Étagère

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma étagère para dispor petiscos ou doces.
Uma étagère antiga tradicional.

Étagère (do francês « prateleira ») é um termo geralmente empregado em decoração para se referir a um conjunto de pratos conectados por uma haste de metal no eixo central com o objetivo final de servir como objeto decorativo para dispor doces, bolos, cupcakes ou outros pequenos petiscos, de forma a tornar a apresentação mais atraente e elegante.[1]

Uso tradicional[editar | editar código-fonte]

Originalmente, o termo refere-se a uma série de prateleiras amparadas por duas ou quarto barras, geralmente de madeira, formando um móvel aberto e leve.[2] [nota 1]

A paixão por colecionar e expor objetos ornamentais, que começou no século 18 e se espalhou na Europa e nos Estados Unidos no século 19, estimulou a produção de tais peças de mobiliário.[2]

Na França do fim do século 18 era uma peça de mobília leve que foi muito produzida e usada. Consistia de uma série de prateleiras em forma de estante na qual se colocavam objetos decorativos ou outros pequenos artigos, como livros. Tinham geralmente formato diagonal e os melhores exemplos no « estilo Luís XVI » eram feitos em madeiras exóticas. Eram objetos muito graciosos e elegantes.

Notas

  1. Nesse sentido, para mobília, usa-se preferencialmente o termo em português « aparador ».[3]

Referências

  1. Adm. do sítio (2011). Étagères Pinterest. Visitado em 08/02/2014.
  2. a b Redação do portal (2005). Étagère Encyclopaedia Britannica. Visitado em 08/02/2014.
  3. Editores do sítio (2007). Étagère Dicionário Caldas Aulete. Visitado em 08/02/2014.


Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.