14 November 2013. Página visitada em 14 November 2013.
  16. "Force India to run F1 Mercedes engines from 2014 onwards", Autosport.com, Haymarket Publications, 28 March 2013. Página visitada em 7 April 2013.
  17. "Nico Hülkenberg returns to Sahara Force India with multi-year deal", Sahara Force India F1 Team, Sahara Force India F1 Team, 3 December 2013. Página visitada em 3 December 2013.
  18. "Perez joins Hulkenberg at Force India for 2014 F1 season", Autosport.com, Haymarket Publications, 12 December 2013. Página visitada em 12 December 2013.
  19. "Sauber C33 passes crash tests", ESPN F1, 11 December 2013. Página visitada em 11 December 2013.
  20. Galloway, James. "Sauber extend long-standing Ferrari engine partnership into 2014 and beyond", Sky Sports F1, British Sky Broadcasting Group plc, 4 October 2013. Página visitada em 4 October 2013.
  21. "Adrian Sutil moves to Sauber for 2014 Formula 1 season", autosport.com, Haymarket Publications, 13 December 2013. Página visitada em 13 December 2013.
  22. a b "2014 Scuderia Toro Rosso Driver Line-Up", Scuderia Toro Rosso, Scuderia Toro Rosso SPA, 21 October 2013. Página visitada em 21 October 2013.
  23. "The Williams F1 Team and Mercedes-Benz announce long-term engine partnership", WilliamsF1.com, Williams F1 Team, 30 May 2013. Página visitada em 30 May 2013.
  24. a b "The Williams F1 Team announces its 2014 driver line-up", WilliamsF1.com, Williams F1 Team, 11 November 2013. Página visitada em 11 November 2013.
  25. "Marussia gets Ferrari engines for 2014", Autosport.com, Haymarket Publications, 16 July 2013. Página visitada em 16 July 2013.
  26. "Jules Bianchi will remain with the Marussia Formula 1 team for 2014", Autosport.com, Haymarket Publications, 3 October 2013. Página visitada em 3 October 2013.
  27. Caterham to retain Renault engines in 2014. GPUpdate (24 May 2013). Página visitada em 24 May 2013.
  28. a b Beer, Matt. "Caterham signs Kobayashi, Ericsson for 2014 Formula 1 season", Autosport.com, Haymarket Publications, 21 January 2014. Página visitada em 21 January 2014. “Caterham has signed grand prix returnee Kamui Kobayashi and GP2 graduate Marcus Ericsson for the 2014 Formula 1 season.”
  29. a b c d F-1 terá pontuação dobrada na etapa final, números fixos e corte de custos
|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}|}