Chindasvinto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Junho de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Chindasvinto retratado no Códice Albeldense.

Chindasvinto (também chamado Chindasvindo ou Quindasvinto) (c. 562653) foi rei visigodo da Hispânia, um dos mais notáveis da sua estirpe e cujo nome em godo era provavelmente Kindswinth ou Chindaswinth. Foi escolhido para ocupar o trono no ano de 642, quando já era idoso, tendo-se dedicado a pacificar o reino, dominar as facções dissidentes e a submeter a inquieta nobreza. Ganhou a merecida fama de sábio legislador pelas suas importantes realizações. Convocou o VII Concílio de Toledo (16-10-646), associou o seu filho Recesvinto ao trono (649), consolidou a inconstante monarquia visigoda e protegeu as artes e as letras do seu reino.

Precedido por
Tulga
Rei visigodo da Hispânia
642653
Sucedido por
Recesvinto


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História da península Ibérica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Chindasvinto