Pat Fry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pat Fry (à direita) com James Allison em 2014.

Pat Fry (nascido em 17 de março de 1964 em Shepperton, Surrey, Reino Unido) é um engenheiro inglês de Fórmula 1 e ex-consultor da Manor Racing,[1][2] ele anteriormente foi diretor técnico de chassi da equipe da Ferrari. Trabalhando como diretor técnico adjunto de Aldo Costa até que o cargo foi eliminado pela reestruturação organizacional da escuderia.[3]

Fry, após tentar vários cursos de engenharia, ele se tornou um aprendiz na Thorn EMI, em 1981. Enquanto na Thorn EMI, Pat Fry completou um curso em eletrônica na City of London Polytechnic. Ele se mudou para programas de mísseis Thorn, antes de decidir deixar a empresa em 1987 para prosseguir uma carreira no automobilismo.

Referências

  1. «F1 – Manor contrata Pat Fry como consultor». Autoracing. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  2. «Manor contrata Pat Fry». AutoSport. Consultado em 19 de janeiro de 2017 
  3. «Ferrari anuncia a saída de Pat Fry e Lucas Tombazis». Portal Race. Consultado em 19 de janeiro de 2017 


Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. http://formula1.ferrari.com/en/