Amitaba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Estátua do Buda Amida em Camacura, no Japão

Amitaba, Amitabha ou Amida (do sânscrito amitaabha)é um dos Cinco Budas da Meditação. É o buda principal da família de Lótus (em tibetano: Pema), da direção Oeste, de cor vermelha, que purifica o carma do desejo. O seu animal associado é o pavão e seu elemento, o fogo. Seu agregado é a percepção. Representa a sabedoria discriminativa dos budas. Sua sílaba sagrada em tibetano é hri. Sua consorte é Mamaqui, que representa a propriedade do que é sólido. Amitaba tem um especial comprometimento com a iluminação de todos os seres, sendo conhecido como o buda da transferência da consciência na hora da morte e da passagem pelo bardo, sendo objetivo dos que o cultuam alcançar a iluminação ou renascer na Terra Pura de Amitaba, onde se alcançaria a iluminação.

No Tibete, é conhecido por Od Pagme e, no Japão por Amida Niorai (阿弥陀如来, あみだにょらい), sendo o mantra do Buda Amida em japonês conhecido por nenbutsu, como contração de namo Amida Butsu. Acredita-se que a repetição do nenbutsu leva ao renascimento na Terra Pura de Amitaba. A devoção ao renascimento na Terra Pura de Amitaba originou, no Japão, o budismo terra pura. Para os japoneses, Amida governa a região da felicidade, do céu e personifica a inteligência da prédica e a caridade no amor. Impõe, para o gozo da bem-aventurança, cinco prescrições: não matar, não roubar, não se entregar à libertinagem, não mentir e não ingerir substâncias entorpecentes ou alucinógenas.

É representado ora com três cabeças e longas barbas, ora com uma cabeça de cão, montado em um cavalo de sete cabeças, ou ainda sentado, tendo as pernas cruzadas sobre um lótus. No budismo vajrayana, praticamente todas as divindades representadas na cor vermelha pertencem à família Lótus e, em geral, em sua iconografia, possuem uma pequena imagem do Buda Amitaba sobre suas cabeças, indicando serem uma emanação em relação a Amitaba.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Budismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.