Betalactamase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Betalactamase
Representação da estrutura da β-lactamase de Streptomyces albus. PDB 1BSG
Indicadores
Número EC 3.5.2.6
Número CAS 9073-60-3
Bases de dados
IntEnz IntEnz
BRENDA BRENDA
ExPASy NiceZyme
KEGG KEGG
MetaCyc via metabólica
PRIAM PRIAM
Estruturas PDB RCSB PDB PDBe PDBsum

Betalactamases (β-lactamases) são enzimas produzidas por algumas bactérias e são responsáveis por sua resistência a antibióticos beta-lactâmicos como as penicilinas, cefalosporinas, cefamicinas e carbapenemas. Estes antibióticos têm como elemento comum em suas estruturas moleculares um anel de quatro átomos conhecido como beta-lactama. A enzima lactamase quebra este anel, desativando as propriedades antibacterianas da molécula.

Antibióticos beta-lactâmicos são usados para tratar um largo espectro de bactérias Gram-positivas e Gram-negativas. As beta-lactamases produzidas por organismos Gram-positivos são usualmente secretadas.

Penicilinase[editar | editar código-fonte]

A penicilinase é um tipo específico de lactamase que apresenta especificidade para penicilinas atuando através da hidrólise do anel beta-lactama. Pesos moleculares de várias penicilinases situam-se próximo de 50 000 Daltons.

Abraham e Chain, utilizando colônias de E.coli, isolaram esta enzima pela primeira em 1940.[1]

Referências

  1. Abraham EP, Chain E. (1940). "An enzyme from bacteria able to destroy penicillin". Nature 46: 837.
Ícone de esboço Este artigo sobre enzimas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.