Cefeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Dezembro de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Cefeu, na mitologia grega é pai de Andrômeda, marido de Cassiopeia[1] e rei da Etiópia (na mitologia grega, a Etiópia era uma nação fenícia e não africana).

Há duas versões para os pais de Cefeu, atribuídas a Eurípedes, possivelmente são dois reis diferentes da Etiópia. Citado por Pseudo-Apolodoro, Cefeu era filho de Belo com Anquínoe, filha do Nilo[2] ; seus irmãos eram Egito, Dánao[3] e Fineu[2] . Citado por Higino, Cefeu era filho de Fênix, rei da Etiópia[4] .

Tácito, ao resumir a história dos judeus, menciona a teoria de que os judeus eram egípcios, e que foram forçados e emigrar por medo e ódio durante o reinado de Cefeu.[5]

Cassiopeia disse que a sua beleza excedia a beleza das nereidas[1] [6] , e Netuno exigiu que ela fosse sacrificada a um monstro marinho[1] . Perseu, porém, voando com sandálias aladas de Mercúrio, a libertou do perigo[1] . Quando Perseu quis se casar com Andrômeda, Cefeu e seu noivo Agenor tinham um plano para matar Perseu, mas ele usou a cabeça da Medusa para transformá-los em pedra[1] . Depois que Perseu voltou com Andrômeda, Polidecto, vendo a coragem de Perseu, tentou matá-lo a traição, mas também foi transformado em pedra[1] .

Uma versão diferente e racionalizada do mito é apresentada pelo mitógrafo Conon[7] : Cefeu, irmão de Fineu, era rei de Jope e da Fenícia, que nesta época se chamava Jopia . Como havia dois pretendentes a Andrômeda, Fineu e Fênix, e Cefeu, depois de muito tempo, decidiu que ela se casaria com Fênix, não querendo entrar em conflito com o irmão, Cefeu disse que levaria Andrômeda para uma ilha deserta, onde ela sacrificava a Vênus. Fênis aproveitou a chance e levou Andromeda, em seu navio decorado com uma baleia, chamado de Cetus. Andrômeda, acreditando estar sendo raptada, gritou por socorro, o que chamou a atenção de Perseu. Este pulou para o barco com tal fúria, que deixou os marinheiros petrificados, e levou Andrômeda consigo para Argos.

É também o nome de uma constelação boreal, Cepheus, entre o Cisne, o Dragão e a Cassiopeia. Os deuses colocaram Cefeu entre as constelações para que toda a sua família fosse comemorada[4]

Árvore genealógica incompleta (falta incluir esposa e filha) baseada em Apolodoro:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Nilo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Épafo
 
 
 
 
 
Mênfis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Posidão
 
 
 
Líbia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Agenor
 
 
 
Belo
 
 
 
 
 
Anquínoe
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Egito
 
Dânao
 
 
 
Cefeu
 
 
Fineu

Referências

  1. a b c d e f Higino, Fabulae, LXIV, Andrômeda
  2. a b Eurípides, citado em Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 2.1.4
  3. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 2.1.4
  4. a b Eurípides, citado por Higino, Astronomica, 9, Cefeu
  5. Públio Cornélio Tácito, Histórias, Livro V, 2
  6. Eurípides e Sófocles, citados por Higino, Astronomica, 10, Cassiopeia
  7. Conon (mitógrafo), citado por Fócio, Biblioteca de Fócio, Récits de Conon, XL