A Droga do Amor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde novembro de 2013).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde novembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A Droga do Amor
Autor (es) Pedro Bandeira
Idioma Português
País  Brasil
Género Aventura
Série Os Karas
Editora Moderna
Lançamento 1994
Páginas 175

A Droga do Amor é um livro de Pedro Bandeira, da série Os Karas, da Editora Moderna.[1] Foi publicado pela primeira vez em 2003 e mais tarde, em 2009, com uma capa diferente, porém, o mesmo conteúdo. Na obra, os Karas (grupo secreto, formado pelos estudantes Magrí, Chumbinho, Miguel, Calu e Crânio, que busca desvendar mistérios) se reúnem novamente, dessa vez para investigar o sequestro de um cientista americano, que havia criado a cura para o mal que transforma o amor em morte. Ao mesmo tempo, o Doutor Q.I., grande criminoso, foge da Penitenciária de Segurança Máxima. Para agravar a situação, Miguel, Calu e Crânio estão apaixonados por Magrí e não querem disputar por sua atenção.

Personagens principais[editar | editar código-fonte]

Crânio: é o mais inteligente dos Karas. Sempre que está pensando em soluções para os problemas que os Karas enfrentam, toca uma gaita para clarear sua mente;

Miguel: foi quem decidiu unir os amigos Crânio, Calu, Magrí para criar o grupo dos Karas, que no começo era só uma brincadeira, mas acabou ficando muito mais sério;

Calu: é o menino mais bonito do colégio Elite, mas, como todos os outros Karas, ele só tem olhos pra Magrí;

Magrí: a única menina do grupo, é a atleta da escola e todos os Karas são apaixonados por ela;

Chumbinho: é o mais novo e o último a entrar para os Karas, mas mesmo assim é o mais corajoso e persistente deles;

Doutor Q.I.: é um criminoso muito inteligente, um dos principais inimigos dos Karas;

Detetive Andrade: é um detetive da polícia muito amigo dos Karas, que sempre os ajuda a resolver os crimes. Considera os Karas como "seus meninos".


Referências

Wiki letter w.svg Este artigo sobre livro é mínimo. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.