A Morte de Sócrates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
A Morte de Sócrates
Autor Jacques-Louis David
Data 1787
Técnica óleo sobre tela
Dimensões 129.5 cm × 196.2 cm
Localização Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque

A Morte de Sócrates (fr: La Mort de Socrate) é uma pintura de 1787 do pintor francês Jacques-Louis David.

Representa a cena de morte do filósofo grego Sócrates, por ter sido contra as ideias dos atenienses e corromper a mente dos mais jovens. A pintura também retrata Platão e Críton, com o primeiro sentado melancolicamente na beira da cama e Críton segurando o joelho de Sócrates. Sócrates tinha a opção de ir para o exílio (e, portanto, desistir de sua vocação filosófica) ou ser condenado à morte. Sócrates escolheu a morte. No quadro, de vestes vermelhas, um discípulo de Sócrates, segura a taça de Conium. A mão de Sócrates aponta para o céu, indicando a sua reverência aos deuses e atitude corajosa pela sua morte.

Esta pintura é considerada uma das maiores obras de Jacques-Louis David e está exposta em Nova Iorque no Metropolitan Museum of Art.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre A Morte de Sócrates