Grande Prêmio da Europa de 2007

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
GP da Europa de F-1 2007
Nuerburgring-GP-Strecke.png
Mapa do circuito.
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 22 de Julho de 2007
Nome oficial LI Grand Prix of Europe
Local Nürburgring, Nürburg
Alemanha
Percurso 5.148 km
Total 60 voltas / 308.88 km
Pole
Piloto
Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari
Tempo 1:31.450
Volta mais rápida
Piloto
Brasil Felipe Massa Ferrari
Tempo 1:32.853 (na volta 34)
Pódio
Primeiro
Espanha Fernando Alonso McLaren-Mercedes
Segundo
Brasil Felipe Massa Ferrari
Terceiro
Austrália Mark Webber Red Bull-Renault

O Grande Prêmio da Europa de 2007 foi a décima corrida da temporada de 2007 da Fórmula 1. Inicialmente, ocorreria um rodízio ano a ano entre Nürburgring e Hockenheim como o Grande Prêmio da Alemanha. Esse rodízio realmente ainda ocorrerá, mas a nomenclatura oficial da corrida em Nürburgring, será GP da Europa e em Hockenheim, GP da Alemanha.

Resumo da corrida[editar | editar código-fonte]

Desde a largada, a prova foi muito tumultuada. Antes mesmo do início da corrida, havia o suspense sobre a participação ou não do líder do campeonato, Lewis Hamilton, que bateu forte contra o muro durante a terceira parte do treino oficial. O inglês acabou largando em décimo. Logo na largada, o brasileiro Felipe Massa ultrapassou o espanhol Fernando Alonso e chegou à segunda colocação, atrás do companheiro de equipe Kimi Räikkönen. Antes mesmo do fim da primeira volta, a chuva começou a cair e muitos carros rodaram, alguns saíram definitivamente da corrida, outros, como o próprio Hamilton, conseguiram voltar. Na entrada para os boxes para a troca de pneus, Räikkönen erra feio e tem de dar mais uma volta na chuva com pneus para pista seca. O alemão Markus Winkelhock, da Spyker, assume a primeira posição. Para segurança dos pilotos, a prova é paralisada.

Na relargada, o brasileiro assume a ponta, com Alonso em segundo. Após algumas voltas a pista seca e Massa mantém a primeira posição, com o espanhol da McLaren logo atrás. Faltando aproximadamente 10 voltas para o fim, a chuva volta novamente. Os pilotos têm de trocar os pneus e na volta à pista, Fernando Alonso é melhor piloto de chuva que Felipe Massa, então andou mais rápido que o Massa. O brasileiro tentou segurar o espanhol o quanto pôde. Na hora da ultrapassagem, Massa toca em Alonso, sem danos significativos para ambos. O espanhol vence a corrida, reduzindo a diferença de pontos no Campeonato de Pilotos para o líder Hamilton, que, pela primeira vez na temporada, não pontuou.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino Oficial[editar | editar código-fonte]

Pos Nome Equipe/Motor Parte 1 Parte 2 Parte 3
1 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:31.522 1:31.237 1:31.450
2 Espanha Fernando Alonso McLaren-Mercedes 1:31.074 1:30.983 1:31.741
3 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:31.447 1:30.912 1:31.778
4 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 1:31.889 1:31.652 1:31.840
5 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 1:31.961 1:31.444 1:32.123
6 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:32.629 1:31.661 1:32.476
7 Finlândia Heikki Kovalainen Renault 1:32.594 1:31.783 1:32.478
8 Itália Jarno Trulli Toyota 1:32.381 1:31.859 1:32.501
9 Alemanha Ralf Schumacher Toyota 1:32.446 1:31.843 1:32.570
10 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:31.587 1:31.185 1:33.833
11 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 1:32.117 1:31.978
12 Austrália Alexander Wurz Williams-Toyota 1:32.173 1:31.996
13 Itália Giancarlo Fisichella Renault 1:32.378 1:32.010
14 Brasil Rubens Barrichello Honda 1:32.674 1:32.221
15 Reino Unido Anthony Davidson Super Aguri-Honda 1:32.793 1:32.451
16 Japão Takuma Sato Super Aguri-Honda 1:32.678 1:32.838
17 Reino Unido Jenson Button Honda 1:32.983
18 Estados Unidos Scott Speed Toro Rosso-Ferrari 1:33.038
19 Itália Vitantonio Liuzzi Toro Rosso-Ferrari 1:33.148
20 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 1:33.151
21 Alemanha Adrian Sutil Spyker-Ferrari 1:34.500
22 Alemanha Markus Winkelhock Spyker-Ferrari 1:35.940

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos No Piloto Equipe Voltas Tempo/Abandono Grid Pontos
1 1 Espanha Fernando Alonso McLaren-Mercedes 60 2:06:26.358 2 10
2 5 Brasil Felipe Massa Ferrari 60 +8.155 3 8
3 15 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 60 +1:05.674 6 6
4 17 Áustria Alexander Wurz Williams-Toyota 60 +1:05.937 12 5
5 14 Reino Unido David Coulthard Red Bull-Renault 60 +1:13.656 20 4
6 9 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber 60 +1:20.298 4 3
7 10 Polónia Robert Kubica BMW Sauber 60 +1:22.415 5 2
8 4 Finlândia Heikki Kovalainen Renault 59 +1 volta 7 1
9 2 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 59 +1 volta 10
10 3 Itália Giancarlo Fisichella Renault 59 +1 volta 13
11 8 Brasil Rubens Barrichello Honda 59 +1 volta 14
12 23 Reino Unido Anthony Davidson Super Aguri-Honda 59 +1 volta 15
13 12 Itália Jarno Trulli Toyota 59 +1 volta 8
Ret 6 Finlândia Kimi Raikkonen Ferrari 34 Hidráulico 1
Ret 22 Japão Takuma Sato Super Aguri-Honda 19 Abandono 16
Ret 18 Alemanha Ralf Schumacher Toyota 18 Colisão 9
Ret 21 Alemanha Markus Winkelhock Spyker-Ferrari 13 Hidráulico 22
Ret 7 Reino Unido Jenson Button Honda 2 Rodada 17
Ret 20 Alemanha Adrian Sutil Spyker-Ferrari 2 Rodada 21
Ret 16 Alemanha Nico Rosberg Williams-Toyota 2 Rodada 11
Ret 18 Estados Unidos Scott Speed Toro Rosso-Ferrari 2 Rodada 18
Ret 19 Itália Vitantonio Liuzzi Toro Rosso-Ferrari 2 Rodada 19

Notas[editar | editar código-fonte]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas na tabela.

*Os pontos da McLaren foram excluídos após o GP da Hungria.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 2007
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2007
Próxima Prova:
Grande Prêmio da Hungria de 2007

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Europa de 2006
Grande Prêmio da Europa Próxima Prova:
Grande Prêmio da Europa de 2008


Temporada de Fórmula 1 de 2007 F1 2007: Equipes e pilotos | GPs Current event marker.png Atualizado: 21/10/2007

Fim do campeonato de 2007

GP Anterior: Brasil Brasil (21 de Outubro)
Autódromo de Interlagos, São Paulo, Brasil
Vencedor: Kimi Räikkönen (Ferrari)

Mundial de pilotos
1 Räikkönen 110
2 Hamilton 109
3 Alonso 109
4 Massa 94
5 Heidfeld 61
Construtores
1 Ferrari 204
2 BMW Sauber 101
3 Renault 51
4 Williams 33
5 Red Bull 24