Al 'Aziziyah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Al Azizia (Al 'Aziziyah)
طرابلس
País  Líbia

Al 'Aziziyah (em árabe: العزيزيه ) é uma das regiões da Líbia, localizada ao norte do país, que detém o estatuto de município. Al 'Aziziyah é também o nome da capital da região.

Em 13 de setembro de 1922 a temperatura de 57,8 °C (135,9 °F) foi erroneamente registrada na cidade de Al 'Aziziyah, considerada a temperatura mais alta naturalmente alcançada já registrada na superfície da Terra.[1] O erro foi reconhecido em 2012 pela Organização Mundial de Meteorologia, depois de uma equipa internacional de cientistas ter apontado cinco defeitos aos registos líbios. Na origem da confusão está o facto de, na altura, os militares italianos responsáveis por tais registos usarem um instrumento já na altura considerado obsoleto, um termómetro “six-bellini”, com origem no século XVIII. Quem fez os registos não soube ler o aparelho, que fornece várias informações para temperaturas mínimas e máximas. Assim, naquele dia, a temperatura terá até sido 7 graus inferior, valor muito mais compatível com a meteorologia local e outras medições feitas à época na região envolvente, por exemplo, nas estações meteorológicas na capital, Trípoli. Dessa maneira, o recorde de temperatura mais alta do planeta foi passado para uma pousada estadunidense chamada Furnace Creek Ranch, localizada na região do Vale da Morte, na Califórnia, onde foi registada a temperatura de 56,7ºC em 10 de julho de 1913.[2] .

Referências

  1. Global Measured Extremes of Temperature and Precipitation (em inglês). National Climatic Data Center. Página visitada em 13 de setembro de 2009.
  2. 56,7 ºC. Vale da Morte recupera recorde de lugar mais quente.
Ícone de esboço Este artigo sobre a Líbia é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.