Grande Prêmio da Itália de 1971

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 1971
Monza 1957.jpg
37º GP da Itália em Monza
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 5 de setembro de 1971
Nome oficial XLII Gran Premio d'Italia[1][nota 1]
Local Autódromo Nacional de Monza, Monza, Monza e Brianza, Lombardia, Itália
Percurso 5.750 km
Total 55 voltas / 316.250 km
Pole
Piloto
Nova Zelândia Chris Amon Matra
Tempo 1:22.4
Volta mais rápida
Piloto
França Henri Pescarolo March-Ford
Tempo 1:23.8 (na volta 9)
Pódio
Primeiro
Reino Unido Peter Gethin BRM
Segundo
Suécia Ronnie Peterson March-Ford
Terceiro
França François Cevert Tyrrell-Ford

Resultados do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 realizado em Monza em 5 de setembro de 1971.[2] Nona etapa da temporada, nele a Tyrrell conquistou seu único mundial de construtores, mas a prova entrou para a história graças ao britânico Peter Gethin, da BRM, que vivenciou a chegada mais apertada da história e obteve sua única vitória na categoria.[2][3][4][5][6][7][nota 2]

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

A chegada mais apertada da história da Fórmula 1.
Pos. Piloto Construtor Voltas Tempo/Diferença Grid Pontos
1 18 Reino Unido Peter Gethin BRM 55 1:18:12.60 11 9
2 25 Suécia Ronnie Peterson March-Ford 55 + 0.010 6 6
3 2 França François Cevert Tyrrell-Ford 55 + 0.090 5 4
4 9 Reino Unido Mike Hailwood Surtees-Ford 55 + 0.180 17 3
5 19 Nova Zelândia Howden Ganley BRM 55 + 0.610 4 2
6 12 Nova Zelândia Chris Amon Matra 55 + 32.360 1 1
7 14 Reino Unido Jackie Oliver McLaren-Ford 55 + 1:24.830 13
8 5 Brasil Emerson Fittipaldi Lotus-Pratt & Whitney 54 + 1 volta 18
9 20 Suíça Jo Siffert BRM 53 + 2 voltas 3
10 28 Suécia Jo Bonnier McLaren-Ford 51 + 4 voltas 21
Ret 10 Reino Unido Graham Hill Brabham-Ford 47 Câmbio 14
NC 26 França Jean-Pierre Jarier March-Ford 47 + 8 voltas 24
Ret 24 Reino Unido Mike Beuttler March-Ford 41 Motor 16
Ret 16 França Henri Pescarolo March-Ford 40 Suspensão 10
Ret 23 Itália Andrea de Adamich March-Alfa Romeo 33 Motor 20
Ret 4 Suíça Clay Regazzoni Ferrari 17 Motor 8
Ret 3 Bélgica Jacky Ickx Ferrari 15 Motor 2
Ret 30 Reino Unido Jackie Stewart Tyrrell-Ford 15 Motor 7
Ret 22 Itália Nanni Galli March-Ford 11 Pane elétrica 19
Ret 11 Austrália Tim Schenken Brabham-Ford 5 Suspensão 9
Ret 27 Suíça Silvio Moser Bellasi-Ford 5 Suspensão 22
Ret 21 Áustria Helmut Marko BRM 3 Motor 12
Ret 7 Reino Unido John Surtees Surtees-Ford 3 Motor 15
DNS 8 Alemanha Rolf Stommelen Surtees-Ford 0 Acidente 23

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas e os campeões da temporada surgem destacados em negrito. Em 1971 os pilotos computariam cinco resultados nas seis primeiras corridas do ano e quatro nas últimas cinco. Neste ponto esclarecemos: na tabela dos construtores figurava somente o melhor colocado dentre os carros de um time.

Notas

  1. Em 1950 seria realizado o vigésimo "Grande Prêmio da Itália", mas o mesmo foi erroneamente creditado como o vigésimo primeiro e por esta razão a numeração oficial do evento contém uma prova a mais que as efetivamente realizadas.
  2. Voltas na liderança: Clay Regazzoni 4 voltas (1-3; 9), Ronnie Peterson 23 voltas (4-7; 10-14; 17-22; 24; 26; 33; 47-50; 54), Jackie Stewart 1 volta (8), François Cevert 7 voltas (15-16; 23; 31-32; 34; 36), Mike Hailwood 5 voltas (25; 27; 35; 42; 51), Jo Siffert 3 voltas (28-30), Chris Amon 9 voltas (37-41; 43-46), Peter Gethin 3 voltas (52-53; 55).

Referências

  1. «1971 Italian GP – championships (em inglês) no Chicane F1». Consultado em 18 de setembro de 2021 
  2. a b «1971 Italian Grand Prix - race result». Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  3. Fred Sabino (3 de maio de 2018). «Ken Tyrrell dominou a F1 e manteve equipe independente por três décadas». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  4. Fred Sabino (5 de setembro de 2018). «Peter Gethin conseguiu única vitória na F1 em chegada mais apertada da história». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  5. Fred Sabino (21 de fevereiro de 2019). «Peter Gethin venceu corrida mais apertada da história e foi primeiro chefe de Ayrton Senna na F1». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 21 de fevereiro de 2019 
  6. «Vencedor de GP mais equilibrado da F-1 morre aos 71 anos na Inglaterra (globoesporte.com)». Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  7. «Italian GP, 1971 (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 23 de dezembro de 2018 

Precedido por
Grande Prêmio da Áustria de 1971
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 1971
Sucedido por
Grande Prêmio do Canadá de 1971
Precedido por
Grande Prêmio da Itália de 1970
Grande Prêmio da Itália
41ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Itália de 1972