Þorramatur

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Þorramatur
Lifrarpylsa: salsicha de fígado de ovelha.
Harðfiskur: peixe seco.

Þorramatur (significando "comida do þorri") é um repasto tradicional da Islândia. É considerado como o prato nacional do país.

Atualmente, o þorramatur é sobretudo consumido no mês þorri do antigo calendário nórdico, em Janeiro e Fevereiro, em particular no banquete de meados do Inverno, denominado Þorrablót (ou Thorrablot), em honra da antiga cultura.

Pratos[editar | editar código-fonte]

O Þorramatur é, na realidade, constituído por diversos pratos diferentes, incluindo:

  • Kæstur hákarl, tubarão podre
  • Súrsaðir hrútspungar, escroto de ovelha curado, incluindo testículos
  • Svið, cabeças de ovelha
  • Sviðasulta, uma conserva de svið
  • Lifrarpylsa, salsicha de fígado de ovelha, feita com Vísceras (também conhecida como slátur, que significa matança)
  • Blóðmör, gordura de sangue, uma espécie de sarrabulho
  • Harðfiskur, peixe seco (bacalhau e arinca, entre outros), servido com manteiga
  • Rúgbrauð (pão de centeio), um pão de centeio tradicional da Islândia
  • Hangikjot, (carne pendurada), normalmente borrego fumado
  • Lundabaggi, gordura de borrego
  • Selshreifar, barbatana de foca (ocasionalmente: apenas se as focas forem caçadas pelos anfitriões)

Durante o mês de þorri, são bastante populares as refeições de þorrimatur na Islândia. Em Reiquiavique e noutras cidades, muitos restaurantes servem-no durante todo o período, quase sempre em travessas de madeira, chamadas trog. Nestas reuniões, a bebida islandesa Brennivín é frequentemente consumida em abundância.

Referências[editar | editar código-fonte]