Carapaça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carapaça de um caranguejo.

Carapaça é a designação dada em zoologia à peça anatómica, relativamente rígida, que cobre total ou parcialmente o corpo de muitos animais. Nalguns casos a carapaça é composta por múltiplas peças, mais ou menos fundidas entre si, criando estruturas morfológicas muito diversas.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Nos crustáceos, a carapaça é quitinosa (como todo o exosqueleto) e cobre o cefalotórax,[1] ou seja, o tagmatum anterior do corpo onde tipicamente se encontram muitos dos órgãos dos sentidos.

Nas tartarugas, a carapaça é óssea, e na maioria das espécies corberta de escamas de queratina (o mesmo material que forma as unhas e cabelos dos mamíferos) e cobre todo o corpo, tendo aberturas para a cabeça e membros; apenas as tartarugas de carapaça mole não têm esta constituição.[2]


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.