Banlieue 13

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Banlieue 13
B13 - Os Gangs do Bairro 13 (PT)
B13 - 13º Distrito (BR)
 França
2004 • cor • 84 min 
Direção Pierre Morel
Produção Luc Besson
Roteiro Luc Besson
Bibi Naceri
Elenco Cyril Raffaelli
David Belle
Tony D'Amario
Bibi Naceri
Dany Verissimo
François Chattot
Nicolas Woirion
Patrick Olivier
Samir Guesmi
Género Ação futurista
Idioma francês
Música Bastide Donny
Da Octopuss
Damien Roques
Efeitos especiais Philippe Hubin
Denis Le Doyen
Jean-Christophe Magnaud
Cinematografia Manuel Teran
Edição Stéphanie Gaurier
Frédéric Thoraval
Estúdio Europa Corp.
TF1 Films Production
Canal+
Distribuição França EuropaCorp. Distribution
Brasil Califórnia Home Vídeo
Lançamento França 10 de Novembro de 2004
Portugal 2 de Junho de 2005
Cronologia
Último
Último
Banlieue 13 - Ultimatum
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Banlieue 13 (br: B13 - 13º Distrito; pt: B13 - Os Gangs do Bairro 13) é um filme de ação francês de 2004. Dirigido por Pierre Morel, escrito e produzido por Luc Besson. David Belle, fundador do parkour, é um dos protagonistas do filme.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história se passa no subúrbio de Paris, ao ano de 2010. O bairro é abandonado pelas autoridades, teve suas escolas fechadas e com o intuito de combater a criminalidade, foi construído um muro ao seu redor, sob autorização do governo federal[1] . Ninguém consegue controlar o 13º Distrito, dominado pela criminalidade, tráfico de drogas e inclusive corrupção policial.

Dois jovens heróis, Leïto e Damien, nascidos quando aquilo se tornou uma terra de ninguém e lutando contra um governo repressor e militares corruptos, têm 24 horas para entrar e salvar o que se tornou um local violento e fora de controle. Há uma conspiração envolvendo as autoridades militares e uma bomba prestes a explodir e a acabar com um raio de 8 km do bairro.

Leïto, cidadão comum indignado com a criminalidade no B-13 e com espírito revolucionário, toma uma atitude arriscada, apreendendo 20 Kg de cocaína que seriam traficados pelos capangas de "Taha", o "chefão" do tráfico no B-13. Ao passo que os capangas de Taha, liderados por "K2" (capanga de confiança de Taha) estão chegando em seu prédio, Leïto está desfazendo-se de toda a droga que apreendeu, jogando-a em uma banheira e despejando água em cima de cada pacote, lutando contra o tempo, tendo que abrir um por um e dissolver, antes que os capangas cheguem e o peguem.

Felizmente, após dar muito trabalho aos capangas e depois de muita ação, Leïto consegue escapar. Mas não vai ficar por isso. Por não terem recuperado a droga e nem terem pegado Leïto, Taha - muito autoritário e pouco paciente - indignado, obrigou os capangas a fazerem Leïto pagar pelo que fez. Para isso, K2 com Taha apontando-lhe uma arma para a cabeça, sugeriu ao mesmo que raptassem a irmã de Leïto - Lola, que trabalhava em um hipermercado das proximidades. Dito e feito: raptaram a garota e a levaram para o covil de Taha.

O que os criminosos não sabiam é que Leïto havia suposto esta hipótese e direto de sua fuga, foi até o esconderijo de Taha, entrando repentinamente e inesperadamente, apontando uma faca à garganta de Taha. Com isso, conseguiu sair do local, resgatando sua irmã e levando Taha à delegacia. Infelizmente o delegado corrupto acaba por preferir não prender Taha, o qual sai ileso e ainda leva novamente Lola ao seu esconderijo. Para evitar reações violentas de Leïto, o delegado o prende enquanto Taha sai pela porta da frente, sem qualquer impedimento, carregando Lola desmaiada em seu ombro. Isso desperta a fúria em Leïto, que acaba matando o delegado corrupto degolado nas grades da jaula onde estava e acaba sendo realmente preso.

Após isso, Damien - agente de forças especiais, entra na história, sendo convocado pelos militares para desarmar uma bomba (chamada de "bomba limpa", à base de nêutrons) que irá explodir em 24 horas, supostamente roubada pelos criminosos do B-13 quando os militares estavam transportando-a. A ligação com Leïto se dá pelo fato de a bomba ter sido roubada pelos capangas de Taha e este, estar mantendo Lola em cativeiro.

Damien conhece Leïto através dos militares, que sabendo do profundo conhecimento que Leïto tem do B-13, tinham certeza que Damien precisaria de sua ajuda para infiltrar-se na fortaleza de Taha. Os militares então fazem Damien se passar por detento na mesma prisão em que estava Leïto, forçando a fuga deste, quando Damien rende os motoristas do furgão que supostamente os transferia de cárcere. Momentaneamente acaba acontecendo um lapso de confiança de Leïto para com Damien, que o convence a infiltrar-se no teerritório de Taha. Leïto e Damien têm então o mesmo alvo: Taha. Recuperar Lola e desarmar a bomba eram suas missões.

Apesar de alguns conflitos entre si (Leïto - tendo aprendido a viver com "a rua" acaba se desentendendo com Damien, dizendo que ele não passa de um policialzinho treinado em academia), os dois chegam a um acordo e resolvem iniciar a missão propriamente dita. Invadem a toca de Taha mas lá acabam rendidos por ele e obrigados a negociar a compra da bomba. Taha pede 20 milhões de Euros para devolver a bomba aos militares, que se negam a pagar quando Damien os contatou por celular e passou os dados bancários de Taha. Isso forçou o "plano B" por parte de Leïto e Damien que improvisaram e fugiram por um túnel anteriormente cavado por Leïto. Com os dados bancários, os militares acabaram por descobrir outras contas de Taha e imediatamente bloquearam-nas. Taha então, sem seu poderio financeiro acaba sendo morto por seus próprios capangas quando questionado a respeito de pagamento.

Leïto e Damien chegam a tempo de digitar os códigos para o suposto desarmamento da bomba, que Taha havia colocado no topo de um prédio próximo, juntamente com Lola, desacordada. A partir de então, é descoberta uma conspiração das autoridades políticas e militares para com o povo dos arredores do B-13 a qual não comentaremos e deixaremos a curiosidade como fator de busca ao filme.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Adoro Cinema. Visitado em 19/6/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.