Al-Qamishli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Qamishli (em árabe: القامشلي; Al Qāmišlī, curdos: Qamişlo; siríaco: ܩ ܡ ܫ ܠ ܐ Qamišlo ou ܒ ܝ ܬ ܙ ܐ ܠ ܝ ̈ ܢ Bet Zālin; Turco: Kamışlı) é uma cidade componente da Síria, junto a fronteira com Nusaybin, na Turquia. A cidade é a capital do distrito de Al-Qamishli dentro da governadoria. Seu governante é Al Hasakah. Atualmente a cidade têm uma população de 232.258 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Al-Qamishli está situada próxima aos montes Tauro, localizada perto da antiga cidade de Urkesh, sendo esta fundada por volta de 3800 a.C.. A moderna cidade foi fundada em 1926 com uma estação de trem na ferrovia Tauro[1] . Qamishli é a maior cidade na província de Hassake e é considerada a capital secreta dos curdos, os assírios / sírios afirmam também que ele seja seu capital comunidade. É também o centro do problema curdo sírio.

Petróleo[editar | editar código-fonte]

Al Qamishli recentemente experimentou uma boa situação econômica, devido à exploração de petróleo na Shuk Qarah, região 80 km a leste de Al Qamishli.

Referências

  1. "Al-Qamishli" - Encyclopædia Britannica, 2006.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Al-Qamishli