Buffalo buffalo Buffalo buffalo buffalo buffalo Buffalo buffalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
PN = substantivo próprio
N = substantivo V = verbo NP = frase substantiva RC = oração relativa VP = frase verbal S = sentença

"Buffalo buffalo Buffalo buffalo buffalo buffalo Buffalo buffalo" é uma frase, em língua inglesa, gramaticalmente correta e que é dada como exemplo de como palavras homónimas e homófonas podem ser utilizadas para criar construções complicadas. Traduz-se: "Búfalos de Buffalo que são intimidados por búfalos de Buffalo intimidam búfalos de Buffalo".

Tem sido discutida na literatura desde 1972, quando a frase foi usada por William J. Rapaport, actualmente professor associado da Universidade de Buffalo.[1]

O correto entendimento da frase se torna possível com o conhecimento dos três significados da palavra Buffalo: 1- A cidade de Buffalo, no estado de Nova York, EUA; 2- O animal bisão e 3- Um sinônimo para o verbo "bully", isto é, atormentar persistentemente outra pessoa. Assim, a frase traduzida se torna: "Bisões de Buffalo que (outros) bisões de Buffalo atormentam (por sua vez também) atormentam bisões de Buffalo".

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.