Bandeira da Antártida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Tratado da Antárctida.

A Antárctica não tem bandeira oficial, dado que não é uma nação e não tem governo próprio. A Organização do Tratado da Antártica adoptou uma bandeira em 2002 que representa não-oficialmente o continente.

Propostas apresentadas[editar | editar código-fonte]

Proposta de Graham Bartram[editar | editar código-fonte]

Proposta de Graham Bartram
Ícone de esboço Este artigo sobre vexilologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Graham Bartram usa a bandeira das Nações Unidas como modelo. Um mapa branco em fundo azul simboliza neutralidade (vários países reivindicam territórios na Antártica). Essa bandeira foi de facto hasteada em 2002 por algumas estações de pesquisa lá estacionadas, quando um editor de um jornal académico da Associação Norte-Americana de Vexilologia levou consigo várias cópias da bandeira numa viagem à Antártica. É talvez a bandeira mais popular para a Antártica, sendo encontrada com facilidade na Internet.

Proposta de Whitney Smith[editar | editar código-fonte]

Proposta de Whitney Smith

Whitney Smith usa a cor laranja (é a cor internacional de socorro, contrasta melhor contra a neve e para evitar confusão não é parecida com mais nenhuma outra bandeira do mundo). O emblema tem vários componentes. O 'A' é de Antártica. A base debaixo do 'A' é a parte do globo que a Antártica ocupa, com o Norte para cima. As duas mãos segurando a parte do globo, representam um uso pacífico pela Humanidade. O emblema é branco para representar a neve e o gelo da Antártica, e está na tralha para que com os ventos fortes do continente não se desgaste. Não há registo de alguma vez ter sido fabricada, quanto mais utilizada na Antártica. Aparece no entanto nalguns livros e atlas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]