Balística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Aparelho usada na criminalística para determinar a balística de uma arma de fogo.

Balística é a ciência que estuda o movimento dos projéteis, especialmente das armas de fogo, seu comportamento no interior destas e também no seu exterior, como a trajetória, impacto, marcas, explosão, etc., utilizando-se de técnicas próprias e conhecimentos de física e química, além de servir a outras ciências.

Pode-se analisar o movimento de balística como uma composição de movimentos. Desconsiderando forças de carater dissipativos, na vertical, o projétil está exposto a um movimento retilíneo uniformemente variado em decorrência da aceleração da gravidade. Na horizontal, o projétil está exposto a um movimento uniforme uma vez que não há aceleração na horizontal. Apesar de tudo, a balística é uma ciência tudo menos linear, com inúmeras variáveis.

A Balística subdivide-se em quatro secções principais:

Primeiros estudiosos[editar | editar código-fonte]

Um dos primeiros estudiosos da balística foi Leonardo da Vinci, grande parte de seus estudos ainda são aplicados em armas modernas. Leonardo desenhou balas de canhão mais eficientes com formatos mais cilíndricos, muito parecido com as balas modernas.

Niccolò Tartaglia estuda aerodinâmica, conseguindo associar a velocidade inicial do projétil com determinada angulação para bater determinados objetivos.

Isaac Newton estudou o movimento dos corpos, a interferência do ar e da água. Newton descobriu que a resistência do ar ao movimento de um projéctil, era aproximadamente proporcional ao quadrado da velocidade a que o mesmo se desloca, tendo postulado uma lei.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ciência Forense: balística - Prof. Emiliano Chemello [1]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.