São Paulo Indy 300 de 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
São Paulo 2010
São Paulo Indy 300 de 2010
SP Indy 300.png
Logotipo da prova.
Detalhes da corrida
Categoria IndyCar Series
Data 14 de março de 2010
Nome oficial São Paulo Indy 300
Local Circuito do Anhembi,
São Paulo,  Brasil
Total 61 voltas / 306.097 km
Pole
Piloto
Reino Unido Dario Franchitti Ganassi
Tempo 1:27:7354
Volta mais rápida
Piloto
Austrália Will Power Penske
Tempo 1:28.1892 (na volta 60)
Líder por mais voltas
Piloto
Reino Unido Dario Franchitti Ganassi
Voltas 29 de 61 voltas
Pódio
Primeiro
Austrália Will Power Penske
Segundo
Estados Unidos Ryan Hunter-Reay Andretti
Terceiro
Brasil Vitor Meira Foyt
Cronologia
Temporada da IndyCar Series de 2010
Miami 2009
São Petersburgo 2010
São Paulo Indy 300
São Paulo 2011

A São Paulo Indy 300 2010 foi a primeira corrida da temporada da IZOD IndyCar Series de 2010. A corrida ocorreu em 14 de Março no circuito de rua temporário de 4,081 km (2.536 milhas), em São Paulo, Brasil, e foi transmitido pela Versus nos Estados Unidos e Rede Bandeirantes no Brasil. Originalmente programado para 306,1 km (190,2 milhas), a corrida foi encurtada para 248,959 km (154.696 milhas), devido a um limite de tempo de duas horas provocada por um longo período de bandeira vermelha causado por uma forte chuva.

A corrida foi vencida pelo piloto australiano Will Power para a equipe Team Penske. Power estava retornando a categoria depois de um incidente sofrido durante uma sessão de treinos livres no Grande Prêmio de Sonoma de 2009,[1] que o deixou com duas vértebras quebradas em suas costas. Em segundo lugar ficou Ryan Hunter-Reay, que fazia sua primeira corrida com a Andretti Autosport, e o terceiro lugar foi para outro piloto que retornava, Vitor Meira pela AJ Foyt Enterprises. Meira estava fazendo sua primeira corrida desde que sofreu lesões semelhantes as de Power durante as 500 Milhas de Indianápolis de 2009.[2]

Quatro pilotos estrearam na categoria nesta corrida. O ex-piloto de Fórmula Um Takuma Sato, os pilotos promovidos oriundos da Indy Lights Ana Beatriz e Mario Romancini e a campeã da Formula Atlantic Simona de Silvestro. Todos ficaram classificados fora dos dez primeiros ao final da corrida, com de Silvestro levando três voltas durante a corrida.[3]

Pilotos e Equipes[editar | editar código-fonte]

No total 24 carros foram inscritos para corrida.[4]

Piloto Equipe Chassis Motor Pneu
2 Brasil Raphael Matos de Ferran Luczo Dragon Racing Dallara Honda F
3 Brasil Hélio Castroneves Team Penske Dallara Honda F
4 Reino Unido Dan Wheldon Panther Racing Dallara Honda F
5 Japão Takuma Sato (R) KV Racing Technology Dallara Honda F
6 Austrália Ryan Briscoe Team Penske Dallara Honda F
7 Estados Unidos Danica Patrick Andretti Autosport Dallara Honda F
8 Venezuela E. J. Viso KV Racing Technology Dallara Honda F
9 Nova Zelândia Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
10 Reino Unido Dario Franchitti Chip Ganassi Racing Dallara Honda F
11 Brasil Tony Kanaan Andretti Autosport Dallara Honda F
12 Austrália Will Power Team Penske Dallara Honda F
14 Brasil Vitor Meira A. J. Foyt Enterprises Dallara Honda F
18 Venezuela Milka Duno Dale Coyne Racing Dallara Honda F
19 Reino Unido Alex Lloyd (R) Dale Coyne Racing Dallara Honda F
22 Reino Unido Justin Wilson Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
23 Brasil Ana Beatriz (R) Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
24 Reino Unido Mike Conway Dreyer & Reinbold Racing Dallara Honda F
26 Estados Unidos Marco Andretti Andretti Autosport Dallara Honda F
32 Brasil Mario Moraes KV Racing Technology Dallara Honda F
34 Brasil Mario Romancini (R) Conquest Racing Dallara Honda F
37 Estados Unidos Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara Honda F
77 Canadá Alex Tagliani FAZZT Race Team Dallara Honda F
78 Suíça Simona de Silvestro (R) HVM Racing Dallara Honda F
06 Japão Hideki Mutoh Newman/Haas/Lanigan Racing Dallara Honda F

