Circuito da Catalunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espanha Circuito de Barcelona-Catalunya
Circuit de Catalunya
Catalunya.svg
Mapa do circuito.
Informações da corrida
Localização Montmeló, Espanha
Voltas 66
Percurso 4.655[1] km (2.892 mi)
Total 307.104 km (190.825 mi)
Curvas 16
Pole Austrália Mark Webber
Red Bull-Renault V8
1min 19s 995
2010
Volta mais rápida
na prova
Finlândia Kimi Raikkonen
Ferrari V8
1min 21s 670
2008
Anos disputados 26
Primeira disputa 1991
Última disputa 2016
Maior vencedor (pilotos) Alemanha Michael Schumacher (6)
Maior vencedor (equipe) Itália Ferrari (8)
Última corrida (2016):
Pole Position
Piloto Reino Unido Lewis Hamilton
Mercedes V6 Turbo
Tempo 1min 22s 000
Volta mais rápida
Piloto Rússia Daniil Kvyat
Toro Rosso-Ferrari V6 Turbo
Tempo 1min 26s 948
Pódio
Primeiro Países Baixos Max Verstappen
Red Bull-Tag Heuer V6 Turbo
1h 41min 40s 017
Segundo Finlândia Kimi Raikkonen
Ferrari V6 Turbo
+0s 616
Terceiro Alemanha Sebastian Vettel
Ferrari V6 Turbo
+5s 581

O Circuito da Catalunha (cujo nome oficial é Circuito de Barcelona-Catalunha) é um circuito na cidade catalã de Montmeló. É a sede anual do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1 e do Grande Prêmio da Catalunha de MotoGP.

O circuito tem um comprimento total de 4.627 metros divididos em 66 voltas totalizando 305.256 metros. Nele foi disputado uma prova do Ciclismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992. Em 2006, Fernando Alonso tornou-se o primeiro piloto espanhol a vencer o de Circuito de Barcelona-Catalunha.

Pista[editar | editar código-fonte]

Reta Principal do Circuito

Este circuito é um dos poucos circuitos onde se realizam testes coletivos e portanto, os pilotos e os mecânicos conhecem bem cada centímetro do circuito. Tal originou algumas críticas de que as equipes conhecem muito bem o circuito fazendo com que haja pouca ação durante as corridas. Apesar das críticas, o circuito acolhe todos os anos uma corrida emocionante e memorável incluindo a primeira vitória de Michael Schumacher com a Scuderia Ferrari (1996) e quantidade de dezenas de milhares de pessoas que celebraram a vitória de Fernando Alonso, o primeiro espanhol a ganhar o Grande Prêmio da Espanha (2006).

Para os espectadores, a curva Elf está entre os melhores lugares para ver o Grande Prêmio já que oferece uma das poucas oportunidades de ultrapassagem do circuito. Para os pilotos, são as últimas duas curvas, conhecidas pelo nome de New Holland que representam um dos maiores desafios de toda a corrida.

Evolução do Circuito[editar | editar código-fonte]

O traçado original do circuito sofreu várias modificações a partir de 1994, depois dos acidentes de Imola. Primeiro, foi feita uma chicane de pneus na, então, curva Nissan. Em 1995, a curva foi eliminada porque era perigosa e no seu lugar foi criada uma espécie de reta oposta.

Em 2004/05, toda a pista recebeu asfalto novo e as áreas de escape das curvas Elf e Seat foram modificadas, para maior segurança.

Em 2007, uma chicane foi construída entre as curvas Europcar e New Hollanda, que davam acesso à reta dos boxes, para facilitar ultrapassagens e aumentar a segurança. O novo traçado começa na curva Europcr, continua com uma reta curta e mais duas curvas ligadas ao desenho anterior. A.área de escape da curva foi aumentada em seis metros. Para o GP de 2008, a caixa de brita da Elf foi substituída por uma faixa de asfalto. A troca obedeceu a orientação da FIA, sob o entendimento de que, graças à eficiência dos freios modernos, a desaceleração provocada pelo atrito com o asfalto reduz o impacto do choque com as barreiras de pneus ou muretas. E o asfalto também evita as capotagens.

Provas disputadas e vencedores:[editar | editar código-fonte]

Ano Piloto Construtor Resumo
2016 Países Baixos Max Verstappen Red Bull-Tag Heuer Detalhes
2015 Alemanha Nico Rosberg Mercedes Detalhes
2014 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes Detalhes
2013 Espanha Fernando Alonso Ferrari Detalhes
2012 Venezuela Pastor Maldonado Williams-Renault Detalhes
2011 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault Detalhes
2010 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault Detalhes
2009 Reino Unido Jenson Button Brawn-Mercedes Detalhes
2008 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari Detalhes
2007 Brasil Felipe Massa Ferrari Detalhes
2006 Espanha Fernando Alonso Renault Detalhes
2005 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes Detalhes
2004 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Detalhes
2003 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Detalhes
2002 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Detalhes
2001 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Detalhes
2000 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes Detalhes
1999 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes Detalhes
1998 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes Detalhes
1997 Canadá Jacques Villeneuve Williams-Renault Detalhes
1996 Alemanha Michael Schumacher Ferrari Detalhes
1995 Alemanha Michael Schumacher Benetton-Renault Detalhes
1994 Reino Unido Damon Hill Williams-Renault Detalhes
1993 França Alain Prost Williams-Renault Detalhes
1992 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault Detalhes
1991 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault Detalhes

Por pilotos, equipes e países que mais venceram1[editar | editar código-fonte]

↑1 (Última atualização: GP da Espanha de 2016)

Recordes na Catalunya[editar | editar código-fonte]

↑2 traçado antigo
↑3 chicane entre as curvas 13 à 15 a partir de 2007[1]

Referências

  1. a b «Uma nova chicane no Circuito da Catalunha». AutoSport. 25 de janeiro de 2007. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Circuito da Catalunha