Adolf Merckle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adolf Merckle
Nascimento 11 de Março de 1934
Dresden, Alemanha Alemanha
Morte 5 de janeiro de 2009 (74 anos)
Blaubeuren, Alemanha Alemanha
Fortuna Baixa US$ 9,2 bilhões
Ocupação empresário, investidor
Causa da morte suicídio

Adolf Merckle (18 de março de 19345 de janeiro de 2009) foi um empresário e investidor, e uma das pessoas mais ricas da Alemanha.[1]

Adolf Merckle nasceu em Dresden, Alemanha, numa família rica — grande parte de sua fortuna ele obteve por herança. Ele desenvolveu a indústria química de seu avô e a transformou numa das maiores indústrias farmacêuticas da Alemanha, a Phoenix Pharmahandel. Sua família também era detentora do fabricante de medicamentos genéricos Ratiopharm, e grande parte da companhia de cimento HeidelbergCement, e ainda da fabricante de automóveis Kässbohrer.

Adolf Merckle teve formação em Direito mas trabalhou a maior parte da vida como investidor. Ele viveu na Alemanha com sua esposa e seus quatro filhos.

Morte[editar | editar código-fonte]

Adolf Merckle fez um investimento especulativo baseado na sua crença de que o preço das ações da Volkswagen iria cair quando, em outubro de 2008, ações da Volkswagen, por meio da Porsche, foram de 210,85 para mais de €900 em menos de dois dias na DAX, resultando em grandes perdas para Merckle. Em 2007 sua fortuna havia sido estimada em US$ 12,8 bilhões (Forbes), e em dezembro de 2008 era de US$ 9,2 bilhões — uma perda de mais de 28%.

No dia 4 de janeiro de 2009, Adolf Merckle saiu de casa à noite e não voltou, segundo sua família.[2] Às 19:00 do dia 5 de janeiro, um funcionário da companhia de trens alemã encontrou um corpo nos trilhos na cidade de Blaubeuren (uma cidade próxima à cidade onde Merckle morava) e notificou a polícia — Adolf Merckle havia cometido suicídio jogando-se na frente de um trem.[3] [4]

Referências