Julien Simon-Chautemps

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Julien Simon-Chautemps
Nascimento 14 de maio de 1978 (40 anos)
Reino da França
Cidadania França
Alma mater Institut polytechnique des sciences avancées
Ocupação engenheiro
Empregador Sauber

Julien Simon-Chautemps (14 de maio de 1978), é engenheiro francês especializado em esportes motorizados. Desde 2017, é engenheiro de corrida da equipe de Fórmula 1 da Sauber.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Graduado do Institut polytechnique des sciences avancées (2002), Simon-Chautemps iniciou sua carreira na Fórmula 2 como Diretor Técnico da Prema Powerteam (2003-2007), em seguida, na GP2 Series na Trident Racing.

Ele começou a trabalhar na Fórmula 1 em 2007. De 2007 a 2010, foi engenheiro de corrida do piloto italiano Jarno Trulli na Toyota Racing e Lotus. Ele se juntou a Lotus Renault GP[2] em 2011, equipe esta que foi rebatizada para Lotus F1 Team em 2011, e transformada na Renault Sport F1 Team para a temporada de 2016. Ele trabalhou com os pilotos Vitaly Petrov, Kimi Raikkonen, Pastor Maldonado, Romain Grosjean[3] e Jolyon Palmer. Em 21 de fevereiro de 2017, Simon-Chautemps anunciou que não iria mais trabalhar para a Renault naquele ano, encerrando uma carreira de seis anos na fábrica de Enstone.[4]

Em seguida, ele se juntou à Sauber para a temporada de 2017, como seu engenheiro de corrida.[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.