Matheus Leist

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Matheus Leist
2017 500 Festival Parade - Drivers - Matheus Leist closeup (crop).jpg
Matheus Leist no Festival Parada 500 Milhas de Indianápolis de 2017
Informações pessoais
Nome completo Matheus Tobias Leist
Nacionalidade brasileiro
Nascimento 8 de setembro de 1998 (19 anos)
Novo Hamburgo, RS, Brasil
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2018 - presente
Equipes A.J. Foyt Enterprises (2018-)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0

Matheus Tobias Leist (Novo Hamburgo, 8 de setembro de 1998)[1] é um automobilista brasileiro.

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Início no kart e nos monopostos[editar | editar código-fonte]

Matheus começou no kart em 2006, quando tinha oito anos. Fez a carreira em São Paulo, disputando a Fórmula 3 Brasil, e em 2014 fez sua primeira temporada fora do país, na Fórmula 4, na Inglaterra. Conseguiu duas vitórias, terminou em quinto no campeonato e "subiu" para a F-3 inglesa.[1]

Fórmula 3 Inglesa[editar | editar código-fonte]

Em 2016 assinou com a equipe Raikkonen Robertson Racing para correr na Fórmula 3 inglesa. A equipe agora é dirigida por Anthony “Boyo” Hieatt, antigo engenheiro de Bruno Senna nos tempos em que o sobrinho de Ayrton Senna esteve na F3 inglesa, tendo como colega o compatriota Enzo Bortoleto.

Foram disputadas 23 corridas em oito fim de semanas diferentes, e ele se sagrou campeão com quatro vitórias e outros sete pódios, fechando com 496 pontos, contra 466 do britânico Ricky Collard.[2]

Em 2017, Leist correu na Indy Lights pela equipe Carlin Motorsport. Venceu a etapa de Indianapolis. Em Road America, ele testou o carro da equipe Andretti Autosport. Neste mesmo ano, assinou o contrato para correr pela equipe A.J. Foyt Enterprises ao lado do também brasileiro Tony Kanaan em 2018

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Matheus é filho de Vanda e Tobias Leist, empresário do setor calçadista e aficionado por carros, e irmão do também piloto Arthur Leist, campeão do Super Nationals (Skusa), mais importante evento do kartismo norte-americano.

Seu pai é o maior incentivador de sua carreira, tendo levado os dois filhos mais velhos a uma escolinha de kart em Tarumã em 2006, querendo que eles tivessem a oportunidade que nunca teve na infância[1]. Seu maior ídolo é Ayrton Senna e ele também admira Lewis Hamilton, Nico Rosberg, Fernando Alonso, Daniel Ricciardo e Max Verstappen.[3]

Há dois anos, tem como coach o piloto de Stock Car Danilo Dirani, que crê que Matheus tem mais capacidade de chegar à F1 dentre os juniores brasileiros devido ao seu talento e à sua mentalidade de vencedor. É torcedor do Internacional, nas horas vagas pratica esportes como futebol, tênis, vôlei, vai à academia e treina no simulador com o irmão.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]