Simon Roberts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Simon Roberts
Nascimento 27 de setembro de 1962 (56 anos)
Reino Unido
Ocupação engenheiro

Simon Roberts (27 de setembro de 1962[1]) é um engenheiro britânico que trabalha atualmente como diretor de operações da equipe de Fórmula 1 da McLaren.[2][3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Roberts estudou engenharia mecânica na Universidade de Manchester, antes de conseguir um emprego na empresa de motores a diesel e gás Perkins Engines em Peterborough. Ele se tornou chefe de engenharia de produção da empresa antes de se mudar para a Rover Car Ltd. onde ele foi diretor da divisão de cadeia cinemática e supervisionou aquisição da empresa pela BMW em 1994, após o qual Roberts dirigiu as operações de caixa de marchas e suspensão da empresa no Reino Unido até 2000, quando ele decidiu se mudar para a Alstom no Reino Unido como diretor de operações que supervisiona o desenvolvimento do projeto de trem pendular da empresa Pendolino. Estes entraram em operação em 2001 e Roberts passou a ser o diretor industrial da empresa antes de decidir se mudar para a McLaren em setembro de 2003 como gerente geral, ficando responsável pela coordenação do processo de fabricação e montagem da equipe de testes e corrida, comunicação de TI e de rede, transporte e logística, qualidade, tecnologia de veículos e recursos humanos.[4][5] Ele se tornou diretor de operações da equipe em 2004.[3]

Em 2009, ele foi contratado pela equipe da Force India como seu diretor de operações para a temporada de 2009.[6] Mas em 15 de outubro de 2009 a Força India anunciou que Otmar Szafnauer passaria para o cargo de diretor de operações da equipe enquanto Roberts voltaria ao seu trabalho na McLaren na temporada de 2010.[7][8]

Referências

  1. «Simon Roberts» (em inglês). F1PULSE.com. Consultado em 8 de março de 2017 
  2. «Diretor da McLaren conta que trabalho na fábrica continuou normalmente durante Natal e elogia "esforço fantástico"». Grande Prêmio. 19 de janeiro de 2016. Consultado em 8 de março de 2017 
  3. a b «¿Quién es quién en la nueva cúpula directiva de McLaren?» (em espanhol). Diario AS. 11 de fevereiro de 2017. Consultado em 8 de março de 2017 
  4. «Simon Roberts» (em inglês). Grandprix.com. Consultado em 8 de março de 2017 
  5. «Simon Roberts» (em inglês). F1PULSE.com. 14 de fevereiro de 2011. Consultado em 8 de março de 2017. Arquivado do original em 12 de março de 2017 
  6. «Force India's first target: points» (em inglês). GPUpdate.net. 21 de março de 2009. Consultado em 8 de março de 2017 
  7. «Simon Roberts returns to McLaren from Force India» (em inglês). Motorsport.com. 15 de outubro de 2009. Consultado em 8 de março de 2017 
  8. «Force India appoints former Honda technical chief» (em inglês). GPUpdate.net. 15 de outubro de 2009. Consultado em 8 de março de 2017