Aderno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAderno
Heberdenia excelsa.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Primulales
Família: Myrsinaceae
Género: Heberdenia
Espécie: H. excelsa
Nome binomial
Heberdenia excelsa
(Ait.) Banks

O Aderno é uma planta do género botânico da família Myrsinaceae, espécie endémica da ilha da Madeira e das ilhas Canárias com a denominação: Heberdenia excelsa (Aiton) Banks ex DC.

Apresenta-se como uma árvore cuja folhagem é persistente podendo atingir 20 metros de altura. O tronco apresenta-se liso, de uma esbranquiçada-acinzentada. As folhas são inteiras, coriáceas, com nervação reticulada e com pecíolos acastanhados.

Apresenta pequenas flores com uma cor verde-amarelada, dispostas em fascículos.

Os seus frutos (drupas) são globosos, de cor que vai do vermelhos ao purpúreo-negros quando maduros.

Trata-se de uma espécie endémica da ilha da Madeira e das Canárias, que vive principalmente na floresta de Laurissilva do Til. Surge também ilha do Porto Santo e nas Deserta Grande (Arquipélago da Madeira).

Floração: Maio a Setembro.

Foi ao longo do tempo utilizada como a madeira de qualidade visto que a sua madeira é pesada, dura e resistente. Foi usada no fabrico de pipas para mel e vinho, quilhas de botes, bem como para embutidos. A casca foi utilizada para curtir péles.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Árvores e Florestas de Portugal - Açores e Madeira, Edic. Público, Comunicações, SA. Dep. Legal nº 254481/2007

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aderno