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto Equipe Q1 Q2[5] Q3[6]
Grupo 1[7] Grupo 2[8]
1 10 Reino Unido Dario Franchitti Chip Ganassi Racing 1:28.1779 1:27.6841 1:27.7354
2 77 Canadá Alex Tagliani FAZZT Race Team 1:28.8134 1:27.8474 1:27.7676
3 22 Reino Unido Justin Wilson Dreyer & Reinbold Racing 1:28.2275 1:27.6180 1:27.8183
4 37 Estados Unidos Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport 1:27.9184 1:27.7474 1:27.8756
5 12 Austrália Will Power Team Penske 1:28.9942 1:27.5030 1:28.0156
6 11 Brasil Tony Kanaan Andretti Autosport 1:28.2794 1:27.8382 1:28.6946
7 9 Nova Zelândia Scott Dixon Chip Ganassi Racing 1:28.2184 1:28.0104
8 6 Austrália Ryan Briscoe Team Penske 1:28.0110 1:28.1176
9 3 Brasil Hélio Castroneves Team Penske 1:27.9451 1:28.1200
10 5 Japão Takuma Sato (R) KV Racing Technology 1:29.6382 1:28.2679
11 78 Suíça Simona de Silvestro (R) HVM Racing 1:28.6879 1:28.8691
12 2 Brasil Raphael Matos De Ferran Luczo Dragon Racing 1:29.9423 1:29.0994
13 7 Estados Unidos Danica Patrick Andretti Autosport 1:30.1253
14 06 Japão Hideki Mutoh Newman/Haas/Lanigan Racing 1:28.4659
15 19 Reino Unido Alex Lloyd (R) Dale Coyne Racing 1:30.4641
16 14 Brasil Vitor Meira A. J. Foyt Enterprises 1:29.1131
17 8 Venezuela E. J. Viso KV Racing Technology 1:30.4947
18 4 Reino Unido Dan Wheldon Panther Racing 1:29.1960
19 24 Reino Unido Mike Conway Dreyer & Reinbold Racing 1:33.7584
20 34 Brasil Mario Romancini (R) Conquest Racing 1:30.8838
21 26 Estados Unidos Marco Andretti Andretti Autosport 1:39.6813
22 23 Brasil Ana Beatriz (R) Dreyer & Reinbold Racing 1:32.4161
23 32 Brasil Mario Moraes KV Racing Technology sem tempo
24 18 Venezuela Milka Duno Dale Coyne Racing 1:36.0065

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Voltas Tempo Largada Voltas na
Liderança
Pontos
1 12 Austrália Will Power Penske Racing 61 2:00:57.7112 5 4 50
2 37 Estados Unidos Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport 61 +1.8581 4 20 40
3 14 Brasil Vitor Meira A. J. Foyt Enterprises 61 +9.7094 16 0 35
4 2 Brasil Raphael Matos de Ferran Luczo Dragon Racing 61 +10.4235 12 0 32
5 4 Reino Unido Dan Wheldon Panther Racing 61 +10.8883 18 0 30
6 9 Nova Zelândia Scott Dixon Chip Ganassi Racing 61 +11.3473 7 0 28
7 10 Reino Unido Dario Franchitti Chip Ganassi Racing 61 +12.0579 1 29 29
8 24 Reino Unido Mike Conway Dreyer & Reinbold Racing 61 +12.1654 19 0 24
9 3 Brasil Hélio Castroneves Penske Racing 61 +12.7411 9 0 22
10 11 Brasil Tony Kanaan Andretti Autosport 61 +13.4850 6 0 20
11 22 Reino Unido Justin Wilson Dreyer & Reinbold Racing 61 +13.9193 3 0 19
12 8 Venezuela E. J. Viso KV Racing Technology 61 +16.9039 17 0 18
13 23 Brasil Ana Beatriz (R) Dreyer & Reinbold Racing 61 +19.6451 22 0 17
14 6 Austrália Ryan Briscoe Penske Racing 61 +1:24.9191 8 4 16
15 7 Estados Unidos Danica Patrick Andretti Autosport 60 +1 Volta 13 0 15
16 78 Suíça Simona de Silvestro (R) HVM Racing 58 +3 Voltas 11 4 14
17 34 Brasil Mario Romancini (R) Conquest Racing 46 Abandonou 20 0 13
18 19 Reino Unido Alex Lloyd (R) Dale Coyne Racing 30 Abandonou 15 0 12
19 77 Canadá Alex Tagliani FAZZT Race Team 28 Abandonou 2 0 12
20 06 Japão Hideki Mutoh Newman/Haas/Lanigan Racing 27 Abandonou 14 0 12
21 18 Venezuela Milka Duno Dale Coyne Racing 20 Abandonou 24 0 12
22 5 Japão Takuma Sato (R) KV Racing Technology 0 Abandonou 10 0 12
23 26 Estados Unidos Marco Andretti Andretti Autosport 0 Abandonou 21 0 12
24 32 Brasil Mario Moraes KV Racing Technology 0 Abandonou 23 0 12
Relatório

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as dez primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Will Power breaks vertebrae, suffers concussion in crash at Sonoma - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  2. «Meira breaks two vertebra in crash-filled Indy 500 - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  3. «SP Indy 300 tem chuva, acidentes e vitória de Will Power». Terra. Consultado em 17 de maio de 2016 
  4. IndyCar Series. «SP Entry List3-8-10» (PDF). Consultado em 11 de março de 2010. Arquivado do original (PDF) em 31 de março de 2010 
  5. «Sao Paulo Indy 300: Qualifying – Top 12» (PDF). IndyCar Series. Indy Racing League. 14 de março de 2010. Consultado em 16 de março de 2010. Arquivado do original (PDF) em 5 de junho de 2011 
  6. «Sao Paulo Indy 300: Qualifying – Fast 6» (PDF). IndyCar Series. Indy Racing League. 14 de março de 2010. Consultado em 16 de março de 2010. Arquivado do original (PDF) em 31 de março de 2010 
  7. «Sao Paulo Indy 300: Qualifying Round 1 – Group 1» (PDF). IndyCar Series. Indy Racing League. 14 de março de 2010. Consultado em 16 de março de 2010. Arquivado do original (PDF) em 5 de junho de 2011 
  8. «Sao Paulo Indy 300: Qualifying Round 1 – Group 2» (PDF). IndyCar Series. Indy Racing League. 14 de março de 2010. Consultado em 16 de março de 2010. Arquivado do original (PDF) em 5 de junho de 2011