András Schiff

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sir András Schiff, Kt (21 de dezembro de 1953) é um pianista húngaro-britânico.

Nasceu em Budapeste, e começou a ter aulas de piano aos cinco anos de idade com Elisabeth Vadasz.

Estudou na 'Academia de Música Franz Liszt de Budapeste e em Londres, com George Malcolm. Emigrou da Hungria em 1979.[1] Formou a sua própria orquestra de câmara, a Cappella Andrea Barca, em 1999.

É um dos intérpretes mais aclamados de Johann Sebastian Bach, Wolfgang Amadeus Mozart, Franz Schubert e Robert Schumann.

Schiff é cidadão britânico desde 2001. É casado com a violinista Yuuko Shiokawa.

Recebeu a medalha Wigmore Hall[2] em Londres. Foi premiado pela Royal Academy of Music o Kohn Foundation Bach Prize em 2007.[3]

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • Finalista em Leeds International Pianoforte Competition (1975)
  • Grammy na categoria "Best Instrumental Soloist Performance" (1990)
  • Medalha em Memória de Claudio Arrau (1994)
  • Prémio Kossuth (1996)
  • Prêmio de Música Léonie Sonning (1997)
  • Royal Academy of Music Prémio Bach (2007)

Referências

  1. Stephen Moss (14 de maio de 1999). Bach to the future (em inglês) The Guardian. Página visitada em 28 de agosto de 2007.
  2. Wigmore Hall website - 110th anniversary and medal presentation (em inglês) Wigmore-hall.org.uk.
  3. Royal Academy of Music / Kohn Foundation Bach Prize is awarded to John Butt (em inglês) Ram.ac.uk. Página visitada em 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.