McLaren MP4/3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
McLaren MP4/3
McLaren MP4-3.jpg
Visão Geral
Produção 1987
Fabricante McLaren
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Steve Nichols
Ficha técnica
Motor TAG-Porsche P01 V6 turbo
Transmissão McLaren 6 velocidades
Dimensões
Peso 540 kg
Cronologia
Último
McLaren MP4/2
McLaren MP4/4
Próximo

O MP4/3 é o modelo da McLaren da temporada de 1987 da F1. Foi guiado por Alain Prost e Stefan Johansson.

Após 6 anos de colaboração na McLaren como designer (desde 1981 até 1986), John Barnard deixou a equipa de Ron Dennis para assinar pela Ferrari. John Barnard foi responsável pelos fabulosos McLaren MP4-2, e suas evoluções, que dominaram nos anos de 1984 e 1985 e que conquistaram 5 títulos para a McLaren: 3 de pilotos (Lauda em 1984 e Prost em 1985 e 1986) e dois de construtores (1984 e 1985). Para o lugar de Barnard, a McLaren contratou o engenheiro norte-americano Steve Nichols. A escolha de contratar Nichols era a mais natural para a McLaren. Steve Nichols trabalhou na Hercules, empresa americana de foguetões, que desenvolveu o chassis de fibra de carbono para a McLaren no início da década de 80. Aliás foi nessa altura que Barnard conheceu Steve Nichols. Por isso a escolha de Dennis para substituir Barnard foi a mais lógica.

No entanto, quando Steve Nichols chega à McLaren em 1987, veio encontrar um projecto já esgotado e ultrapassado pela Williams-Honda. Nichols sabia que, apesar de Alain Prost ter conquistado o título de pilotos em 1986 mas que aconteceu em parte devido à “guerra” entre os dois pilotos da Williams (Nelson Piquet e Nigel Mansell), tinha que construir um novo carro para a temporada de 1987. Outra dificuldade que surgia era o facto de se saber já que a Porsche não iria desenvolver mais o motor TAG que equipava o McLaren e que no final do ano deixaria de fornecer os motores à equipa de Ron Dennis.

Assim nascia o McLaren MP4-3 que seguia as linhas orientadoras do anterior MP4-2C. Uma das diferenças mais visíveis era ao nível dos flancos e da parte posterior. De resto a frente do MP4-3 era muito semelhante à dos seus antecessores. O motor, como referido acima, continuava a ser o TAG-Porsche.

Outra alteração na equipa foi a contratação do piloto sueco Stefan Johansson, que vinha da Ferrari, para substituir o finlandês Keke Rosberg, que por sua vez tinha abandonado a Formula 1.

Mas mesmo sabendo que iria ser uma dura batalha contra os Williams-Honda de Piquet e Mansell, a McLaren e Alain Prost conseguiram um pequeno prémio na segunda metade do campeonato.

Resultados[1][editar | editar código-fonte]

(legenda) (em itálico indica volta mais rápida)

Ano Chassi Motor Pneus Pilotos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Pontos Posição
BRA SMR BEL MON USE FRA GBR GER HUN AUT ITA POR ESP MEX JAP AUS
1987 MP4/3 TAG Porsche P01
V6 Turbo
G 1 França Alain Prost 1 Ret 1 9 3 3 Ret 7 3 6 15 1 2 Ret 7 Ret 76
2 Suécia Stefan Johansson 3 4 2 Ret 7 8 Ret 2 Ret 7 6 5 3 Ret 3 Ret

Referências

  1. «McLaren MP4/6» (em inglês). STATS F1. 


Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.