Capitão-tenente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Capitão-tenente é a designação de um posto nas marinhas de vários países. Conforme o país, o posto pode corresponder à primeira patente de oficial superior, à patente de oficial intermediário ou à última patente de oficial subalterno.

Nos países de língua inglesa usa-se um termo, ligeiramente, diferente para designar a patente equivalente: Lieutenant commander (literalmente "tenente-comandante").

A designação da patente tem a ver com a sua origem ou função inicial. Referia-se a um tenente ao qual estava atribuído o comando de uma embarcação ou a um oficial que exercia a função de imediato (lugar-tenente) do capitão de um navio.

Insígnias e distintivos de capitão-tenente[editar | editar código-fonte]

Marinha Portuguesa[editar | editar código-fonte]

Na Marinha Portuguesa, capitão-tenente é, actualmente, o primeiro posto de oficial superior, sendo equivalente a major no Exército e na Força Aérea. É, hierarquicamente, imediatamente superior ao posto de primeiro-tenente e inferior ao de capitão de fragata.

Até introdução do posto de capitão de fragata, em 1782, os capitães-tenentes eram equiparados a tenentes-coroneis do Exército. A partir daí, o posto de capitão-tenente passou a corresponder a major.

Marinha do Brasil[editar | editar código-fonte]

Na Marinha do Brasil o posto de capitão-tenente é, atualmente, uma patente de oficial intermediário, correspondente a capitão no Exército e na Força Aérea.

Na Marinha do Império Brasileiro - seguindo o modelo da Marinha Portuguesa - o posto de capitão-tenente era equivalente a major. Quando foi introduzido o posto de capitão de corveta, passou este a ser equivalente a major e o posto de capitão-tenente passou a ser equivalente a capitão do Exército.

Referênciais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]