Catálogo Henry Draper

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Catálogo Henry Draper é uma colecção de dados estelares (astrométricos e de espectroscopia) reunidos num catálogo estelar que contêm mais de 225 mil estrelas.

O catálogo foi publicado pela primeira vez em 1890 e continha somente 10 mil estrelas. Posteriormente foi sendo ampliado, entre os anos 1918 e 1924, compilado por Annie Jump Cannon e seus colaboradores do Harvard College Observatory, sob a supervisão de Edward C. Pickering. O catálogo foi nomeado em honra do astrónomo Henry Draper, que doou o dinheiro requerido para financiar o projecto.

As estrelas que se encontram presentes no catálogo possuem magnitude média, a partir de 9m (cerca de 50 vezes mais débil que a mais débil das estrelas visíveis a olho nu). O catálogo cobre todo o céu e foi importante por se tratar da primeira tentativa para catalogar as estrelas pela sua classe espectral

As estrelas do catálogo são numeradas de 1 até 225300, em função da ascensão recta na época astronómica J1900.0. As estrelas no intervalo 225301-359083 procedem de acrescento realizado no ano 1949.

Ver também[editar | editar código-fonte]