Zhenjin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Borjigin Zhenjin
孛兒只斤真金
Príncipe Herdeiro
Esposas Kukachin
Descendência Gammala 孛兒只斤甘麻剌
Darmabala 孛兒只斤答剌麻八剌
Temür 孛兒只斤奇渥温鐵穆耳
Nome póstumo Imperador Wenhui Mingxiao 文惠明孝皇帝
Nascimento 1243
Morte 5 de janeiro de 1286
Pai Kublai Khan
Mãe Chabi
Religião Confucionismo

Zhenjin (chinês: 真金; 1243 - 5 de janeiro de 1286), também chamado Jingim, Chinkim, ou Chingkim (em mongol: Чингим/Chingim), foi o segundo filho de Kublai Khan, fundado da dinastia Yuan. Foi designado como Príncipe Herdeiro (皇太子) por Kublai Khan em 1273, e tornou-se chefe de Zhongshusheng (Chinês: 中書省, "Secretário Geral"). O mongebudista Haiyun deu-lhe o nome de Zhenjin (Ouro Verdadeiro) quando ele nasceu em 1243. Ele também é conhecido por ser adepto do confucianismo. Zhenjin morreu em 5 de janeiro de 1286, 8 anos antes de seu pai Kublai Khan. Angustiado pela sua morte, Kublai Khan fez do filho de Zhenjin, Temür, o novo príncipe herdeiro, o qual mais tarde viria a se tornar Temür Khan ou Imperador Chengzong.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

Príncipe Chinkin é um personagem central da minissérie ítalo-americana de 1989 Marco Polo, vivido pelo ator Junichi Ishida.[1]

"Prince Jingim" é também um personagem central da série original da Netflix de 2014 Marco Polo, vivido pelo ator Remy Hii.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Marco Polo (em inglês) no Internet Movie Database
  2. «Netflix's 'Marco Polo' Sets Its Cast». The Hollywood Reporter. 8 de abril de 2014. Consultado em 8 de abril de 2014