Blue Magic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde Novembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Blue Magic
Informação geral
Origem Filadélfia, Pensilvânia
País  Estados Unidos
Gênero(s) R&B e soul
Período em atividade 1973 — atualmente
Gravadora(s) Atlantic Records
Página oficial www.officialBlueMagic.com
Integrantes Theodore Mills
Keith Beaton
Wendell Sawyer
Vernon Sawyer
Richard Pratt

Blue Magic é um quinteto norte-americano de R&B e soul formado em junho de 1973 na Filadélfia. Composto originalmente por Theodore Mills, Keith Beaton, Wendell Sawyer, Vernon Sawyer e Richard Pratt, notabilizou-se não só por sua performance vocal, mas também pela sua coreografia.

Carreira[editar | editar código-fonte]

O Blue Magic é um dos principais grupos da chamada "Philadelphia Soul", uma variante da soul music norte-americana que teve como principais nomes Harold Melvin & The Blue Notes, The Delfonics, The Intruders, The O'Jays, The Spinners, The Stylistics e The Three Degrees.

Produzido pelo veterano Norman Harris e contando com o suporte da banda de estúdio MFSB (do selo Philadelphia International Records), logo em seu álbum de estréia, lançado em fevereiro de 1974 e que leva o nome da banda, o Blue Magic chegou ao quarto lugar na parada de R&B da Billboard, com canções como "Sideshow" (Top 10 nas 100 mais da Billboard), "Stop To Start", "Just Don't Want To Be Lonely", "Look Me Up" e "Spell".

Ainda naquele ano, o Blue Magic voltou a fazer sucesso com o single "Three Ring Circus", que faria parte do álbum "The Magic Of The Blue", de 1975. Naquele mesmo ano, foi lançado "13 Blue Magic Lane", com destaque para a canção "Chasing Rainbows".

Os álbuns seguintes foram bem-recebidos pela crítica especializada, mas não tiveram o mesmo sucesso comercial dos anteriores e o grupo afastou-se das paradas norte-americanas. A derrocada veio na década seguinte, quando Ted Mills e Richard Prattos, os dois principais vocalistas do Blue Magic, deixaram a banda por razões religiosas. Mesmo assim, o grupo voltou a gravar, mas sem o mesmo êxito da década de 1970. "It's Like Magic", "Land Of Make-Believe" e "Romeo And Juliet" foram algumas das músicas desta fase oitentista do Blue Magic.

Membros[editar | editar código-fonte]

  • Theodore Ted "Wizard" Mills - vocal (deixou o grupo para seguir carreira solo perto do final dos anos 80.
  • Keith "Duke" Beaton – tenor (ainda no grupo)
  • Wendell Sawyer – barítono (ainda no grupo)
  • Vernon Sawyer – tenor, barítono. (ainda no grupo)
  • Richard Pratt - baixo. (deixou o grupo em 1981)
  • Wade Elliott – vocalista (integrou-se ao grupo na década de 1980 e ainda no grupo)

Canções notáveis[editar | editar código-fonte]

  • Sideshow
  • Stop to Start
  • Three Ring Circus
  • Spell
  • Greatful
  • I Just Don't Want To Be Lonely
  • Look Me Up
  • It's Like Magic (When You Came)
  • Chasing Rainbows
  • Welcome To The Club
  • See Through
  • Tear It Down
  • In the Rain
  • What's Come over Me
  • The Oscar
  • From out of the Blue
  • Sweet Woman
  • Looking for a friend
  • Summer Snow
  • The Loneliest House On The Block
  • Magic Of The Blue
  • Love Has Found Its Way To Me
  • Secret Lover
  • Haunted (By Your Love)
  • You Won't Have To Tell Me Goodbye

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Blue Magic (1974)
  • Magic Of The Blue (1975)
  • Thirteen Blue Magic Lane (1975)
  • Live (1976) - Com Margie Joseph e Major Harris
  • Mystic Dragons (1976)
  • Message From The Magic (1977)
  • Welcome Back (1981)
  • Magic # (1983)
  • From Out Of The Blue (1989)
  • Blue Magic - Greatest Hits (1990)
  • My Magic is Real (1995)
  • The Best of Blue Magic: Soulful Spell (1996)

Referências e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Em 1974, o Blue Magic fez o background de "If You Really Want To Be My Friend", dos Rolling Stones, canção do álbum "It's Only Rock N' Roll".