Autódromo de Sóchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Autódromo de Sóchi
Sochi Autodrom
Mapa do circuito.
Informação geral
Localização Sóchi, Krai de Krasnodar, Rússia
Fuso horário UTC+3
Capacidade 55 000
Licença FIA Grau 1
Inauguração Julho de 2011
Abertura 21 de setembro de 2014
Arquiteto Hermann Tilke
Eventos principais Fórmula 1
Grande Prêmio da Rússia
(2014–presente)

Fórmula 2
(2018–presente)

Fórmula 3
(2019–presente)

TCR International Series
(2015–2016)

GP2 Series
(2014–2015)

GP3 Series
(2014–2015, 2018)

Circuito Grand Prix
Superfície Asfalto
Comprimento do circuito 5,848 km (3,634 mi)
Curvas 18
Volta mais rápida 1:35.761 (Lewis Hamilton, Mercedes, 2019, Fórmula 1)
Circuito curto
Superfície Asfalto
Comprimento do circuito 2,313 km (1,437 mi)

O Autódromo de Sóchi é a localização do Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1 a partir de 2014. Localiza-se na cidade-resort Sóchi, nas proximidades das montanhas nevadas do Cáucaso e do mar Negro, no Krai (Território) de Krasnodar.

Pista[editar | editar código-fonte]

Parque Olímpico de Sóchi

Desenhado por Hermann Tilke, o autódromo, que aproveita a estrutura de transportes da Olimpíada, foi terminado depois da realização dos Jogos de Inverno de 2014.

A pista esta integrada no Parque Olímpico e passa entre os pistas de gelo cobertados dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. A corrida estreia foi prevista para o 12 de outubro de 2014.[1] Tem um estilo de circuito de rua, pelo que se prevê semelhanças com os circuitos de Valência e Singapura. A pista construída especificamente para esse evento tem 5.852 km de comprimento, 19 curvas e permite velocidade máxima de 320 km/h. A largura da pista varia de 13 metros em seu ponto mais estreito e de 15 metros na linha de partida e de chegada. O circuito, que é executado no sentido horário, é composto por 12 curvas de direita e seis para a esquerda, e combina a alta velocidade e seções técnicas. Carros de Fórmula 1 são esperados para atingir uma velocidade máxima de 320 km/h na de 650 metros em linha reta entre o primeiro e o segundo turno, com uma velocidade média colo de cerca de 215 km/h.[2] As obras para preparar o circuito são cerca de US$ 195,4 milhões.

O autódromo foi concluída em agosto de 2014 e a aceitação técnica foi feito em 19 de agosto de 2014 pela FIA, que concedeu a rota licença final. O contrato vai até 2020.[3]

Sobre o GP de 2014, o vencedor foi Lewis Hamilton. Muitos que assistiram e acompanharam a corrida disseram que ela foi póstuma. O Pódio foi: 1º Lewis Hamilton, 2º Nico Rosberg e 3º Valtteri Bottas.

O recorde da volta mais rápida no Autódromo de Sóchi é de Nico Rosberg, com tempo 1min 39s 094 milésimos na volta 52 em 2016.

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Piloto Construtor Resumo
2018 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes Detalhes
2017 Finlândia Valtteri Bottas Mercedes Detalhes
2016 Alemanha Nico Rosberg Mercedes Detalhes
2015 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes Detalhes
2014 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes Detalhes

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Breve história russa na F-1 tem promessa e decisão de campeonato, totalrace.com.br, 7 de outubro 2014
  2. FORMULA 1 RUSSIAN GRAND PRIX, formula1.com, recuperado em 11 de outubro 2014
  3. Official FIA Circuit Inspection declares Sochi Autodrom ready to host a Formula 1 Grand Prix, sochiautodrom.ru, recuperado em 11 de outubro 2014
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Autódromo de Sóchi

Ligações externas[editar | editar código-fonte]