Battle Beyond the Stars

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Battle Beyond The Stars
Batalha Além das Estrelas (PT)
Mercenários das Galáxias (BR)
Battle-Beyond-The-Stars.jpg
 Estados Unidos
1980 • 105 min 
Direção Jimmy T. Murakami
Produção Ed Carlin
Roger Corman
Roteiro Anne Dyer (Story)
John Sayles
Elenco Richard Thomas
Robert Vaughn
John Saxon
George Peppard
Sybil Danning
Idioma inglês
Música James Horner
Edição Allan Holzman
Robert J. Kizer
Distribuição New World Pictures
Lançamento 5 de Setembro de 1980
Página no IMDb (em inglês)

Battle Beyond The Stars (br: Mercenários das Galáxias; pt:Batalha Além das Estrelas) é um filme estadunidense de ficção científica dirigido por Jimmy T. Murakami e produzido por Roger Corman. É uma versão do filme estadunidense The Magnificent Seven que, por sua vez, é uma versão do filme japonês Os Sete Samurais, do diretor Akira Kurosawa. Tornou-se um cult movie.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O ditador Sador (John Saxon) que destruir o pacífico planeta Akira. O jovem fazendeiro Shad (Richard Thomas) é enviado por seu povo em uma nave - que possui um computador falante chamado Nell (Lynn Carlin) - com a missão de recrutar mercenários para defender seu mundo do louco tirano.

Os mercenários[editar | editar código-fonte]

Os mercenários contratados são:

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos Saturn Awards

Indicações[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos Saturn Awards[2]

  • Melhor filme de ficção científica: 1981
  • Melhores efeitos especiais: 1981
  • Melhor figurino: 1981
  • Melhor maquiagem: 1981

Notas[editar | editar código-fonte]

  • O ator Robert Vaughn trabalhou no filme The Magnificent Seven, no papel de Lee, um pistoleiro em fuga e que precisa se esconder. Em Battle Beyond The Stars, Vaugh repetiu o papel do filme anterior: um assassino procurado que precisa de um lugar para se esconder, mas desta vez seu personagem se chama Gelt.
  • James Horner foi o autor da trilha sonora e o então diretor iniciante James Cameron foi o responsável pelos efeitos especiais. Ambos trabalhariam juntos novamente no premiadíssimo filme Titanic.
  • O planeta do filme, Akira, foi assim chamado para homenagear o diretor japonês Akira Kurosawa.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]