Baía de Sydney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baía de Sydney e Port Jackson junto com a Ponte da Baía de Sydney e a Ópera de Sydney.
Port Jackson.

A Baía de Sydney (em inglês: Sydney Harbour), também chamada Port Jackson, é um porto natural em volta do qual se situa a maior aglomeração urbana da Austrália, Sydney. Na baía localizam-se dois dos mais famosos símbolos da cidade, a Ópera de Sydney (Sydney Opera House), e a Ponte do Porto de Sydney (Sydney Harbour Bridge), que juntas formam uma das vistas mais bonitas e fotografadas do mundo. Outra ponte que atravessa a Baía é a Ponte ANZAC. O Porto estende-se por 19 km do mar da Tasmânia a leste até às proximidades do subúrbio chamado Glebe, a oeste. Neste ponto, reduz-se a dois rios conhecidos como rio Parramatta e Rio "Lane Cove". O Parque Olímpico de Sydney é banhado pelo Rio Parramatta.

A Baía de Sydney incorpora inúmeras outras baías menores tanto a Norte como a Sul, sendo as maiores localizadas a Sul, incluindo a chamada "Sydney Cove", que banha a área conhecida por "Circular Quay", bem no coração do centro da cidade. Outras baías destacáveis são a "Cockle Bay" (no famoso "Darling Harbour"), Woolloomooloo Bay, Watsons Bay, Double Bay, e Rose Bay. Inúmeras pequenas ilhas existem dentro da Baía, destacando-se "Cockatoo Island" (onde realizam-se festivais musicais e outros eventos) e o "Forte Deninson", que foi uma prisão a céu aberto no passado, e hoje é mais uma atração turística de Sydney.

Nas margens Norte, localizam-se alguns dos bairros residenciais mais afluentes de Sydney e da Austrália, incluindo Mosman, Kirribilli, e Neutral Bay.

Inúmeras embarcações navegam pela Baía de Sydney, incluindo alguns dos maiores cruzeiros turísticos do mundo que anualmente visitam a cidade, navios militares que ancoram na Base da Marinha em Woolloomooloo Bay, e barcos de passageiros que fazem parte do sistema público de transporte de Sydney (Sydney Ferry Boats), e transportam passageiros de Manly, passando pelo centro da cidade e pelo Parque Olímpico de Sydney, até Parramatta na Zona Oeste. Nos fins-de-semana, muitos moradores velejam pelas suas águas, formando um belo espetáculo.

A maior corrida de iates da Austrália, a "Sydney to Hobart Yacht Race", parte da Baía de Sydney no dia 26 de Dezembro, e segue até Hobart, Tasmânia, todos os anos, percorrendo uma distância de mais de 600 Milhas Náuticas.

A maior celebração de Ano Novo no país também é celebrada nas margens da Baía de Sydney, quando mais de Um Milhão de pessoas assistem a uma das queimas de fogos-de-artifício mais espetaculares do planeta.

Sydney, com a Harbour Bridge e a Opera House ao fundo.
Sydney, com a Harbour Bridge e a Opera House ao fundo.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Austrália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.