Acrônimo recursivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um acrônimo recursivo é uma abreviatura que refere-se a si mesma na expressão que a simboliza. Devido a natureza da língua inglesa, a qual permite frases infinitamente recursivas, abreviaturas recursivas são definições circulares.

Exemplos relativos à informática[editar | editar código-fonte]

Em computação, uma antiga tradição da comunidade hacker (especialmente no MIT) era escolher acrônimos e abreviaturas que se referissem humoristicamente a si mesmos ou a outras abreviaturas. Talvez o primeiro exemplo neste contexto, por volta de 1977 ou 1978, é TINT ("TINT Is Not TECO")[1] , um editor para MagicSix. Isto inspirou dois editores de LISP do MIT denominados EINE ("EINE Is Not Emacs") e ZWEI ("ZWEI Was EINE Initially"). Estes foram seguidos pelo GNU ("GNU's not UNIX") de Richard Stallman. Muitos exemplos incluem negativas, como negações de que a coisa definida seja ou se pareça com outra coisa.

Exemplos técnicos[editar | editar código-fonte]

Muito visto na informática:

  • PHP - PHP Hypertext Preprocessor
  • GNU - GNU (is) Not Unix
  • WINE - WINE Is Not Emulator
  • LINUX - LINUX Is Not UniX
  • BING - BING Is Not Google
  • ZFS - ZFS File System

Exemplos não-técnicos[editar | editar código-fonte]

Acrônimos recursivos não estão limitados à terminologia de informática. Por exemplo, algumas empresas foram renomeadas desta forma:

  • NEAR — Near Earth Asteroid Rendezvous
  • BWIA — BWIA West Indies Airways (ex-British West Indian Airways)
  • GES — GES Exposition Services (ex-Greyhound Exposition Services)
  • SAABSaab Automobile Aktiebolaget (ex-Svenska Aeroplan Aktiebolaget)
  • TAP - TAP Air Portugal — em português, todavia, TAP é um acrônimo de Transportes Aéreos de Portugal e não é recursivo.
  • VISA — Visa International Service Association
  • ADAP - ADAP Discount Auto Parts
  • MOCS - Mocs, One Curious Solution

Exemplos ficcionais[editar | editar código-fonte]

  • Em Twin Peaks, Laura Palmer descobre que sua nêmesis, Bob, era um acrônimo para Beware of Bob ("cuidado com Bob")[2]

Referências

  1. Unix Gnu.org.
  2. Bob the demon (em inglês) Tvacres.com.

Ver também[editar | editar código-fonte]