Academia de Línguas Maias da Guatemala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A Academia de Línguas Maias da Guatemala (em espanhol Academia de Lenguas Mayas de Guatemala, ALMG) é uma organização guatemalteca que regulamenta o uso das 21 línguas maias faladas no território da Guatemala. Em particular, os seus esforços têm sido direccionados para padronização das várias ortografias utilizadas bem como para a promoção da cultura maia, por meio de cursos de línguas maias e formação de intérpretes bilingues (espanhol-maia).

Foi fundada em 16 de Novembro de 1990, após a publicação da Ley de la Academia de Lenguas Mayas de Guatemala pelo Congresso da Guatemala, e encontra-se sediada na Zona 10 da Cidade da Guatemala.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]